Campeonato Mundial de Motocross voltará aos EUA em 2015

Por Mariah Morgado | Foto por Divulgação MXGP | 08 de outubro de 2014 - 14:24

Em uma reunião realizada em Roma, Itália, no final de semana, o presidente da Youthstream, Giuseppe Luongo, e o presidente da  Glen Helen Raceway Inc, Bud Feldkamp, acertaram o acordo para organização do GP dos Estados Unidos nas temporadas de 2015 e 2016 e o Motocross das Nações de 2017, marcando  o retorno do campeonato mundial às terras do Tio Sam e em uma das pistas mais famosas do mundo, Glen Helen, tradicional parada do AMA Motocross. A data escolhida foi a última etapa da temporada, no dia 20 de Setembro de 2015.

1209290044Track1_MxGp3Usa011

Com outra oportunidade de receber mais uma vez um Mundial e trabalhar com Giuseppe, Glen Helen irá fazer algo que eu acho que nenhuma outra pista de motocross tenha tido o privilégio de fazer… receber uma etapa do AMA Motocross e uma etapa do Mundial no mesmo ano. Coordenar esses dois eventos com o AMA acontecendo em Maio e depois o Mundial tendo sua última etapa em Setembro foi crucial para tornar isso uma oportunidade para Glen Helen. Isso também tornou possível para os profissionais que moram nos Estados Unidos competirem na última etapa do campeonato mundial. Então, quando você incluiu o fato de que existe uma chance de Ryan Villopoto, tricampeão do AMA Motocross, se tornar o primeiro piloto americano a conquistar um título mundial em quase 33 anos e ainda fazer isso em solo americano, este evento se torna ainda mais excitante. Estou ansioso pela oportunidade de nossa equipe dedicada de Glen Helen dar as boas vindas ao mundo na qual eu acredito ser a melhor pista e ter a maior base de fãs no motocross e estou confiante que estaremos preparados. Eu também disse ao Giuseppe para ele se assegurar de guardar o Troféu Mundial em sua bagagem porque estou confiante que um americano irá retorná-lo a seu lugar de direito no solo americano em Glen Helen.” disse Bud Feldkamp, o presidente da pista, no anúncio

Trabalhar ao lado de Bud e toda a sua equipe em Glen Helen é sempre um grande prazer,” disse Giuseppe Luongo, “Nós nos conhecemos há muito tempo e nós já organizamos juntos o GP dos Estados Unidos em 2010 e 2011. Desde aquela época, o mundial continuou a crescer e com a chegada de Ryan Villopoto na categoria MXGP, nós acreditamos que será o momento perfeito para retornar aos EUA com uma etapa. O GP dos Estados Unidos de 2015 e 2016 serão a preparação perfeita para o Motocross das Nações em 2017 que será em Glen Helen. No contexto da globalização, é muito importante para o Mundial estar nos EUA, o maior mercado do mundo e o país com maior número de vitórias no MXoN. Muitos parceiros do Campeonato Mundial são dos Estados Unidos: Monster Energy, CBS Sports Network, Go Pro, Parts Unlimited, THOR e FOX. Os fãs americanos com certeza irão gostar de ver seu país um evento com a presença dos pilotos mais rápidos do mundo e pilotos americanos o que é tão excepcional que só pode ser comparado ao Nações.

GLEN HELEN

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly