Kawasaki no pódio do Rally Cuesta Off Road

Por Divulgação | Foto por Gustavo Epifânio | 19 de Maio de 2014 - 19:42

O piloto Kawasaki Racing, Ramon Sacilotti, garantiu a segunda colocação geral entre as motos na 8ª edição do Rally Cuesta Off Road. Com dois dias de duração, a prova realizada em Botucatu (SP) nos dias 17 e 18 de maio, foi válida também como 3ª e 4ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, onde os competidores enfrentaram 122km de Especiais no primeiro dia e mais 120 no domingo. No final de sábado, Ramon disputou ainda o Super Prime, prova realizada em circuito fechado, onde colocou sua Kawasaki na primeira colocação.

Saltos, erosões, pedras, cascalho solto e muita poeira foram os principais desafios no primeiro dia de provas na cidade paulista de Botucatu. Os tipos de terreno enfrentados não foram um problema para o piloto da equipe Kawasaki Rinaldi, mas a poeira se tornou seu maior adversários prejudicando um pouco seu desempenho. Mesmo assim, a vontade em cima de sua KX 450F adaptada a provas curtas de Rally como a modalidade Baja, Ramon Sacilotti garantiu o segundo melhor tempo do dia entre as motos, completando as duas especiais com o tempo de 01h45min cravados. Fechando o dia com chave de ouro, Sacilotti ainda venceu o Super Prime realizado dentro da cidade com a presença de um grande público.
Ramon Sacilotti
“Peguei muita poeira na especial de sábado, o que prejudicou um pouco meu desempenho, mas consegui o 2º lugar na geral. Depois tivemos um Super Prime com um bom publico aqui em Botucatu e consegui ser o campeão”, disse Ramon.
O segundo dia do Rally foi mais ao estilo Cross Country com médias horarias mais altas, favorecendo a excelente performance da Kawasaki de Ramon, que mesmo enfrentando problemas com a ponteira de seu escapamento nos últimos 60km de Especial, foi o vencedor do dia. Infelizmente a quebra da ponteira o fez perder potencia não permitindo o piloto tirar a diferença de tempo para alcançar a primeira colocação no tempo acumulado, ficando a apenas 3min da primeira colocação geral.
“A prova estava muito boa, com dificuldade técnica grande e ampla variedade de terrenos. Domingo consegui andar melhor e isso resultou no melhor tempo. A disputa está muito legal entre os pilotos, especialmente nesta prova que mistura vários tipos de terreno, com trechos travados, sempre vai ganhar aquele que estiver mais completo”, explicou Ramon.
“Apesar de ganhar o segundo dia, não consegui tirar a diferença de sábado. Minha ponteira quebrou faltando 60km para o final da Especial, a moto ficou bem fraca mas a KX 450F aguentou firme. Mesmo assim foi muito bom conseguir o 2º lugar no Rally Cuesta, é sempre muito bom andar aqui”, completou o piloto Kawasaki.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly