Aberta a contagem regressiva para a Picada das Antas 2015

Por André Charão | Fotos por André Charão | 22 de outubro de 2014 - 16:24

Foi um final de semana de muitas emoções na localidade de Picada das Antas, nem mesmo a chuva, que desabou na madrugada do domingo, foi suficiente para desanimar os organizadores, público e principalmente os pilotos, que encararam uma pista completamente enlameada para participar da décima edição do evento.

Alex - Rapadura

Alex “Rapadura”

No sábado, depois de algumas pancadas de chuva no começo da manhã, deixaram a posta um pouco pesada, o cancelamento de um seção de treinos e o trabalho de manutenção deixaram a pista no mínimo bem encaminhada para os trabalhos do domingo.

Cerimônia_de_abertura

Cerimônia de abertura

O final da noite foi completamente diferente dos anos anteriores, isso porque um grupo de pilotos, vindos de Santo Antônio da Patrulha, entre eles um gaiterio, deixou a noite bem mais agitada, com o toque de gaita e cantoria, a animação do pessoal fez com que se esquecesse que a previsão do tempo para o domingo continuava “nebulosa”, fazendo um bela confraternização entre os moradores da comunidade de pilotos.

Cerimonia de abertura ll

 

Rafael Jorge

Rafael Jorge

A madrugada mudou todo o panorama do evento, uma forte chuva chegou e tratou de desfazer todo o trabalho realizado na pista, a maioria dos pilotos que chegariam na localidade no domingo acabaram  cancelando a viagem. Assim que o dia amanheceu os tratores entraram na pista para amenizar os problemas. Os treinos tiveram uma pouca participação de pilotos que optaram em preservar seus equipamentos para as largadas oficiais.

Arthur Barcelos

Arthur Barcelos

Se por um lado a chuva atrapalhou a competitividade do evento por outro despertou ainda mais o interesse do público que não arredou pé da pista até a última largada para acompanhar tudo o que ocorreu durante as disputas, as ultrapassagens, que mostraram a habilidade dos pilotos, dividiram espaço com as inevitáveis e incontáveis quedas, umas mais espetaculares que as outras, felizmente todas elas sem nenhuma gravidade.

Daniel Garça

Daniel Garça

Os destaques do evento foram os pilotos Rodrigo Volcan (Pelotas), vencedor da categoria MX Gold e MX3. Felippe Menuzzi (Dom Pedrito), que com muita técnica e uma pitada de sorte, superou a pista pesadas e os adversários para vencer de ponta a ponta a categoria MX2. Diovane Anselmi (São Lourenço do Sul) foi o vitorioso na categoria Intermediária. Alex “Rapadura” dos Santos (Santo Antônio da Patrulha) venceu três categorias, MX4 Nacional, 230cc e Nacional Força Livre. Daniel “Garça” (Canguçu), vencedor da Nacional B emocionou a todos homenageando o piloto Eslon Helling, falecido a pouco mais de um mês, dedicando a vitória à ele. Entre os pilotos da casa, vitória para o piloto Emerson Ferreira (São Lourenço do Sul) na categoria MX3 Nacional e Rafael Krüger (São Lourenço do Sul) na categoria Nacional A. Ângelo Dionello (Rio Grande) venceu a categoria MX4 Importadas. de duas categorias. Entre os pilotos da nova geração, Arthur Barcelos faturou duas vitórias, na 65cc e 85cc. A categoria 50cc não foi realizada devido as condicões da pista.

Diovane Anselmi

Diovane Anselmi

Rodrigo Volcan

Rodrigo Volcan

Sem conter a emoção, João Henrique, o Mano, responsável pelos dez anos de sucesso do evento, fez questão de agradecer a cada um dos pilotos que estiveram presentes no evento, salientando a importância de cada um para o engrandecimento a cada ano do evento, destacou a sua felicidade em ver pilotos que neste ano estavam na Picada das Antas pela primeira vez, mostrando que o trabalho que todos, organizadores, comunidade, prefeitura, apoiadores, fazem em prol do evento durante todos os trezentos e sessenta e cinco dias do ano, fazem com que o festival ganhe qualidade e tamanho a cada edição. “Infelizmente não podemos controlar o tempo, em dez anos, é a primeira vez que a chuva atrapalha, mas isso é o de menos, o que importa hoje [e poder ver todos os amigos que fiz durante os últimos anos e grande parte daqueles que convidamos para vir  ao menos conhecer o nosso evento, não se importaram com a chuva e estão aqui, prestigiando ou até participando do evento. A todos vocês meu muito obrigado de coração. À partir de agora está aberta a contagem regressiva para a décima primeira edição do Festival de Motocross Amador da Picada das Antas de 2015 e espero contar com a presença de todos vocês. Obrigado.” – comentou João Henrique.

Emerson Ferreira

Emerson Ferreira

Felippe Menuzzi

Felippe Menuzzi

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly