Casa cheia na abertura do BR de Motocross PRÓ e vitória de Duda Parise

Por Comunicação Ativa | Fotos por Thyago Lorentz | 16 de maio de 2015 - 19:58

A abertura do Brasileiro de Motocross começou a todo vapor. O dia foi de treinos livre e cronometrado para todas as categorias. Só os competidores da categoria MX3 (motos até 450cc, pilotos homens com idade a partir de 35 anos e mulheres a partir de 17 anos) disputaram prova neste sábado (16).

IMG_6887 menor menor

Os pilotos deram show para o público que lotou o motódromo Carlos Alberto Nunes (Cacko), no Horto Florestal, em Limeira (SP). A festa maior foi para o piloto da MX3, Duda Parise que venceu a disputa de ponta a ponta.

Quem fez o holishot da prova foi a piloto Mariana Balbi, mas acabou ultrapassada por Duda Parise, que segurou a posição.

“Eu treinei muito no Campeonato Gaúcho. Já foram quarto etapas do estadual e tudo que podia errar, errei por lá. Meu foco era o Brasileiro. Hoje fiz bons treinos que me deixaram confiante para a prova”, ressalta o campeão da prova, Duda Parise.

O competidor ainda elogiou a pista de 1.500 metros. “A pista está show. A areia que colocaram por cima ficou muito boa, sem poeira”, destaca Parise.

Duda Parise

Duda Parise

Com Duda Parise na ponta, a briga na prova ficou para as demais posições. Mariana Balbi que estava em segundo foi ultrapassada por Milton Becker, o Chumbinho, e depois por Marcos Cordeiro. No entanto no resultado final houve reviravolta. Chumbinho foi penalizado em 20 segundos por saltar em bandeira amarela, com isso Marcos Cordeiro assumiria a segunda posição, mas acabou sendo desclassificado por não deixar a moto no parque fechado, depois da disputa.

Por ser a única mulher no pódio da MX3, Mariana Balbi que ficou em terceira na etapa foi aclamada pelo público. “Este ano estou mais preparada para a MX3. Ano passado foi mais complicado porque tive que treinar com as duas motos, de 250cc e 450cc e este ano darei ênfase na 450cc, na MX3. Comecei bem a prova, mas a pista exigiu mais esforço físico e neste ponto os homens levam mais vantagem, mas consegui driblar um pouco com a técnica”, aponta Mariana.

Veja os 5 primeiros na disputa:

1º Douglas (Duda) Parise

2º Milton Becker

3º Mariana Balbi

4º André Stocovich

5º Richard Berois

Confira o resultado completo em: http://www.cbm.esp.br/sistema/resultados.php?etapa=1125&organizador=CBM&idModalidade=13

O Campeonato Brasileiro de Motocross Pró 2015 é organizado pela CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e tem o patrocínio da Honda, Yamaha, Levorin, Petrobras, Lubrax e IMS. A etapa conta com a realização da FPM (Federação Paulista de Motociclismo) e patrocínio da Prefeitura Municipal de Limeira, Governo de São Paulo, Carlton Plaza, Poty, Cevada Pura, Cavinatto, MRP, NET, Coséas, Tarsila do Amaral, Universidade Metodista, Revista Moto Adventure, Silva Festas e R Ferreira.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly