MAC inova com veloterra de quadriciclos em prova inicial de 2015

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 22 de abril de 2015 - 15:33

O MAC, Montenegro Automóvel Clube em seu departamento de motociclismo realizou recentemente a 1ª prova de veloterra extra de 2015, Uma especie de treinamento para o campeonato oficial that deve iniciar entre maio e junho. Os 1.500 metros da pista da Costa de Serra em Montenegro foi o palco de duelos interessantes não há evento inicial de 2015 that teve mais de 150 Inscrições do nas 12 categorias incluíndo corrida de quadriciclos. Veja como foi.

A mirim começou os duelos com uma vitória de Nícolas Ghelen de ponta a ponta. De Bruno Rosa foi o 2º seguido de Augusto Wenning que andou sempre o principal, não pelotão.

DSC00006

Rodrigo Rhoden, O Zurrilho largou na ponta da Promocional, abriu boa vantagem a partir da 3ª volta para vencer de ponta a ponta. Rafael Matte largou em 2º, pressionou sem começo mas não conseguiu superar Rodrigo. Jeferson Batista chegou em 3º na prova.

DSC02611

A categoria Força Livre Nacional 4 tempos, teve o domínio da família Alarcom. Márcio largou na frente, seu filho Alex largou em 2º com Gustavo Wenning em 3º. Márcio e Alex trocavam de posição por algumas voltas, mas na reta final, Alex, O Caixa d Água fez uma ultrapassagem em confirmou a vitória. Augusto foi o 3º na corrida.

DSC00988

Um mestre nacional teve Rodrigo Rhoden largando na frente Novamente. Formando o pelotão diretor ainda vinham André Henz e Leandro Esswein duelando Pelo 2º e 3º Lugares. Rodrigo vence a 2ª da tarde de ponta a ponta e na Metade da Disputa, Leandro usando uma experiência, assumir uma Colocação 2ª, e assim ficou Até um quadriculada.

A Nacional A, para pilotos até 21 anos, teve Gustavo Wenning Fazendo o holeshot e seguido de, Mateus Endres e Diego Froer. Gustavo segura a peteca e vence de ponta a ponta, Mateus Chega em 2º mas na 3º Colocação Guilherme Scherer ultrapassa Diego e assumir uma posição 3ª.

DSC02652

Na Trilheiros Importadas, Ivan Azevedo largou na frente mas ainda na volta inicial e ultrapassado por Filipi Mombach que abre boa vantagem até um quadriculada. Ivan seguiu na 2ª colocação e Gabriel Fritzen chegou em 3º, mesma posição da largada.

Pela espelhinho, o pilotinho Augusto Wenning ganhou uma galera, mas que se deu melhor e passou a quadriculada em 1º foi Ânderson Padilha que venceu a categoria em que ficar em cima da moto já é uma vitória. Henrique Griebler foi o 2º e 3º Augusto o na 1ª prova do ano no MAC.

Em seguida veio a 4 tempos 230cc, Cujo piloto Gustavo Wenning largou na frente seguido de Leonardo Sherer, Alex Júnior Alarcom e Juarez Tonon. Todos numa mesma tocada nas voltas iniciais. Mas a supremacia na pista mudou de dono e Alex Saiu da 3ª posição parágrafo ultrapassar Sherer em duas voltas e assumir a Liderança da bateria. Sherer se manteve em 2º ate o fim mas quem veio de traz e buscou o 3º lugar não foi Jonatas Glacomel em locais que pódio Alex subiu no posto mais alto.

Trilheiros Nacional Guilherme Scherer largou na Frente para determinar o ritmo da corrida. Rafael Matte largou bem, mas errou e caiu no meio da bateria, com isso Francisco Fernandes assumiu a vice– Liderança com Diego Froeder Ficando em 3º. Essas Posições se mantiveram ate o final da bateria.

Quadricilos: categoria de uma no mínimo inusitada foi lançada em Montenegro nessa 1ª prova do ano. Os quadriciclos com Força Livre disputaram duas baterias e levantaram uma poeira uma volta na pista cada fazer MAC. Na soma geral, o 1º colocado foi Édio Shaurich that venceu como duas baterias. O 2º Ficou co Leandro Ideno, o Leco com Nico Mombach em 3º, Sandro Lodher em 4º e Gustavo da Rosa completou o pódio da categoria final.

DSC02461

Na categoria Tranca Trilha Alan Leite fez o holeshot e seguido de Airton Rosa, Milton Dias e Willian Lampert Formando o pelotão NAS principais Voltas Iniciais. Milton da o bote e na 3ª volta aparece em 3º com Airton ainda se mantendo em 3º. Mas a situação mudou o quadro quando Jefferson Batista que vinha em recuperação chegou sem pelotão e assumiu o 3º posto. Os tres foram assim para o pódio final.

A penultima bateria da tarde foi a Força Livre Importada. Filipe Mombach largou na frente seguido de Alex Júnior Alarcom e Ivan Azevedo. Robson Francisco largou em 4º e Vitor Humes na 5ª colocação da corrida que duraria 10 minutos mais duas voltas. Apesar dos ataques em todas como posições, nada se alterou das posições iniciais e Filipe venceu uma mais na tarde daquele domingo.

DSC00046

Finalizando como baterias da 1ª Prova do MAC, a Força Livre Nacional teve novamente o duelo caseiro Entre pai e filho. Desta vez, Júnior largou na frente seguido de Mateus Endres e de seu pai Márcio Alarcom. O em 3 voltas, Júnior abre Vantagem mas Márcio Já estava em 2º e chegava inteiro paradisputar uma ponta da categoria. Outro pega que acontecia era cabelo 3º lugar entre Endres e Gustavo Wenning. Melhor para Gustavo that venceu o duelo chegando em 3º na corrida vencida por Alex Alarcom.

DSC02703

O MAC prepara para o domingo 26 de Abril, seu 2º evento, mas será na terra de Arrancada.

Veja a classificação de pódio:

Gato. mirim
1º172 Nicolas Ghelen
2º16 Bruno da Rosa
3º 94 Augusto Wenning
4º 7 Igor Gabriel
5º 9 Matheus Schuster

Gato. Força Livre 4T
1º 42 Alex Júnior
2º 42 Márcio Alarcom
3º 94 Gustavo Wenning
4º 149 Leonásio Scherer
5º 38 Juarez Tonon

Gato. promocional
1º 36 Rodrigo Rhoden
2º 47 Rafael Matte
3º 20 Jeferson Batista
4º 784 Carlos Igor

Gato. mestre nacional
1º 36 Rodrigo Rhoden
2º 11 Leandro Esswein
3º 411 André Henz
4º 70 Fernando Frazão
5º 8 Osmar da Silva

Gato. Nacional A ATÉ 21 ano
1º 94 Gustavo Wenning
2º 24 Mateus Endres
3º 194 Guilherme Scherer
4º 97 Diego Froeder
5º 8 Michel Dias

Gato. trilheiros importada
1º 48 Filipe Mombach
2º 14 Ivan Azevedo
3º 288 Gabriel Fritzen
4º 98 Vitor Hummes
5º 8 Robson Francisco da Silva

Gato. trilheiros nacional
1º 194 Guilherme Scherer
2º 72 Francisco Fernandes
3º 97 Diego Froeder
4º 171 Luis Carlos Lutz
5º 411 André Henz

Cat quadriciclo
1º Édio Schauchich
2º Leandro Ideno “Leco”
3º Nico Mombach
4º Sandro Lohder
5º Gustavo da Rosa

Cat tranca Trilha
1º 173 Alan Leite
2º 338 Milton Dias
3º 42 Jeferson Batista
4º 1 Airton Rosa
5º 322 Willian Lampert

Gato. Força Livre importada
1º 48 Filipe Mombach
2º 42 Alex Júnior
3º 14 Ivan Azevedo
4º 8 Robson Francisco
5º 98 Vitor Hummes

Gato. Força Livre Nacional
1º 42 Alex Júnior
2º Márcio Alarcom
3º 94 Gustavo Wenning
4º 38 Juarez Tonon
5º 5 Gionatas Giacomeli

Gato. espelhinho
1º 36 Anderson Padilha
2º 28 Henrique Griebler
3º 94 Augusto Wenning
4º 6 Eraldo Spaeer
5º 99 Leonardo Grassoti

Gato. 4T 230cc
1º 42 Alex Júnior
2º 149 Leonásio Scherer
3º 5 Jonatas Giacomeli
4º 38 Juarez Tonon
5º 2 Júnior barladim

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly