Casa cheia marca volta do Brasileiro de Motocross a São Paulo

Por Comunicação Ativa | Fotos por Kelson Rene | 14 de setembro de 2014 - 21:44

A volta do Brasileiro de Motocross ao Estado de São Paulo marcou a 5ª Etapa da competição. Ao todo 153 pilotos participaram das disputas na cidade de Limeira. A última vez que o Estado recebeu uma prova do Brasileiro foi em 2009, em Indaiatuba. “Desde que assumimos a direção da Confederação Brasileira de Motociclismo, a intenção era fazer com que o Campeonato voltasse para os grandes estados e estamos fazendo isso”, destaca o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves.

_MG_0770 (640x427)

Gates cheios e competidores preparados para enfrentar o sol forte deste fim de semana. Com um bom espetáculo e público de cerca de 20 mil pessoas, os pilotos aprovaram a volta de uma Etapa para São Paulo. “Sou aqui de São Paulo e com certeza faltava uma Etapa no Estado. Isso é bom para os nós, acredito que aumenta a concorrência com mais pilotos no gate”, aponta Thales.

_MG_0359 (640x400)

A etapa de Limeira marcou o retorno em alto nível de Carlos Campano. Foi um bom retorno, após sofrer lesão no tornozelo e  ficar fora da etapa de Canelinha-SC o espanhol voltou na etapa de Campo Grande e agora  Campano subiu no lugar mais alto do pódio, após um segundo lugar na 1º bateria e vencer com boa vantagem na segunda. “A liderança do campeonato ficou difícil de se alcançar. Perdi uma etapa inteira. Mas esse é o meu trabalho, então vou buscar vitórias até o fim da competição.”, afirma Campano.

1ª Bateria

O líder do campeonato, Jetro Salazar, largou melhor e assumiu a ponta, mas liderou por pouco tempo, sendo ultrapassado por Jean Ramos e Carlos Campano. Jetro Chegou a ser pressionado por Adam Chatfield, mas conseguiu manter a posição até o final da bateria.

Jean Ramos e Carlos Campano protagonizaram uma grande disputa pela primeira colocação até quase o fim da corrida. O espanhol fez boas investidas e o brasileiro foi competente em manter a posição. Só aos 25 minutos de prova é que Jean conseguiu um alivio e abriu boa vantagem para terminar a bateria em primeiro.

Resultado 1ª Bateria

1º Jean Ramos

2º Carlos Campano

3º Jetro Salazar

4º Adam Chatfield

5º Wellington Garcia

2ª Bateria

Logo na primeira curva, Campano e o líder do campeonato, Jetro Salazar, se chocaram. Pior para Jetro, que caiu e voltou em último lugar e teve que fazer uma corrida de recuperação, ultrapassando vários adversários e terminando a segunda bateria em 10º, mas foi penalizado em 30 segundos porque um mecânico o ajudou a levantar a moto após a queda, caindo para 11º.

Campano 2 (640x427)

Jorge Balbi Jr protagonizou os pegas mais emocionantes da bateria. O brasileiro foi ao chão logo no começo enquanto estava em segundo lugar, mas conseguiu se recuperar e assumir a quarta posição. Foi aí que a emoção começou. No primeiro embate, Rafael Faria levou a melhor, pressionando e ultrapassando Balbi. Mas, o melhor ficou para a última volta, quando Balbi Jr e o venezuelano Humberto Martin dividiram as curvas na briga pela quinta colocação, prendendo a atenção de quem assistia. Os dois praticamente cruzaram a linha de chegada juntos, levando o público ao delírio. Foi por uma pequena vantagem que o piloto brasileiro ficou em 5º.

Na frente, Campano mostrou-se estar recuperado e liderou de ponta a ponta a corrida, terminando em primeiro na bateria e na soma geral da 5ª etapa. “Estava a dois meses parado, sabia que ia ser difícil. Na primeira bateria andei muito bem e na segunda consegui sai na frente, me choquei com o Jetro, o que foi uma infelicidade, mas consegui me manter na disputa”.

O espanhol sabe que é difícil o sonho de ser campeão brasileiro nesse ano, já que perdeu uma etapa inteira e foi para a etapa de Campo Grande apenas para pontuar, lá, devido a sua condição, correu apenas uma bateria. “Vou tentar brigar pelas vitórias. Sei que é difícil ser campeão, mas esse é o meu trabalho e eu vou batalhar até o fim do campeonato”, não desanima o espanhol. “Agora, vou comemorar e pensar em novas vitórias. Amanhã  (15) é o meu aniversário, vou aproveitar”, finaliza, curtindo estar de volta ao 1º lugar de uma etapa.

MX1 (640x527)

Campano, chega ao 5º lugar, mas ainda está longe do líder, Jetro Salazar (confira a classificação abaixo). Wellington Garcia empata com Balbi Jr no segundo lugar. E em quarto, a três pontos dos dois, está Jean Carlos.

Resultado 2º Bateria

1º Campano

2º Jean Ramos

3º Wellington Garcia

4º Rafael Silva

5º Jorge Balbi Jr

Resultado da 5ª etapa do Brasileiro de Motocross

1º Carlos Campano

2º Jean Ramos

3º Wellington Garcia

4º Adam Chatfield

5º Rafael Silva

Classificação do Campeonato após a 5ª etapa

1º Jetro Salazar 201pts

2º Jorge Balbi Jr 181 pts

3º Wellington Garcia 181pts

4º Jean Ramos 178pts

5º Carlos Campano 155pts

O Campeonato Brasileiro de Motocross 2014 é organizado pela CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e tem o patrocínio da Honda, Yamaha, Rinaldi, Peterlongo, Levorin, Petrobras, Lubrax e IMS. A etapa conta com a realização da FPM (Federação Paulista de Motociclismo) e patrocínio da Prefeitura Municipal de Limeira, Odebrech Ambiental, Cevada Pura, R Ferreira Serraria, Limeir Fibras, Universidade Metodista de São Paulo, Colégio Tarsila do Amaral e Coseas.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly