Copa Pro Tork MG quebra recorde de inscritos em sua prova de abertura

Por Ana Cláudia Ulhôa | Foto por Assessoria do evento | 14 de março de 2015 - 21:30

De diversas naturalidades e nacionalidades, 458 pilotos se inscreveram para participar neste final de semana (14 e 15 de março) da abertura da temporada 2015 da Copa Pro Tork Minas Gerais de Motocross em Itabirito. As atividades iniciaram neste sábado com provas de seis categorias; Intermediária, MX4, Nacional, MXF, 50cc e MX Jr. Em sua terceira temporada, com novos parceiros e patrocinadores, a competição reforça seu nome entre as maiores disputas do motociclismo brasileiro.

Mariana Balbi vence a primeira etapa na MXF.

Mariana Balbi vence a primeira etapa na MXF.

Diogo Malheiro foi o vencedor da categoria Intermediária, que teve quase 60 pilotos inscritos. Após brigar pela ponta na primeira volta com Anderson Camilo, que fez o holeshot, Malheiro abriu boa distância sobre os oponentes, que passaram a duelar pelas outras colocações.

Na penúltima volta, o campeão da etapa de Itabirito perdeu o controle da moto, mas a boa vantagem adquirida na bateria foi o suficiente para garantir o triunfo nesta tarde. Jonathan Tiradentes ficou na segunda colocação, seguido por Márcio Hortense. Rodrigo Marçal foi o quarto e Anderson Camilo fechou o pódio.

MX4

A prova da MX4 foi inteiramente dominada pelo estadunidense Craig Canoy, que retornou às pistas brasileiras na Copa Pro Tork MG de Motocross. Canoy tomou a ponta ainda na primeira curva, desconsiderando um começo de prova conturbado, com diversas quedas no pelotão intermediário.

O americano chegou à vitória com 48 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, o fluminense Walter Tardin #125. O paranaense Willian Guimarães #21 fez grande recuperação para finalizar a prova no terceiro lugar. Yuri Sousa #17 e Vagner Lachi #731 fecharam o pódio da categoria.

Nacional

Na bateria da Nacional, Gabriel Montagner assumiu a ponta da prova na segunda passagem e venceu com quase 14 segundos de vantagem sobre Ismael Rojas, segundo colocado que, por sua vez terminou com folga em relação ao terceiro, quarto e quinto colocados, Leonardo Lima, Bruno Vinícius e Arthur Gas.

MXF

Numa grande disputa entre Mariana Balbi e Stefany Serrão a mineira levou a melhor sobre a paulista e faturou a primeira etapa da categoria. Com recorde de inscritas, a categoria MXF teve gate cheio, contando com 21 mulheres disputando a prova de Itabirito.

Na primeira volta, Mariana Balbi teve dificuldades para encontrar o melhor trilho nas curvas, mas manteve-se na ponta. A piloto Marcely Cazadini #222, que buscava a ponta ficou na primeira curva, mas prosseguiu na prova. Stefany Serrão assumiu a vice-liderança antes mesmo do término da primeira passagem.

Mariana Balbi chegou a abrir cerca de 12 segundos na liderança da categoria, mas Stefany diminuiu a distância para menos de dois segundos nas voltas finais. A paulista teve problemas com tráfego, mas numa boa passagem numa sequencia de costelas conseguiu colar em Mariana.

Porém, a mineira segurou as investidas de Stefany para ganhar a primeira corrida da temporada. Luana Abreu terminou a prova em terceiro, Marcely Cazadini ficou na quarta colocação, seguida pela irmã, Lays Cazadini, em quinto.

50cc

Na 50cc, com pista reduzida para as crianças de 4 até 9 anos de idade, Bruno Ferreira largou na frente e liderou boa parte da prova em Itabirito. Porém, Gustavo Abrahão encostou no rival e intensificou a pressão sobre Ferreira, que sofreu uma queda e perdeu a ponta para o oponente.Gustavo Abrahão venceu a etapa de Itabirito, seguido pelos xarás Gustavo Duarte e Gustavo Rodrigues. Thaís de Castro completou a etapa na quarta colocação.

Júnior

Na MXJr, Enzo Lopes fez uma corrida racional para vencer a primeira prova do ano em Itabirito, protagonizando bom duelo com Pedro Henrique Bueno, o Pepê. Enquanto Bueno dominou a primeira parte da prova, Enzo buscou a liderança na segunda metade, para administrar a vantagem e faturar os primeiros 25 pontos da temporada.

Pedro Henrique Bueno terminou na segunda colocação, pouco mais de três segundos atrás de Lopes e com larga vantagem sobre Frederico Spagnol o terceiro colocado. Vinícius de Sá completou a prova na quarta posição e Leandro Araújo terminou a prova de Itabirito em quinto.

Resultados finais

50cc

1 – #22 Gustavo Abrahão

2 – #55 Gustavo Rodrigues

3 – #34 Bruno Ferreira

4 – #111 Thais de Castro

5 – #5 João Danilo Aguiar

MX4

1 – #211 Craig Canoy

2 – #125 Walter Sérgio

3 – #21 Willian Guimarães

4 – #17 Yuri Sousa

5 – #731 Vagner Lachi

Nacional

1 – #303 Gabriel Montagner

2 – #127 Ismael Rojas

3 – #35 Leonardo Lima

4 – #629 Bruno Vinícius

5 – #200 Arthur Gas

Intermediária

1 – #88 Diogo Malheiro

2 – # 36 Johnathan Silva Tiradentes

3 – #561 Márcio Hortense Júnior

4 – #128 Rodrigo Marçal de Oliveira

5 – #314 Anderson Camilo

MXF

1 – #81 Mariana Balbi

2 – #29 Stefany Serrão

3 – #958 Luana Abreu

4 – #222 Marcely Cazadini

5 – #2 Lays Cazadini

MXJR

1 – #16 Enzo Lopes

2 – #7 Pedro Henrique Bueno

3 – #61 Frederico Spagnol

4 – #143 Vinicius de Sá

5 – #58 Leandro Araújo

Pilotos de todo o Brasil estão disputando a Copa Pro Tork Minas Gerais de Motocross

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly