Hector na MX2 e Campano na MX1 fazem alegria da Honda e da Yamaha

Por Sílvio Bilhar | Foto por Kelson Rene/CBM | 19 de outubro de 2014 - 23:55

A 8ª etapa do Brasileiro de Motocross, ocorrida nesse final de semana, em Toledo/PR teve os títulos das principais categorias conhecidos no domingo, 19 deixou alegre as duas maiores marcas da competição. A MX2 foi para a Honda, e a MX1 para a Yamaha. Com os pilotos Hector e Campano. Veja como foi.

Espanhol Carlos Campano chega ao segundo título no Brasileiro da MX1

Carlos Campano chega à liderança da prova ainda no começo. Jean Ramos vinha em 2º com Miguel Kordovez (convidado da Escuderia X) e Adam Chatfield na 4ª posição. Tudo estava dando certo para o piloto Espanhol que começou a virar o jogo no RS quando venceu a etapa e viu o líder Jetro Salazar quebrar nas duas baterias. Em recuperação Antônio Jorge Balbi, veio de trás, após largar mal na 9ª colocação, e imprimiu um ritmo forte buscando posições a cada volta. Nos últimos 8 minutos, Balbi já era o 3º e tirou 7 segundos do 2º colocado, Jean Ramos. As duas voltas finais foram de muito empenho mas Jean segurou a posição com 1 segundo de vantagem. Jetro Salazar também buscou recuperação chegando na 4ª posição com Adam em 5º lugar. Campano começou a desenhar o título com a vitória na bateria.

Na prova de fundo, um acidente envolvendo Kyle Regal na volta inicial colocou Jean Ramos em 1º, seguido de Carlos Badiali, Miguel Kordovez, Adam Chatfield e Balbi no pelotão inicial. Carlos Campano administrava o 6º lugar o que lhe daria o título da competição, pois somaria 3 pontos a mais que Jean. Sem arriscar Campano não deu importância quando no meio da bateria, Jetro Salazar que saiu de 8º ultrapassou Campano, que estava em 5º lugar naquele momento, até chegar ao 3º posto. Jean Ramos foi 1º seguido de Jetro Salazar, Adam Chatfiel, Jorge Balbi, Marcello Lima. Carlos Campano chega em 6º, suficiente para o título com 310 pontos contra Jean 307 e Balbi299. O pódio final teve Jean Ramos em 1º seguido de Jetro Salazar, Carlos Campano, Jorge Balbi e Adam Chatfield.

Mx1 Toledo

Hector vence em Toledo e confirma título brasileiro da MX2

O desenho do título começou em Santa Maria/RS quando Hector venceu a etapa e largou com vantagem na etapa final. Eram 7 pontos e ele nem precisava vencer. Na prova inicial Ânderson Amaral largou na frente, mas ainda no começo da prova, Hector Assunção assumiu a liderança para vencer a bateria e colocar mais pontos de vantagem rumo ao título. Paulo Alberto chegou em 2º com Ânderson Cidade em 3º, Gustavo Pessoa e Ânderson Amaral.

Na 2ª bateria, Ânderson Amaral tornou a largar na ponta, com certeza sua melhor etapa da temporada. Paulo Alberto largou em 2º, seguido de Hector Assunção, Ânderson Cidade e Gustavo Pessoa no pelotão inicial nas primeiras voltas. A chuva havia castigado a pista de Toledo/PR a poças d’água eram frequentes em vários pontos da pista. Ânderson Amaral venceu a bateria de ponta a ponta, seguido de Paulo Alberto, Hector Assunção, Gustavo Pessoa e Dudu Lima que largou em 6º mas tomou o lugar de Cidade entre os cinco da bateria final. O somatório da etapa teve Hector em 1º lugar seguido de Paulo Alberto, Ânderson Amaral, Gustavo Pessoa e Ânderson Cidade.

Toledo MX2

O campeonato finalizou com Hector Assunção com 335 pontos, Paulo Alberto com 327 pontos e Thales Vilardi com 273 pontos, ele que não participou da etapa final por estar contundido.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly