Português leva a melhor na abertura do Brasileiro de Motocross PRÓ

Por Comunicação Ativa | Fotos por Thyago Lorentz | 17 de maio de 2015 - 21:28

Gates cheios e motódromo lotado de expectadores. Assim foi a 1ª Etapa do Brasileiro de Motocross PRÓ. Com a área de box liberada para o público, muitos puderam conhecer os pilotos de perto e vivenciar mais a realidade de cada um.  A festa em Limeira-SP foi grande. Cerca de 35 mil pessoas prestigiaram as provas no fim de semana.

O ano já começou bem para um dos estreantes na principal categoria, a MX1 (450cc). O português Paulo Alberto ficou no lugar mais alto do pódio. O piloto acabou de subir da MX2 (250cc). “Eu estou bastante feliz com o resultado, mas tem muito Campeonato ainda. Espero ter um bom resultado nas próximas também”, aponta Paulo.

Paulo Alberto vence a etapa

Paulo Alberto vence a etapa.

O português largou na frente na primeira bateria e segurou a posição até o final. Já na segunda bateria acabou se chocando com o equatoriano Jetro Salazar, e fez uma prova de recuperação. Aos poucos foi conseguindo boas colocações e faltando um pouco mais de um minuto para o fim da disputa assumiu a segunda posição até passar pelo arco de chegada.

Jean Ramos, Paulo Alberto e Carlos Campano no pódio da MX1.

Jean Ramos, Paulo Alberto e Carlos Campano no pódio da MX1.

O atual campeão da MX1, o espanhol Carlos Campano, ficou em segundo no resultado final. O piloto ficou em terceiro na primeira bateria e em primeiro na segunda. “Começar ganhando é muito bom, mas fiquei em segundo e estou feliz também. Na segunda bateria eu larguei melhor e segurei a posição, mantendo o ritmo para não cometer nenhum erro”, destaca Campano.

O equatoriano Miguel Cordovez até fez uma boa largada e saiu na frente, mas acabou perdendo posições e terminou em décimo primeiro.  Aos quatro minutos de prova Campano já era o líder da bateria.

1ª bateria

1º Paulo Alberto

2º Jetro Salazar

3º Carlos Campano

4º Jean ramos

5º Miguel Cordovez

2ª bateria

1º Carlos Campano

2º Paulo Alberto

3º Jean Ramos

4º Adam Chatfield

5º Welington Garcia

Resultado (soma das baterias)

1º Paulo Aberto

2º Carlos Campano

3º Jean Ramos

4º Jetro Salazar

5º Adam Chatfield

Pódio da MX2

Pódio da MX2

Na categoria MX2 o grande campeão foi Gustavo Pessoa. O piloto, que é de São Paulo, ficou em segundo na primeira bateria e primeiro na segunda. As duas baterias foram bem disputadas. Gustavo foi ganhando posições ao longo da disputa. Muito emocionado, o piloto agradeceu a família e chorou ao receber o troféu. “Todo mundo se dedica muito, e eu não sou diferente. Sempre sonhei com essa vitória, e esse sonho se tornou realidade. A pista é bem técnica e divertida. Gostei bastante da prova”, ressalta o campeão da MX2.

O atual campeão da categoria, Hector Assunção teve problema na largada da primeira bateria, mas acabou recuperando e terminou em terceiro. Já na segunda bateria Hector estava em segundo quando teve problemas com a moto e finalizou em sexto.

1ª bateria

1º Dudu Lima

2º Gustavo Pessoa

3º Hector Assunção

4º Rodrigo Lama

5º Endrews Armstrong

2 ª bateria

1º Gustavo Pessoa

2º Dudu Lima

3º Pepê Bueno

4º Caio Lopes

5º João Pedro Pinho

Resultado (soma das baterias)

1º Gustavo Pessoa

2º Dudu Lima

3º Hector Assunção

4º Pepê Bueno

5º João Pedro Pinho

Leonardo Almeida

Leonardo Almeida

Na primeira prova disputada neste domingo, a Junior, Leonardo Almeida ficou com o primeiro lugar. O piloto largou na frente e administrou a prova até o fim. A briga ficou entre as demais posições. Leonardo Cassarotti assumiu a segunda colocação aos 11 minutos de prova, ao ultrapassar Renato Costa, na curva antes do arco de chegada, mas no momento da ultrapassagem Renato acabou se chocando com Leonardo, que foi para fora da pista. Renato foi penalizado em 20 segundos por atitude antidesportiva.

Resultado da prova

1º Leonardo Almeida

2º Tallys Nathan

3º Renato Costa

4º Joseildo Ferreira

5º Thiago Brenner

Pódio da MX Júnior

Pódio da MX Júnior

O Campeonato Brasileiro de Motocross Pró 2015 é organizado pela CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e tem o patrocínio da Honda, Yamaha, Levorin, Petrobras, Lubrax e IMS. A etapa conta com a realização da FPM (Federação Paulista de Motociclismo) e patrocínio da Prefeitura Municipal de Limeira, Governo de São Paulo, Carlton Plaza, Poty, Cevada Pura, Cavinatto, MRP, NET, Coséas, Tarsila do Amaral, Universidade Metodista, Revista Moto Adventure, Silva Festas e R Ferreira.

A próxima etapa do Brasileiro de Motocross PRÓ será nos dias 13 e 14 de junho, em Paty do Alferes-RJ.

Veja o resultado completo em: http://www.cbm.esp.br/sistema/resultados.php?etapa=1125&organizador=CBM&idModalidade=13

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly