Mundial de Motocross 2015 – 6ª etapa – Espanha

Por Mariah Morgado | Fotos por MXGP | 13 de maio de 2015 - 0:15

Diferente das areias traiçoeiras de Vallenswaard onde aconteceu a última etapa da temporada 2015 do Mundial de Motocross, o GP da Espanha em Talavera de la Reina apresentou uma superfície mais dura, mais elevação e temperaturas mais quentes na sexta etapa do campeonato.

Em mais uma etapa dramática e repleta de ação, incentivada por um público incontrolável, Antonio Cairoli estreou com uma 450cc e venceu seu primeiro GP da temporada. Enquanto isso na MX2, Valentin Guillod desbancou o favorito Jeffrey Herlings e deu um show de performance para subir no degrau mais alto do pódio pela primeira vez em sua carreira.

O Campeonato Mundial de Motocross 2015 terá um intervalo de duas semanas e retorna nos dias 23 e 24 de Maio com a sétima etapa em Matterley Basin para o GP da Grã Bretanha.

MX2start_MXGP_6_E_2015

Categoria MXGP

Foi uma vitória mais que merecida e bem emocionante para Antonio Cairoli. A última vez que o octacampeão Mundial de Motocross venceu um Grand Prix foi em Agosto do ano passado no GP da Bélgica. A vitória em Talavera de la Reina marcou a 73ª vitória de sua carreira e é uma que ele dedicou a seu pai, o falecido Benedetto Cairoli. “Meu pai esteve aqui no ano passado e depois disso eu não o vi mais, então eu dedico essa vitória para ele.”

Antonio Cairoli #222 estreou com vitória em uma 450cc.

Antonio Cairoli #222 estreou com vitória em uma 450cc.

Max Nagl somou mais um holeshot e mais uma vitória em seu saldo com sua performance na primeira bateria na qual ele atropelou todos para conquistar seu sexto prêmio do holeshot da temporada. Nagl disse depois de sua terceira posição na segunda bateria que lhe rendeu a segunda posição no geral que ele vacilou na largada e por isso ela não foi boa, e que depois ele teve dificuldades de encontrar os bons traçados, mas que ficou feliz com o resultado.

Max Nagl #12 se mantém na liderança.

Max Nagl #12 se mantém na liderança.

Sempre foi apenas uma questão de tempo para que Romain Febvre, o novato do ano, terminar no pódio. Agora com seis etapas na temporada, o francês conseguiu abrir sua primeira garrafa de espumante e comemorou como se tivesse vencido a corrida, ele e sua equipe não poderiam estar mais felizes com essa primeira conquista.

O 'Novato do Ano', Romain Febvre conquistou seu primeiro pódio na MXGP.

O ‘Novato do Ano’, Romain Febvre conquistou seu primeiro pódio na MXGP.

Um acidente estranho na segunda bateria atrapalhou Clement Desalle e o tirou do pódio pela primeira vez na temporada. Apesar da loucura de seu acidente. O belga conseguiu salvar a quinta posição na bateria e com sua segunda posição na primeira, ele ficou em quarto no geral.

Clement Desalle |#25

Clement Desalle |#25

Não foi um dia de trabalho fácil para Evgeny Bobryshev que teve que fazer uma corrida de recuperação nas duas baterias. Mesmo assim, o russo não é um desistente e ele mostrou isso quando avançou nas duas baterias para terminar na quarta e quinta posições, ficando em quinto no geral na Espanha.

Evgeny Bobryshev #777

Evgeny Bobryshev #777

Como seu colega de equipe, Gautier Paulin também teve duas largadas ruins. Na primeira bateria, o francês terminou em quinto, embora sua performance mais impressionante foi na segunda depois que ele caiu na primeira curva e conseguiu sair de último para terminar em sétimo.

Enquanto isso, o piloto da casa, José Butron terminou na 14ª posição.

Gautier Paulin

Gautier Paulin

Overall da MXGP em Talavera de la Reina

1. Antonio Cairoli

2. Max Nagl

3. Romain Febvre

4. Clement Desalle
5. Evgeny Bobryshev
6. Gautier Paulin
7. Tyla Rattray
8. Kevin Strijbos
9. Xavier Boog
10. Alessandro Lupíno

Classificação do campeonato da MXGP após 6 etapas

1. Max Nagl – 259 pontos

2. Clement Desalle – 247

3. Antonio Cairoli – 229

4. Gautier Paulin – 208
5. Romain Febvre – 196
6. Evgeny Bobryshev – 171
7. Ryan Villopoto – 124
8. Shaun Simpson – 114
9. Todd Waters – 104
10. Glenn Coldenhoff – 95 pontos

Classificação do campeonato de fabricantes na MXGP após 6 etapas

1. Husqvarna – 263 pontos

2. Suzuki – 247

3. KTM – 246
4. Honda – 213
5. Yamaha – 201
6. Kawasaki – 184
7. TM – 70 pontos

 

Pódio MXGP na Espanha

Pódio MXGP na Espanha

Categoria MX2

Valentin Guillod foi surreal durante o final de semana. O suíço estiloso já atraiu muita atenção com seus scrubs épicos, mas o que realmente atiçou as conversas foi sua velocidade. Sem perder seu estiloso divertido e engraçado, Guillod fez a corrida de sua vida para vencer a segunda bateria para conquistar sua primeira vitória de Grand Prix.

Valentin Guillod

Valentin Guillod

Mesmo perdendo, Jeffrey Herlins ainda é um herói. O bicampeão mundial MX2 demonstrou uma maturidade acima de sua idade na primeira bateria enquanto ele manteve sua compostura apesar da pressão de Max Anstie, e venceu a corrida. Mas, o mais extraordinário foi sua performance na segunda bateria depois de um acidente feio que deixou seu guidão completamente torto. Mesmo assim, o holandês voador lutou e conseguiu avançar da 21ª posição para a sétima e ficou em segundo no geral.

Jeffrey Herlings #84

Jeffrey Herlings #84

Jordi Tixier foi bem consistente com suas terceira e quarta posições, conquistando seu terceiro pódio consecutivo da temporada.

Jordi Tixier #1

Jordi Tixier #1

Depois de ficar colado na roda traseira de Herlings durante toda a primeira bateria, parecia ser a reviravolta nos resultados que Max Anstie procurava. Embora ele tenha tido uma performance impressionante na corrida, o britânico complicou a primeira vida ao largar fora dos dez primeiros colocados. Depois de fazer uma corrida de recuperação em um circuito extremamente desafiador, Anstie conseguiu terminar em oitavo lugar que lhe rendeu a quarta posição no geral do GP da Espanha.

Max Anstie

Max Anstie #99

Completando os cinco primeiros colocados, Tim Gajser se recuperou de seu resultado razoável na primeira bateria, consequência de um acidente, e cruzou a linha de chegada na segunda posição. Em sua estréia na MX2, seu colega de equipe, Jorge Zaragoza terminou em 20º.

Tim Gajser

Tim Gajser #243

Overall da MX2 em Talavera de la Reina

1. Valentin Guillod

2. Jeffrey Herlings

3. Jordi Tixier

4. Max Anstie
5. Tim Gajser
6. Aleksandr Tonkov
7. Pauls Jonass
8. Julien Lieber
9. Jeremy Seewer
10. Brian Bogers

Classificação do campeonato da MX2 após 6 etapas

1. Jeffrey Herlings – 261 pontos

2. Dylan Ferrandis – 205

3. Pauls Jonass – 177

4. Tim Gajser – 169
5. Valentin Guillod – 169
6. Aleksandr Tonkov – 162
7. Jordi Tixier – 153
8. Jeremy Seewer – 151
9. Julien Lieber- 149
10. Max Anstie – 121 pontos

Classificação do campeonato de fabricantes na MX2 após 6 etapas

1. KTM – 283 pontos2

2. Kawasaki – 249

3. Yamaha – 201

4. Honda – 189

5. Husqvarna – 165

6. Suzuki – 151 pontos

Pódio da MX2 na Espanha.

Pódio da MX2 na Espanha.

 Calendário do Mundial de Motocross 2015:

Sétima Etapa – 24 de Maio – Matterley Basin / Grã Bretanha
Oitava Etapa – 31 de Maio – Villars sous Ecot / França
Nona Etapa – 14 de Junho – Maggiora / Itália
Décima Etapa – 21 de Junho – Teutschenthal / Alemanha
Décima Primeira Etapa – 05 de Julho – Uddevalla / Suécia
Décima Segunda Etapa – 12 de Julho – Kegums / Letônia
Décima Terceira Etapa – 26 de Julho – Loket / República Tcheca
Décima Quarta Etapa – 02 de Agosto – Lommel / Bélgica
Décima Quinta Etapa – 16 de Agosto – Trindade / Brasil
Décima Sexta Etapa – 30 de Agosto – Assen / Holanda
Décima Sétima Etapa – 13 de Setembro – Leon / México
Décima Oitava Etapa – 20 de Setembro – Glen Helen / Estados Unidos

27 de Setembro – Motocross das Nações – Ernée / França

fonte: MXGP

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly