Araújo foi o nome da abertura do centro/serra de MotoCross em Capitão

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 28 de março de 2015 - 13:26

O Campeonato Ipiranga Regional de Motocross teve início em 1º de março. A cidade de Capitão em seu mês de aniversário deu início ao maior campeonato regional do sul do país e no mesmo dia ainda os Trilheiros se reuniram na cidade para mais uma aventura pelo interior do município. Enquanto isso a categoria Estreantes dava início à etapa com Leonardo Tenedine largando na ponta, seguido de Rafael Escobar, Rafael Testa e Michel Lima no pelotão principal. Tenedine venceu de ponta a ponta com Rafael em 2º. A troca foi na 3ª colocação com Michel assumindo o posto. Testa foi 4º e Cristian Lottermann completando o pódio.

IMG_1008

A intermediária MX1 veio em seguida com Leandro Ducho largando em 1º seguido de Glaureci Lemos e Fabiano Ribeiro. Mais atrás, Daniel Chies era o 4º e Adenilson Dorigon que vinha recuperando posições e se aproximava do pelotão principal. Até a 5ª volta, muitas alternâncias entre as primeiras cinco posições. O líder era Daniel desde a 3ª volta em 2º Dorigon e Fabiano em 3º com duelo com Ducho. Na reta final Dorigon que na próxima etapa anda em casa, assume a liderança deixando Chies em 2º, Sergio Zarbielli que também fez prova de recuperação em 3º, Ducho e Glaureci Lemos os cinco do pódio. Dorigon contará com a torcida no domingo 29 de março.

IMG_1088

Pela 65cc, Henrique Hênicka fez o hole shote seguido de Cristian Eckardt, com Marlon Lazaretto e Cauê Benato brigando pelo 3º posto. Marlon erra e cai na 3ª volta, Cauê se credencia ao 3º lugar até o final da prova. Henrique vence, com Cristian em 2º. Felipe Tenedine chegou em 4º numa disputa em que superou Garmichel Giehl e Marlon na volta final.

IMG_1131

A Nacional Força Livre foi disputada em duas baterias. Em que o grande vencedor foi a fera Leandro Folé, ele largou em 2º atrás de Tadeu Debona na volta inicial e ainda na 1ª volta, assume a liderança para vencer a prova. Na 2ª bateria, seguido de Rodrigo Malminho, largou na frente e apesar do susto na volta final, foi o grande vencedor.  O piloto da casa, Daniel “Banana” Hunoff também andou bem, e sempre esteve no 1º pelotão. Na soma das duas baterias, Folé subiu no lugar mais alto do pódio com Malminha em 2º, com Daniel em 3º, Juliano Tasca e Thiago Wiebbeling completando o pódio.

IMG_1524

Os primeiros 25 pontos da MX3 foi conquistados de forma incontestável por Glaureci Lemos que largou na frente, segurou os ataques de Gustavo Visoto para vencer de ponta a ponta. Mariovaldo Martini, que foi 3º na largada, pressiona Visoto e assume a 2ª colocação entre a 3ª e 4ª volta. Visoto que foi 4º na premiação, ainda perdeu a 3ª posição para Eder Antoniazzi que buscou recuperação. Eduardo Treviso completou o pódio.

IMG_1068

A MX2 teve uma grande surpresa na largada quando Anderson Seben largou a frente de Henrique Araújo que assume a liderança ainda no começo da bateria. Na 3ª volta, Henrique, Seben, Rodrigo Galiotto faziam parte do pelotão principal. Até a 5ª volta, as posições principais se mantiveram intactos, quando Anderson Seben cansou e perde posições. Henrique venceu, com Rodrigo em 2º, seu irmão Marcelo em 3º, com Felipe Mombach e Ândrio Seben completando o pódio.

IMG_1309

Depois de ter batido na trave em outras oportunidades, na MX4 Leandro Ducho não vacilou e venceu a categoria levando assim uma vantagem nesse começo de campeonato. Danny Oliveira que chegou a liderar, chegou em 2º seguido de Glaureci Lemos, Sérgio Fernandes e Fabiano Ribeiro.

IMG_1367

A 85cc foi vencida pelo piloto de São Jerônimo, Vitor Della Nina Gonçalves. Arthur Castro Oliveira  chegou em 2º e somou 22 pontos, 3 a menos que  Vitor, mas dois a mais que Fábio Troian o 3º na prova. Ainda tivemos completando o pódio Gustavo Feltrin e Djeison Grasel.

O piloto de Passo Fundo, Henrique Araújo parece que veio para 2015 com a corda toda. Na categoria mais forte do MotoCross regional, a MX1 Força Livre, largou na frente e não deu chances para nenhum dos adversários de pista, Apesar de duelar com Rodrigo Galiotto, que chegou a chocar-se com o líder que logo abre grande vantagem. Pelo 2º lugar, o duelo caseiro entre Rodrigo e Marcelo Galiotto, não teve mudanças com Rodrigo chegando em 2º. O duelo pelo 3º lugar teve mudanças do começo ao fim. Pois Nícolas Oliveira que largou em 6º lugar buscou posições, superou Ândrio Seben para chegar em 4º com Sérgio Zarbielli na 5ª posição do pódio.

IMG_1518

Para finalizar a etapa, os irmãos Ânderson Seben e Ândrio Seben largaram lado a lado na intermediária MX2. Ânderson toma a dianteira e os dois duelam em todas as volta. Apesar da pressão, Ânderson não erra e vence por apenas um segundo. Ândri vem em 2º com Mateus Kunz, Felipe Mombach e Rafael Escobar os cinco do pódio.

IMG_1558

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly