Prévia do Mundial do México

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação MXGP | 12 de setembro de 2014 - 22:18

Depois de uma etapa emocionante em Trindade na semana passada, chegou agora a última etapa da temporada considerada a mais memorável de todos os tempos do Campeonato Mundial de Motocross. A décima sétima e última etapa do Mundial de Motocross 2014 acontece neste final de semana em outro novo e emocionante circuito, na cidade de Leon, no México. O terreno do circuito é intermediário e tem sido muito bem irrigado devido às chuvas que caíram na região no mês passado. Em relação de traçado e estrutura, a organização preferiu manter o suspense para deixar os fãs mexicanos que irão lotar as arquibancadas no final de semana, curiosos.

Leon1_MXGP_17_LEON_2014

Categoria MXGP

Depois de Antonio Cairoli conquistar seu sexto título mundial consecutivo na categoria principal, e seu oitavo título mundial da carreira, no último final de semana no Brasil as quatro primeiras posições da classificação da categoria MXGP já estão definidas.

Depois de seu acidente em Goiás, Jeremy Van Horebeek vai procurar um especialista no México, onde irá fazer uma ressonância magnética para verificar a extensão dos danos musculares ou ligamentares de seu tornozelo. Se ele correr ou não em Leon, o belga de 24 já foi coroado vice-campeão mundial depois que bravamente lutou contra as dores do tornozelo para obter um ótimo resultado na primeira bateria em Trindade.

A dupla da Rockstar Energy Suzuki World, Kevins Strijbos e Clement Desalle, também já foram afirmados em suas posições, com Strijbos em terceiro e Desalle em quarto. Embora Desalle não entra na pista desde a sua cirurgia para reparar o escafoide lesionado, Strijbos é  um dos nomes para se vigiar neste final de semana enquanto ele busca sua última ofensiva para vencer sua primeira corrida da categoria, e ou, sua primeira vitória de GP da temporada.

Steven Frossard contra Dean Ferris em Goiás

Steven Frossard contra Dean Ferris em Goiás

Com os quatro primeiros colocados, a disputa agora fica pela quinta posição do campeonato. A disputa está entre Steven Frossard e Shaun Simpson. O francês assumiu a posição de Simpson depois que o escocês deslocou o ombro na primeira bateria em Goiás e depois voltou para a segunda bateria com bandagem no ombro. Com apenas dez pontos atrás do francês, o ombro de Shaun já está melhor e ele vai entrar na pista mexicana em forma para brigar pela posição com Frossard.

Shaun Simpson

Shaun Simpson

Depois de sua total dominância na semana passada, Max Nagl pretende continuar o ritmo forte e pode encerrar a temporada com outro resultado perfeito.

Por fim, Gautier Paulin e Antonio Cairoli, os suspeitos de sempre, também são fortes candidatos a andar na frente. Cairoli venceu o último GP do México que aconteceu em 2012 e é fato comprovado que o francês sempre determinado, Paulin, nunca alinha no gate se não for para vencer.

Gautier Paulin

Gautier Paulin

Classificação do campeonato MXGP após dezesseis etapas

1. Antonio Cairoli – 705 pontos

2. Jeremy Van Horebeek – 596

3. Kevin Strijbos – 530

4. Clement Desalle – 484

5. Steven Frossard – 392

6. Shaun Simpson – 382

7. Max Nagl – 357

8. Gautier Paulin – 315

9. Davide Guarneri – 270

10. David Philippaerts – 258 pontos

Categoria MX2

Desde que Jeffrey Herlings se lesionou antes da décima quarta etapa da temporada 2014, que aconteceu na República Tcheca, a corrida pelo degrau mais alto do pódio tem sido bem ampla. Até agora, nas três etapas que o holandês não participou, três pilotos entraram para o círculo de vencedores da MX2, Jordi Tixier, Max Anstie e Romain Febvre.

Romain Febvre chega ao México com uma dose extra de confiança depois de vencer sua primeira corrida e GP na categoria, que também foi a primeira da Husqvarna desde o relançamento da marca.

Dylan Ferrandis

Dylan Ferrandis

Dylan Ferrandis está ansioso para vencer um Grand Prix. O francês já provou que é mais do que capaz de vencer, mas para isso ele precisa reduzir seus erros. Lembrando que, na verdade, ele é um dos poucos vencedores que venceram uma corrida justa contra o Holandês Voador, ao vencer a primeira corrida do ano no Qatar.

Todos já perceberam que, mais cedo ou mais tarde, vitórias de GP vão acabar chegando para Tim Gajser, que fez 18 anos na última segunda-feira. Depois de vencer sua primeira corrida na MX2 no último final de semana, o esloveno seriamente talentoso já provou ser uma verdadeira ameaça ao degrau mais alto do pódio.

Tim Gajser

Tim Gajser

O título da categoria continua em aberto. Apenas 23 pontos separam Jeffrey Herlings e Jordi Tixier e ainda restam 50 pontos para serem conquistados.

Herlings tem sido bem misterioso nas redes sociais sobre sua presença no gate mexicano. Se ele correr, será um dos finais mais emocionantes da história da categoria MX2. Mas se ele não competir, Tixier precisa apenas terminar as duas baterias entre os nove primeiros colocados para conquistar seu primeiro título mundial.

Jordi Tixier

Jordi Tixier

Classificação do campeonato MX2 após dezesseis etapas

1. Jeffrey Herlings – 594 pontos

2. Jordi Tixier – 571

3. Romain Febvre – 534

4. Dylan Ferrandis – 511

5. Tim Gajser – 487

6. Arnaud Tonus – 422

7. Valentin Guillod – 412

8. Aleksandr Tonkov – 384

9. Jose Butron – 345

10. Jeremy Seewer – 328 pontos

Cronograma

Sábado: 

10:30 – Treinos Livres MX2

11:00 – Treinos Livres MXGP

13:00 – Treinos cronometrados MX2

13:35 –  Treinos cronometrados MXGP

15:10 – Corrida Classificatória MX2

16:00 – Corrida Classificatória MXGP

Domingo: 

10:20 – Warm- up MX2

10:50 – Warm- up MXGP

12:10 – Bateria 1 MX2

13:10 – Bateria 1 MXGP

15:10 – Bateria 2 MX2

16:10 – Bateria 2 MXGP

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly