Beto Ranhol – Série Avaliando 2014

Por Mariah Morgado | Foto por Ninna Ferreira e Silvio Damacena | 18 de dezembro de 2014 - 16:00

Em mais uma entrevista da série ‘Avaliando 2014’, o Mundocross trás agora a entrevista excluisiva com um dos dois pilotos que representaram o Brasil no Mundial de Motocross para Veteranos 2014 que aconteceu em Glen Helen no mês de Outubro e trouxe o vice campeonato da categoria +30 para o estado do Rio de Janeiro, Beto Ranhol. Divirtam-se!!!

Mundox – Piloto, para dar uma quebrada no gelo e também para a galera saber um pouco da tua história, conta aí pros leitores do Mundocross como foi o teu início no Motocross.

Ranhol – Iniciei minha carreira no motocross em 1999, fui assistir um skolsupercross em Niterói onde acabei me apaixonando, já fazia umas trilhas com uma xr200, minha primeira corrida foi em Madalena/RJ, desde então comecei a investir forte no treino, todos falavam que era muito difícil por eu ter começado com 18 anos, mas sempre busquei fazer cursos de pilotagem, treinei com Massuod, Maguila, Ricardo Raspa entre outros!

Mundox – No geral, qual a avaliação que você faz das suas participações nos campeonatos que competiu na temporada 2014.

Ranhol – Em 2014 acho que foi tudo como planejado, liderei o campeonato carioca até a 6ªetapa a qual ainda participei, depois por conta de desorganização por parte de prefeituras e federações optei por abandonar o campeonato, as corridas eram anunciadas na semana do evento, sempre dificultando hotel, treino, compromissos familiares, compromissos profissionais etc. Outro que decidi fazer foi o mundial de veteranos que acontece em GLEN HELEN / Califórnia, esse consegui um vice campeonato tanto na etapa de sábado quanto na etapa de domingo.

Beto Ranhol

Beto Ranhol

Mundox – Você considera que sua pré-temporada para a temporada 2014 foi a ideal para enfrentar as competições deste ano que está se encerrando?

Ranhol – Sim, fiz uma excelente preparação para 2014, 2013 foi o ano que decidi voltar a andar de moto, nunca tinha competido com uma moto de 450cc, tudo era novo, comecei 2014 muito bem, no decorrer do ano o campeonato perdeu força, as datas deixaram de existir e isso tornou mais difícil manter uma preparação tanto física quanto da moto para as etapas.

Mundox – Faça uma avaliação comparando alguma evolução na sua pilotagem, preparação física ou mental de 2013 para 2014.

Ranhol – Como disse anteriormente, 2013 foi um ano que voltei a andar de moto e não pensava em competir, acabei decidindo de ultima hora, achei que dava e fui, 2014 já era outra tocada, outro tipo de treino e foco.

Ranhol disputa campeonatos estaduais no estado do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo e em 2015 pretende disputar o Brasileiro de MX.

Ranhol disputa campeonatos estaduais no estado do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo e em 2015 pretende disputar o Brasileiro de MX.

Mundox – Quais foram seus patrocinadores na temporada 2014, e o que você já tem fechado para a temporada 2015?

Ranhol – Em 2014 contei com apoio da MOTOBIU, REDDRAGON, MXCALIFA, SNC itaipu, Odonto Ranhol, 2015 começo com moto diferente, agora vou andar de kawasaki 450cc, apoio até agora da PROTECH, MOTOREX, RACETECH, acredito que continue com MOTOBIU E REDDRAGON.

Mundox – Como você avalia a organização de um modo geral dos campeonatos que você participou na temporada 2014.

Ranhol – Acho que fraco, falta de respeito por parte de todos, prefeitura , federações com os atletas, em todas as modalidades, espero em 2015 poder contar com um calendário, pretendo me preparar para as corridas, so vou nas que eu souber com uma certa antecedência.

Mundox – Agora a palavra e o espaço são seus.

Ranhol – Queria agradecer a Deus em primeiro lugar, agradecer minha família, meus filhos pela enorme parceria em tudo, minha namorada por aguentar essa vida de dentista, piloto, pai, jiu jitsu e etc… Minha mãe em especial que me colocou no motocross, ao Vilma pela ajuda em tudo, obrigado a todos que torceram por mim!!!

Perfil do piloto Beto Ranhol

Nome completo: Gilberto Ranhol Gomes
Data de nascimento : 13/03/1982
Cidade onde nasceu : Niterói / RJ
Cidade onde mora : Niterói / RJ
Apelido :  Beto
Motos atuais : Kx450cc
Principais títulos : Campeão carioca de motocross , supercross , crosscoutry
Ídolo no Motocross Nacional : Massoud Nassar
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Villopoto
Pista de Motocross favorita no Rio de Janeiro: São Sebastião do Alto /RJ

Pista de Motocross favorita em São Paulo: MXPark Beco
Pista de Motocross favorita no Brasil : Cianorte / PR
Comida favorita : Churrasco
Bebida favorita : Suco de açaí
Estilo de filme preferido : Ação
Comida nos dias de corridas : Macarrão
Bebida nas corridas : Isotônico
Lazer preferido : Praia
Esporte preferido fora o Motocross : Jiu Jitsu
E-mail :  [email protected]
Facebook :  Beto Ranhol
Instagram : @betoranhol

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly