Copa Verão do Motocross: Os duelos da etapa inicial

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 04 de fevereiro de 2015 - 20:12

 

Enzo, Gedielson e Ducho se destacam e vencem em mais de uma categoria

A Taça ED3 de Motocross deu início à temporada 2015 da Copa Verão, prova realizada em 18 de janeiro na cidade de Torres, litoral norte do RS. Foram mais de 200 inscrições em 15 categorias.  A pista do Parque do Balonismo recebeu também um bom público que não  verão.

IMG_8997

A categoria Júnior junto com a 65cc foi a primeira a entrar na pista. O piloto Vitor Gonçalves de São Jerônimo largou na ponta e venceu a prova do início ao fim em 2º veio Olívio dos Santos e em 3º Carlos Eduardo Baltazar piloto da cidade sede, Torres.

Pela 65cc, o 1º lugar ficou com Carlos Eduardo Baltazar seguido de Felipe Tenedini que largou em 5º. Fechando em 3º lugar chegou Erick Vitorassi de Tubarão/SC.

Pela 50cc, Garmichel Giehl não deu mole e venceu de ponta a ponta seguido de Erick Vitorassi e em 3º lugar Guilherme Brezolin do vale do Paranhana, de Parobé.

IMG_8932

A MX2 trouxe Enzo Lopes pela 1ª vez na pista nessa etapa e ele não decepcionou quem veio ver sua pilotagem. O piloto de Lajeado largou em 1º e a partir da 3ª volta consegue se desvencilhar de Cássio Anacleto e abre boa vantagem até a quadriculada. Cássio sofre pressão de Eduardo Rosing que chega em 3º

A Nacional Estreantes começou com o holeshote de Willian Lima que não deixou barato largando na ponta e vencendo a etapa inicial da Copa Verão. Thiago de Freitas chegou em 2º com Ramon Batista em 3º.

IMG_8890

Pela Nacional Máster, o duelo inicial entre Alex dos Santos, O rapadura e José Pires, O Zezinho, durou toda bateria. Na reta final Alex respirou e recebeu a quadriculada em 1º seguido de Zezinho e Cristiano Bittencourt, O retorno.

Um duelo espetacular na categoria Estreantes Importadas acabou com a vitória de Giovani Ramos, que largou no pelotão da frente abrindo alguma vantagem após a 4ª volta. Mauro Pereira buscou recuperação chegando em 2º com Rafael Escobar, voltando às importadas e chegando em 3º, posição que alcançou ainda no começo da etapa.

IMG_9091

A 230cc, foi marcada pelo duelo entre Alex dos Santos que largou na frente e Gedielson Sá que retorna com força total. Na 2ª volta Gedielson pressiona, Alex erra e cai foi quando Gedielson  dá o bote para assumir a liderança. Alex administrou o 2º lugar na etapa. Em 3º chegou Bruno da Luz, outro retorno às pistas.

A MX2 Júnior, teve uma largada espetacular entre Enzo Lopes, Gabriel Della Flora, agora com moto 250cc, Nícolas Oliveira e Leonardo Tenedine. Enzo que está sobrando na pista abre grande vantagem a partir da 3ª volta, enquanto que o 2º pelotão vinha na mesma tocada. Enzo venceu novamente seguido então de Gabriel e de Nícolas oliveira.

IMG_8952

MX4 e feminina andaram juntas.

Adecir de Lima, de Caxias largou na ponta, seguido de Gustavo Visoto e Leandro Ducho. O pelotão ainda tinha Sergio Fernandes na 4ª posição. Aos poucos, com pouco ritmo Adecir cansa e Leandro que já estava em 2º, assume a liderança e vence em Torres a etapa da MX4. Serginho faz também recuperação chegando em 2º após ultrapassar Adecir nas voltas finais. Adecir foi o 3º.

Ainda na bateria, a categoria Feminina teve Mayrêe Ribeiro, A Gauchinha em 1º e Tais Knies em 2º.

Nessa etapa começou a ser disputada a categoria MX5, para pilotos de 50 anos completos. O 1º vencedor foi Giovane Cardoso, que largou na frente. Adão da Costa foi 2º com Rogério Loureiro em 3º.

Na intermediária, Eduardo Rosing largou no pelotão principal, assumiu a liderança no começo da prova e administrou a vantagem de pista. No pódio, João Vitor da Veiga foi o 2º e Leonardo Limberger o 3º.

IMG_8972

Paulo Cesar Katatau fez o Hole shote na MX3, seguido de Leandro Ducho. Na 3ª volta, Ducho parte para o ataque e assume a liderança da competição. Na reta final, katatau tenta recuperar, mas Ducho fecha a porta. A corrida termina com vitória de Ducho, seguido de Katatau e Luis Carlos May, que largou mal mas fez prova de recuperação.

IMG_9048

Gedielson, que está em grande forma física, largou na frente na categoria Força Livre Nacional. O piloto de Cachoeirinha não vacilou vencendo sua 2ª prova de ponta a ponta. Alex dos santos e André Matos 2º e 3º colocados consecutivamente do início ao fim da bateria.

A categoria MX1 para motos de até 450cc teve a 3ª vitória do garoto prodígio Enzo Lopes, de Lajeado e do mundo. Largando na frente foi seguido pela fera Fabiano dos Santos de Cássio Anacleto de Eduardo Rosing de Gabriel Della Flora e Paulo Cezar Katatau. Na 3ª volta, Cassio ultrapassa Fabiano que perde rendimento perdendo mais tarde a 3ª posição para Eduardo. Fabiano completa o pódio em 4º com Gabriel em 5º em mais uma vitória de Enzo Lopes.

IMG_8959

A copa Verão tem o patrocínio de Borilli Racing, ED3 Racing,Pró Tork. Apoio: Prefeitura municipais, Jornal O Podium – Ano 20. Supervisão: FGM – Realização Zanela Cia de Eventos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly