MX3 é definida em Santa Maria e Davis Guimarães é campeão

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 11 de outubro de 2014 - 12:00

As chuvas resolveram a castigar a região central do estado do RS neste final de semana, justamente neste que estava reservado para a 7ª e penúltima etapa do Brasileiro de Motocross em Santa Maria. Na sexta pela tarde, “caiu o mundo” como se diz no popular, deixando a pista recém construída no Pampas Fazenda Hotel bem pesada. Á noite, a chuva era em menos intensidade e na parte da manhã de sábado até o sol apareceu. Tudo normal então nos treinos e as corridas de sábado (65cc, MX3 e 50cc) foram mantidas.

Davis festejando com equipe

Davis festejando com equipe

O sortudo e competente Mateus Fávero é Campeão na 65cc

Na 65cc, o gaúcho Pedro Chagas quase que estraga a festa do campeão ao largar em 1º, mas Mateus Fávaro que brigava pelo título na etapa com Joaquim Neto, 9 pontos a frente, tratou logo de impor seu ritmo e logo no começo da prova começou a desenhar a vitória e o título. Neto largou mal, o que a equipe avisou à Fávero que tratou de manter a acalma. Num ritmo fortíssimo, o trio Mateus, Diogo Moreira e Gabriel Andrigo, dominavam as ações da prova pois, Pedro errou e perdeu o foco na corrida. Joaquim Neto, numa busca desenfreada de ainda chegar em 4º lugar, caiu no meio da disputa chegando na 5ª colocação atrás de Carlos Eduardo Baltazar, gaúcho de Torres que fazia também uma bela corrida. Fávero sagrou se campeão com 79 pontos, mesmo número de Joaquim, entretanto chegou melhor na prova final, o que é 1º critério para desempate.

Podium 65cc com o campeão ao alto

Podium 65cc com o campeão ao alto

Guimarães leva o troféu da MX3 2014

Em seguida entrou a MX3 na pista, outro duelo que valia o título era de gente grande, Davis Guimarães e Milton Chumbinho Becker.

Erivelton Nicoladeli fez o Hole shote e largou na frente. Davis Guimarães e Milton Becker logo atrás. Davis trata de ultrapassar o líder e quase põe tudo a perder quando cai na pista, deixando Chumbinho em 1º. Nico também perde o foco e aos poucos perde posições, ao contrário de Willlian Guimarães que busca posições e na volta final ainda ultrapassa o campeão que a essa hora não queria briga com ninguém. Chumbinho Vence, Willian foi 2º seguido de Davis Guimarães, Richard Berois que veio de trás para subir ao pódio com Pablo Florin na 5ª posição. Com o resultado, o piloto da equipe X Moto, Davis Gumarães é campeão 2014 da MX3.

Chumbinho venceu a MX3

Chumbinho venceu a MX3

50cc também já definiu o campeão

A 3ª categoria do sábado, também decidia título, era a 50cc. Nessa Mais uma vez o líder do campeonato não largou na frente, seria estratégia dos vencedores, uma sina? Rafael Becker fez a melhor largada, seguido de Luis Eduardo Martins, Diogo Moreira, Henrique Henicka e Cristian Eckardt num primeiro bloco e embolados. Rafael erra, cai para 6º e Luis Eduardo assume a liderança com Diogo colado em seu para lama. Diogo esperou a hora certa para dar o bote e assumir a liderança, o que lhe deu a vitória e consequentemente o título da temporada com 100 pontos. Na volta final, Luis ainda cai, e com isso Henrique levou a quadriculada em 2º seguido de Rodolfo Bicalho, o vice – Campeão com 78 pontos. Na 4ª posição chegou Luis Eduardo e Rafael Becker ainda teve tempo para buscar o pódio.

Diogo Campeão na 50cc

Diogo Campeão na 50cc

Pódio da 50cc

Pódio da 50cc

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly