Sessão Estaleiro AMA Supercross 2015

Por Mariah Morgado | Fotos por Simon Cudby | 20 de março de 2015 - 21:00

Vamos dar uma olhada nos pilotos que estão lesionados ou retornando de lesões para a décima segunda etapa do AMA Supercross 2015, que acontece neste final de semana em Detroit.

Categoria 450cc

Jimmy Albertson – Ombros
Nas últimas semanas Jimmy Albertson vinha sofrendo com luxações recorrentes no ombro. Ele decidiu cuidar deles adequadamente e ficará fora de ação por alguns meses.

Mike Alessi – Coluna
Alessi sofreu uma queda violenta durante o main event em Daytona que torceu suas costas. Ele tem feito fisioterapia e esperava voltar a correr em Detroit, mas ainda não pode correr. Ainda não se sabe se ele irá correr em St. Louis.

Justin Barcia – Quadril e perna
Barcia caiu na pista de treinos da JGR Yamaha antes da etapa de San Diego e sofreu uma pequena fratura no quadril. A princípio achava-se que ele ficaria de fora de apenas algumas etapas, mas sua recuperação está levando mais tempo do que o esperado. Ele não irá correr em Detroit.

Justin Brayton – Luxação acromioclavicular e vértebra fraturada
Brayton sofreu uma luxação grau 3 na articulação acromioclavicular e três fraturas em suas vértebras torácicas (T5,T6 e T7) quando caiu durante a semi em Anaheim 2. Ele vai voltar a ação em Detroit.

Cade Clason – Joelho
Cade Clason está fora do restante da temporada do SX por causa de uma ruptura no menisco. Ele pretende voltar a correr no AMA Motocross.

Sean Hackley – Concussão e hematoma severo
Em Arlington, Hackley sofreu uma queda violenta que resultou em sua internação com uma concussão e hematomas severos nas costas e pernas. Ele espera voltar a correr em St. Louis.

Wil Hahn– Braço e coluna
Wil Hahn está de fora do restante da temporada do AMA Supercross depois de um acidente grave em Anaheim 1. Ele quebrou o braço, costelas e duas vértebras. Ele passou por uma cirurgia de sucesso no braço e espera voltar para o AMA Motocross.

Josh Hill – Clavícula, costelas e pulmão
Josh Hill quebrou a clavícula em um acidente grave em Saytona que também resultou em fraturas nas costelas e um pulmão entrou em colapso. Não há previsão para seu retorno.

Ken Roczen – Tornozelo
Roczen caiu durante os treinos em Daytona e agravou ainda mais uma lesão em seu tornozelo que sofreu quando caiu em um triplo em Oakland. Com sorte, cirurgia não foi necessária e ele espera perder apenas algumas semanas. Ele não vai correr em Detroit.

Nick Schmidt – Costelas e doente
Schmidt fraturou algumas costelas em Daytona e está adoentado. Ele vai correr em Detroit.

Ronnie Stewart – Concussão, costelas e escápula
Stewart caiu em Atlanta 2 e sofreu uma concussão e lesões na região das costelas e ombros. Ele vai correr em Detroit.

Dean Wilson – Rompimento dos ligamentos LCA/LCM
Wilson rompeu o LCA e LCM do joelho na pista de treinos da KTM em Janeiro e está fora da temporada.

Jimmy Albertson vai operar o ombro e ficará fora por alguns meses.

Jimmy Albertson vai operar o ombro e ficará fora por alguns meses.

Categoria 250cc

Scott Champion – Fratura no escafóide
Champion já voltou a treinar e volta as competições no retorno da Costa Oeste em Houston.

Adam Cianciarulo – Ombro luxado
Cianciarulo está de fora de toda a temporada depois de lesionar o ombro durante o Supercross de Geneva. Espera-se que ele retorne para o AMA Motocross.

Martin Davalos – Vírus Epstein-Barr
Davalos está lutando contra uma infecção viral por Epstein-Barr, mas ainda pretende correr no final de semana.

Darryn Durham – Punho
Durham caiu em Anaheim 1 e danificou um parafuso em seu punho. Ele já voltou aos treinos e vai voltar a correr em Houston.

Vince Friese – Clavícula, costelas e luxação acrômio clavicular
Friese sofreu um grave acidente durante os treinos em Indianápolis e sofreu uma fratura na clavícula, uma costela quebrada e luxação acrômio clavicular grau 3. Mesmo com essas lesões, ele correu no main event. Ainda não se sabe se ele irá correr ou não em Detroit, a decisão será tomada no sábado.

Nick Gaines – Punho
Gaines caiu durante sua heat classificatória em Indianápolis e quebrou dois ossos no punho. Ele disse em seu Instagram que ficará de fora do restante da temporada do SX, mas vai retornar para o AMA Motocross.

Justin Hill – Tornozelo
Hill lesionou o tornozelo em San Diego. Ele voltou aos treinos e vai correr no retorno do campeonato da Costa Oeste em Houston.

Brady Kiesel – Punho
Kiesel quebrou o punho durante o LCQ em Dayton e provavelmente ficará fora do restante da temporada.

Michael Leib – Perna e pé
Leib passou por uma cirurgia para reparar as fraturas na tíbia e fíbula, pé e dedão direitos e no dedão esquerdo sofridas durante um acidente nos treinos em Oakland. Ainda não tem uma previsão para seu retorno.

Matt Lemoine – Dedo da mão
Lemoine não correu em Indianápolis devido a um dedo quebrado, mas vai correr em Detroit.

Tracy Morgan – Quadril, calcanhar e fêmur
Tracy Morgan está fora da temporada após forte queda que sofreu durante os treinos em Arlington que resultou no quadril direito deslocado e o calcanhar e fêmur esquerdos fraturados.

Jake Oswald – Clavícula fraturada
Oswald caiu durante a abertura e fraturou a clavícula. Ele passou por uma cirurgia e espera voltar as competições em Houston.

Chris Plouffe – Tornozelo, clavícula, costelas e vértebra
Plouffe torceu o tornozelo esquerdo, quebrou a clavícula esquerda, múltiplas costelas, teve a vértebra T2 lascada e a T10 esmagada em Atlanta. Depois de perder temporariamente a sensação da cintura para baixo, ele foi removido da pista e levado ao hospital. Ele passou por cirurgia e teve duas placas e oito parafusos implantados em sua coluna. Ele está fora da temporada.

Landen Powell – Costelas
Powell caiu forte treinando antes de Anaheim 3. Ele deve voltar a correr em Houston.

Dakota Tedder – Mão
Tedder Ele pretende voltar a ação no AMA Motocross, estreando na categoria 450cc.

Arnaud Tonus – Doente
Tonus postou no começo da semana em seu Instagram: “Depois de mais exames, nós descobrimos que eu tenho um vírus no sangue, o que explica meu estado físico. Eu comecei um tratamento esta semana e espero melhorar.” Ele não deve correr em Detroit.

Jesse Wentland – Ombro
Wenteland está fora do SX depois de passar por uma cirurgia no ombro e espera voltar para o AMA Motocross.

Arnaud Tonus

Arnaud Tonus

fonte: Racerx

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly