Prévia do Mundial da França

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 29 de Maio de 2014 - 9:10

Estando entre alguns dos antigos melhores modernizados favoritos, Saint Jean d’Angely acelera para receber a nona etapa do Campeonato Mundial de Motocross 2014 e está preparada para a promoção exagerada de meio de temporada. Meio de temporada? Parece que o ano passou num piscar de olhos, é incrível que estamos prestes a embarcar na segunda parte da jornada, mas tudo que faremos é viajar para o oeste da França para encontrar uma pista do estilo típico francês, rápida e fluente, de superfície de barro com muita elevação, muito conhecida pelas edições do Motocross das Nações de 2000 e 2011 na qual a equipe dos Estados Unidos foi vitoriosa em ambas as ocasiões.

MxGp6Fra2012_Mix_0140

Categoria MXGP

No ultimo final de semana Antonio Cairoli redefiniu o que é força quando ele veio das “duas piores semanas que você pode ter”, suas próprias palavras, para vencer uma bateria e ficar em segundo para faturar o geral do GP da Grã Bretanha. Depois de sua exibição de coração e coragem inspiradora, o italiano heptacampeão mundial validou o que todos nós presumimos, que ele é o jogador mais forte nesse jogo.

Depois de aumentar a intensidade de sua pilotagem nas duas últimas etapas, Clement Desalle continua sua busca para destronar o dono do plate vermelho da categoria MXGP, Antonio Cairoli.

Mais do que algumas pessoas apostarão em Jeremy Van Horebeek subindo no degrau mais alto do pódio neste final de semana, principalmente depois de dizer abertamente durante a conferência de imprensa em Matterley Basin que “Eu estou ansioso para ir pra França, gosto muito da pista de lá!” Os competidores da categoria vão ter seus trabalhos cortados para eles neste final de semana com o belga adicionando confiança extra a sua propulsão.

Tyla Rattray teve seu melhor resultado da temporada em Matterley Basin ao ficar em quarto no geral. O sul-africano campeão mundial da MX2 em 2008 disse “Esse resultado é o impulso de confiança que eu precisada. Esse final de semana é o GP da França e eu vou continuar me esforçando para melhorar. Com um lugar entre os cinco primeiros já assegurado, meu próximo objetivo é subir no pódio.”

rattray

Depois de seu melhor resultado da temporada em Matterley Basin, Tyla Rattray chega empolgado na França

A quinta posição no GP da Grã Bretanha, no final de semana passado, foi tudo o que favorito dos fãs, Tommy Searle, poderia esperar depois de seu intervalo de cinco etapas. “Um quinto lugar no geral não é tão ruim para minha primeira corrida em doze semanas, mas eu sei que podemos fazer muito mais. Agora nós precisamos avançar e trabalhar com a equipe e tentar melhorar minha sensação com a moto para as próximas etapas,” disse o britânico.

Enquanto isso, por algumas razões Steven Frossard pode ser o prospecto mais quente no final de semana. Primeiro, ele estava literalmente voando no último final de semana na Grã Bretanha quando bombardeou por Desalle para assumir a segunda posição e avançar contra um ágil e rápido Cairoli para vencer, mas não conseguiu se aproximar o suficiente. Mesmo assim, foi um esforço respeitável pela segunda posição na primeira bateria. Segundo, ele já venceu uma etapa do Mundial de Motocross em St. Jean d’Angely antes, em 2011. E terceiro, ele terá uma tonelada de fãs gritando e torcendo por ele.

Em outras notícias, Evgeny Bobryshev está basicamente cuspindo fogo depois da frustração de ter sido forçado a perder Matterley Basin devido a negação de seu visto. Neste final de semana na França, ele vai estar de volta ao gate e preparado para recuperar esses pontos perdido. Enquanto isso, o herói local e lenda do motocross francês, Gautier Paulin ainda está lesionado e a data de seu retorno ainda está para ser confirmada.

Classificação do campeonato na categoria MXGP após oito etapas: 

1. Antonio Cairoli – 351 pontos

2. Clement Desalle – 323

3. Jeremy Van Horebeek – 316

4. Kevin Strijbos – 250

5. Gautier Paulin – 205

6. Max Nagl – 166

7. Steven Frossard – 164

8. Shaun Simpson – 159

9. Joel Roelants – 153

10. Xavier Boog – 145 pontos

Categoria MX2

Pode-se esperar fogos de artifício na MX2 neste final de semana com três franceses impetuosos entrando no ringue em uma batalha de orgulho.

Como o francês melhor colocado na classificação do campeonato, Romain Febvre tem tido um campeonato bem impressionante até agora. Já se viu que esse garoto é um lutador e nesse final de semana não será diferente já que ele está focado em um pódio no Grand Prix em casa.

Enquanto isso, Jordi Tixier está na quarta posição, com dez pontos atrás de seu compatriota. O atual vice campeão mundial, era esperado que Tixier incendiasse o mundo este ano, mas ao invés disso ele tem tido dificuldades. Será interessante ver se o apoio de seus fãs pode trazer a tona o Tixier que temos esperado ansiosamente.

Outro francês super veloz com um estilo bem doce, Dylan Ferrandis é um em um punhado que venceu uma corrida este ano. No final de semana passado, ele ficou frustrado com seu resultado, então se ele puder canalizar com sucesso essa frustração em suas duas baterias neste final de semana, um pódio é definitivamente alcançável.

Parecendo confiante declarando que ele sempre tem bons resultados em St. Jean d’Angely, Arnaud Tonus estava feliz com sua velocidade no final de semana passado ao emparelhar os tempos de voltas de Jeffrey Herlings na segunda bateria. O piloto suíço terminou o GP de Matterley Basin dizendo “Estou feliz com minha pilotagem e velocidade. No próximo final de semana nós vamos para St. Jean para o GP francês, e é como um GP em casa para mim e eu sempre tive bons resultados lá.”

timgajserhonda

Tim Gajser, uma das promessas do futuro da MX2

O piloto mais novo na categoria e muito possivelmente a perspectiva futura mais quente, Tim Gajser continua a atrair as atenções, abrindo sua primeira garrafa de champagne no final de semana passado em Matterley. Na idade madura de 17 anos, o esloveno não poderia nem dar um gole, mas jorrar o champagne em cima de dois dos melhores pilotos do mundo da MX2 teria sido tão doce como.

Por último, mas não menos importante, todos a bordo do trem “The Bullet”. Jeffrey Herlings certamente será o favorito no final de semana com sua confiança voando alto. A única coisa contra a lenda de 19 anos da MX2 é a velocidade dos franceses em sua terra natal, embora o holandês já ter provado antes e provavelmente irá provar novamente que ele não é intimidado por ninguém.

Classificação do campeonato na categoria MX2 após oito etapas: 

1. Jeffrey Herlings – 344 pontos

2. Arnaud Tonus – 305

3. Romain Febvre – 263

4. Jordi Tixier – 253

5. Dylan Ferrandis – 248

6. Tim Gajser – 209

7. Aleksandr Tonkov – 197

8. Jose Butron – 184

9. Glenn Coldenhoff – 176

10. Valentin Guillod – 173 pontos

Cronograma

Sábado: 

08:35 – EMX125 Grupo 1 Treinos livres/cronometrados

09:10 – EMX125 Grupo 2 Treinos livres/cronometrados

09:45 – WMX Treinos livres

10:15 – MX2 Treino livre

10:45 – MXGP Treino livre

11:15 – WMX Treinos cronometrados

12:20- EMX125 LCQ

14:00 – MX2 Treinos cronometrados

14:35 – MXGP Treinos cronometrados

15:20 – WMX Bateria 1

16:10 – MX2 Corrida classificatória

17:00 – MXGP Corrida classificatória

17:40 – EMX125 Bateria 1

Domingo:

08:15 – WMX Warm-up

08:30 – EMX125 Warm-up

09:15 – MX2 Warm-up

09:40 – MXGP Warm-up

11:10 – WMX Bateria 2

12:00 – EMX125 Bateria 2

13:15 – MX2 Bateria 1

14:15 – MXGP Bateria 1

16:10 – MX2 Bateria 2

17:10 – MXGP Bateria 2

Lembrando que com a diferença de fuso horário, tem um acréscimo de 4 horas do horário de Paris para o horário de Brasília.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly