Vitória lusa e líder pressionado movimentam chegada das motos à Bolívia

Por Vipcomm | Fotos por Divulgação Rally Dakar | 11 de Janeiro de 2015 - 21:56

Uyuni (BOL) – Após um dia de descanso no acampamento de Iquique, no Chile, os participantes das motos voltaram neste domingo (11) à rota do Rally Dakar 2015 com um duro desafio: superar a primeira parte da etapa maratona, onde não podem ter assistência das equipes na manutenção dos veículos. A sétima especial, que culminou na chegada da categoria à Uyuni, na Bolívia, em 321 quilômetros percorridos, trouxe mais emoção na disputa pelo título, uma vez que o líder Joan Barreda (ESP), da Team HRC, terminou apenas em 12º e viu sua vantagem no acumulado despencar pela metade. A vitória ficou com o português Paulo Gonçalves, também da Honda.

Paulo Gonçalves

Paulo Gonçalves

O resultado abre um sinal de alerta para Barreda, que antes da etapa tinha uma diferença superior a 12 minutos sobre o seu principal rival e vice-líder Marc Coma (ESP), da KTM. Agora, ainda com mais seis dias de competição pela frente, o ponteiro está apenas 6min28s de distância do tetracampeão, segundo colocado do dia. Gonçalves, terceiro no geral, também se beneficiou do dia inconsistente do companheiro de equipe e diminuiu para 10min59s a vantagem do líder.

Vivendo altos e baixos, o austríaco Matthias Walkner, da KTM, voltou a figurar no Top 5 com a terceira posição, 30 segundos atrás do vencedor luso. O chileno Pablo Quintanilla segue em ritmo forte e completou em quarto, 1min32 atrás de Gonçalves. Já o brasileiro Jean Azevedo não teve grandes dificuldades para terminar a especial em 31º. O piloto da Honda South America Rally Team é o 28º na classificação geral.

Oitava etapa

A breve passagem do Dakar na Bolívia termina nesta segunda-feira (12) com a segunda parte da maratona e com o Salar de Uyuni, maior deserto de sal do mundo, na rota. Serão 808 quilômetros de percurso total, sendo 784 km de trechos cronometrados, até o retorno da competição ao Chile.

Resultados (extraoficiais) – 7ª etapa do Dakar – Motos

1º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) 3h56min00s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +14s
3º Matthias Walkner (AUT) #27 (KTM) +30s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +1min32s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +1min49s
31º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +21min47s

Resultados (extraoficiais) – Classificação geral do Dakar após sete etapas – Motos

1º Joan Barreda (ESP) #2 (Honda) 25h40min48s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +6min28s
3º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +10min59s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +25min16s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +29min20s
27º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +3h27min10s

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly