10 coisas para conferir no AMA SX em Las Vegas

Por Mariah Morgado | 03 de maio de 2014 - 20:30

Indefinido
Enquanto os campeonatos 450 e 250 Costa Leste já estejam definidos, lembrando que a Costa Leste é essencialmente, a briga pela Costa Oeste entre Jason Anderson e Cole Seely ainda está quente. Anderson tem uma vantagem de oito pontos sobre Seely então se Seely quer o título, ele precisa vencer e precisa que Anderson termine da quinta posição para baixo. Coincidentemente, o pior resultado de Anderson este ano foi um quinto lugar em A3. Essa corrida será bem apertada.

74816_anderson-seattlesx14-_4b04a

O sucesso de Hill
Josh Hill deu um show de pilotagem no MetLife Stadium na semana passada. Ele ficou na terceira posição e conquistou seu primeiro pódio desde A3 em 2010, onde ele ficou em segundo. O resultado não podia ter vindo em um momento melhor também, Hill e a equipe Soaring Eagle RCH Suzuki estão se separando depois da etapa final em Vegas e o piloto estará precisando de uma equipe. Como diz o velho ditado, você só é tão bom quanto a sua última corrida, e outro desempenho de pódio de Hill neste final de semana será ótimo para dar um up em sua apólice enquanto ele fica desempregado.

O Desafio Mr. Costa Leste/Costa Oeste
Você pode apostar antes da corrida em qual região tem o melhor talento até o momento que você chega no dia da corrida e não chegou a uma conclusão concreta. Felizmente, existe o Desafio Mr. Leste/Oeste Dave Coombs, que reúne os melhores pilotos de cada região em uma batalha. É a melhor oportunidade para reivindicar os direitos de se gabar ou é uma oportunidade de um piloto, que não teve a temporada conforme o planejado, de ter uma nota mais alta.

 

Final da estrada

Falando de pilotos cujas temporadas não correram como o planejado, Dean Racing terá sua última corrida com uma 250 no SX neste final de semana. O piloto Monster Energy/Pro Circuit Kawasaki já despontou e não é mais elegível para a categoria e embora isso esteja bem para Wilson, que de qualquer maneira quer andar de 450, você pode apostar que ele gostaria de marcar o final de sua carreira nas 250 com uma vitória. Ele tem duas chances neste final de semana, veremos o que vai fazer.

 

Alerta da liga da fantasia

Procurando por uma escolha concreta para dar um up em sua classificação na liga da fantasia? Olhe para Kyle Cunningam. Não importa o tipo de temporada que o piloto SmarTop MotoConcepts está tendo, ele sempre parece dar uma afinada no Sam Boyd Stadium. Na verdade, todos os pódios de sua carreira no Supercross foram no estádio. Será que ele vai terminar a temporada com outra performance forte na Cidade do pecado?

 

Poder de piloto privado

Como Steve Matthes falou no começo da semana, Vince Friese (Factory Metal Works/Club MX) tem uma chance de se tornar o primeiro piloto privado desde Greg Schnell (da MotoWorld Yamaha) em 2000 a terminar dentro da pontuação do top 3 da categoria 250. Isso será uma conquista e tanto não apenas para Friese e sua equipe em crescimento, mas também uma vitória para todo piloto privado. Friese, saindo do primeiro pódio de sua carreira em New Jersey, precisa de apenas um ponto para passar os lesionados, Adam Cianciarulo e Blake Baggett, para agarrar a vaga.

74814_friese-njsx-cudby-051

Melhor piloto privado

O anteriormente mencionado Friese tem as honras do melhor piloto privado na pista da Costa Leste, mas no Oeste a batalha continua. Jake Canada (com 72 pontos), Michael Leib (com 69 pontos) e Dakota Tedder (com 68 pontos) estão em uma batalha acirrada não apenas pelas honras do melhor piloto privado, mas também por um lugar dentro da pontuação no top 10. Quem é o favorito para deixar Vegas com as honras ?

74815_canada-seattlesx14-cu_4b657

Substituto

Tyler Bowers retorna ao local da primeira e única vitória de sua carreira nas 250 neste final de semana. Mas Tyler não está lá apenas para absorver tudo que  Las Vegas é. Não, o tetracampeão do Arenacross está substituindo o lesionado Chad Reed na equipe Discount Tire/TwoTwo Motorsports Kawasaki. A última vez que Bowers pilotou uma 450 no Supercross foi em Seattle em 2012. Naquela noite, ele ficou em 16º. Será que Bowers pode causar um impacto em seu retorno ao Supercross?

 

Ainda na batalha

Sim, Ryan Villopto e Justin Bogle já afirmaram seus respectivos títulos, mas ainda existem batalhas para se assistir na cidade do pecado. O duelo entre Jason Anderson e Cole Seely na 250 Costa Oeste vai ganhar as manchetes, mas fiquem de olho na batalha pelo top 10 da categoria 450. Weston Peick (com 119 pontos) e Mike Alessi (também com 119 pontos) estão atrás do lesionado Wil Hahn (que está na décima posição com 122 pontos) e Broc Tickle (na nona colocação com 126 pontos) com apenas três e sete pontos respectivamente. Será que Peick e/ ou Alessi vão entrar no top 10?

 

O joelho de Bubba

Depois da corrida da semana passada, havia uma grande preocupação na equipe Yoshimura Suzuki que James Stewart poderia ter causado danos significativos em seu joelho. O chefe de equipe, Mike Webb, falou: “Nós ficamos muito preocupados depois da corrida de New Jersey. Mas embora ele tenha torcido feio o joelho, nós checamos na manhã seguinte e todos nós nos sentimos bem sobre James correndo na etapa final do Supercross.” Stewart disse que ele estava dolorido no começo da semana, então o tempo irá dizer como ele vai se sentir hoje a noite.

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly