Sessão estaleiro AMA Supercross 2015

Por Mariah Morgado | Fotos por Simon Cudby | 30 de janeiro de 2015 - 22:00

Vamos dar uma olhada nos pilotos que estão lesionados ou retornando de lesões para a quinta etapa do AMA Supercross 2015.

Categoria 450cc

Wil Hahn– Braço e coluna
Wil Hahn ficará de fora do restante da temporada do AMA Supercross devido ao braço e costelas fraturados, uma possível fratura na clavícula, um pulmão perfurado e a vértebras fraturadas na cervical e toracolombares sofridas durante seu acidente nos treinos em Anaheim 1. Ele passou por cirurgia na semana passada para reparar a lesão no braço e voltou para casa para começar sua recuperação. Ele espera voltar para o AMA Motocross.

Jake Moss – Perna
Moss quebrou um osso da perna em um salto mal calculado durante os treinos e de acordo com as informações, é improvável que irá disputar o AMA Supercross 2015.

Weston Peick – Pé
Peick quebrou um osso no pé quando caiu em um triplo em Phoenix. Ele conseguiu terminar a corrida e teve o melhor resultado da carreira, terminando na quarta posição. Ele passou por uma cirurgia e colocou um parafuso para estabilizar o osso fraturado e chegou a tentar treinar em Anaheim 2, mas acabou agravando a lesão. Ainda não se tem uma previsão de seu retorno e será substituído por Phil Nicoletti na equipe até seu retorno.

Mike Alessi – Joelho
Alessi torceu o joelho durante o main event in A2. Ele passou por uma cirurgia pequena na semana passada e menos de uma semana depois já estava pilotando. Ele postou em seu twitter no começo desta semana “Não foi um dia ruim após seis dias de cirurgia e voltamos aos treinos.” De acordo com sua equipe, Alessi vai tentar correr neste final de semana.

Justin Brayton – Luxação acromioclavicular e vértebra fraturada
Brayton sofreu uma luxação grau 3 na articulação acromioclavicular e três fraturas em suas vértebras torácicas (T5,T6 e T7) quando caiu durante a semi em Anaheim 2. Ainda não se tem uma previsão de seu retorno, embora Brayton espera voltar ainda nesta temporada.

Dean Wilson – Rompimento dos ligamentos LCA/LCM
Wilson lesionou o joelho quando caiu durante os treinos na semana passada e passou por uma cirurgia no começo desta semana para reparar o rompimento dos ligamentos LCA e LCM do joelho. “Meu médico disse que a cirurgia ocorreu bem e vou passar por um processo regular de reabilitação no joelho.” Wilson disse em declaração a imprensa. Não há previsão para seu retorno.

Cade Clason – Ombro e joelho
Cade Clason errou no primeiro triplo durante os treinos em Oakland. Ele caiu no chão sem moto que caiu em cima dele enquanto tentava levantar. Ele deslocou o ombro e prendeu o joelho no acidente. Ele foi ao médico e exames revelaram que ele tinha uma lesão prévia no labrum e vai ficar em reabilitação durante duas semanas e espera retornar em Dallas.

Matt Moss – Ombro
De acordo com o MotoOnline.com.au, Matt Moss deslocou o ombro treinando e ficará de fora da ação pelas próximas seis semanas, encerrando sua temporada 2015 do Supercross. Ele agora volta para casa para iniciar sua reabilitação para disputar o Campeonato Australiano de Motocross.

Tevin Tapia –  Ombro
Tapia deslocou o ombro durante os treinos em Phoenix. Ele tentou correr em Anaheim 2, mas o estresse foi demais para o ombro e ele decidiu não correr em Oakland. Tapia vai tentar correr neste final de semana.

Broc Tickle – Coluna
Tickle caiu no mesmo triplo que Ken Roczen durante o main event em Oakland. Ele sofreu uma lesão na coluna que o impossibilitou de continuar a corrida. Ele foi ao hospital para realizar exames e recebeu alta. Tickle e sua equipe RCH decidiram não arriscar e correr neste sábado para deixar que sua coluna se recupere e retornam em San Diego na semana que vem.

Broc Tickle lesionou a coluna em Oakland e não irá disputar em Anaheim 3.

Broc Tickle lesionou a coluna em Oakland e não irá disputar em Anaheim 3.

Categoria 250cc

Adam Cianciarulo – Ombro luxado
Cianciarulo irá ficar de fora de toda a temporada depois de lesionar o ombro durante o Supercross de Geneva no começo de Dezembro na Suíça.

Zach Osborne – Polegar fraturado
Osborne fraturou o dedão durante na heat da abertura do campeonato. Foi uma fratura limpa, ele não parou de competir e vai correr em Anaheim 3.

Jake Oswald – Clavícula fraturada
Oswald caiu durante a abertura e fraturou a clavícula. Ele passou por uma cirurgia na semana passada e implantou uma placa e dez parafusos para estabilização e espera voltar as competições em Houston.

Darryn Durham – Punho
Durham caiu em Anaheim 1 e danificou um parafuso em seu punho. Ele passou por uma cirurgia nesta semana e pretende voltar a moto em quatro semanas. Ele volta a competição em Houston.

Matt Bisceglia – Concussão
Depois de não correr em A2, Bisceglia também não irá correr em Oakland seguindo orientações médicas.  Ele volta a ação neste sábado.

Michael Leib – Perna e pé
Leib passou por uma cirurgia no domingo para reparar as fraturas na tíbia e fíbula, pé e dedão direitos e no dedão esquerdo sofridas durante um acidente nos treinos em Oakland. É esperado que ele fique de fora do restante da temporada do Supercross.

Landon Powell – Costelas
Powell ficará de fora em Oakland depois de cair forte enquanto treinava durante a semana.  Ele agradeceu os fãs no Instagram e postou que descobriu que quebrou 4 costelas do lado esquerdo do abdômen e que ficará longe da moto por um tempo e não voltará até Houston.

Jean Ramos – Antebraço
O brasileiro Jean Ramos caiu durante os treinos em Anaheim 2 e sofreu uma fratura leve no antebraço direito, próximo ao punho. Ele voltou ao Brasil para sua recuperação e disse que em 3 semanas estará de volta.

Michael Leib ficará de fora do restante da temporada do AMA Supercross.

Michael Leib ficará de fora do restante da temporada do AMA Supercross.

fonte: RacerX

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly