Foto do dia Mundocross

Por Mariah Morgado | Foto por Facebook | 02 de agosto de 2014 - 12:00

O piloto belga, Clement Desalle, está fora do final de temporada 2014 do Campeonato Mundial de Motocross.

O motivo é uma fratura do osso escafóide (osso da mão) que ocorreu em uma queda em Maggiora, durante um dos GPs da Itália da temporada. A fratura foi bem pequena e não foi detectada pelos exames radiográficos que o piloto da Rockstar Energy Suzuki fez na época, o que não é incomum neste tipo de fratura. Conforme o piloto continuava na ativa nos GPs seguintes a fratura não teve a atenção devida e após uma queda no GP da Alemanha, a lesão foi acusada pelos exames. Em Uddevalla, Desalle sofreu uma grave queda  e por sentir dores no punho desde Maggiora, logo percebeu que havia algo errado. Mesmo com dores, ele chegou a treinar em Loket, porém suas dores aumentaram e ele achou que seu desempenho na primeira bateria não estava bom, decidindo não participar da segunda.

A lesão que foi agravando ao longo desse tempo pode precisar de cirurgia para a fixação de um parafuso, para auxiliar a regeneração óssea.

Em entrevista, Desalle disse que, a primeiro momento, quer tentar tratar do punho sem recorrer a cirurgia e para isso precisa se afastar das competições para focar suas atenções e esforços na terapia, que não se sabe quanto tempo pode levar.

Desalle, que até Loket, ocupava a segunda posição na classificação do campeonato da categoria MXGP do Mundial, perdeu a posição para o compatriota Jeremy Van Horebeek e sua presença no Team Bélgica para o Motocross das Nações 2014 que acontece na Letônia, no dia 28 de Setembro, ainda é incerta.

10550863_607432542687326_3261123703599649139_n

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly