Irmãos Basso e Fernando Sanches dominaram a segunda etapa do Gaúcho de Velocross

Por André Charão | Fotos por André Charão | 18 de maio de 2015 - 19:43

Os irmãos Mateus e Lucas Basso voltaram a fazer a dobradinha da família nas principais categorias da competição em etapa que colocou o município de Nicolau Vergueiro no cenário do velocross gaúcho. Fernando Sanches saiu da etapa com duas vitórias maiúsculas.

Os municípios de Nicolau Vergueiro e Ibirapuitá viveram pela primeira vez, neste último final de semana, as emoções do mais importante campeonato de velocross do Estado, o Rinaldi Gáucho de Velocross.

IMG_5343

Largada da VX4

Repetindo o sucesso do número de participantes da etapa de abertura, a Pista Graepin recebeu um grande número de pilotos vindos do Rio Grande do Sul e também de Santa Catarina. A qualidade e nível técnico dos pilotos foi novamente a tônica do campeonato. As categorias nacionais largaram com gate cheio, fazendo de cada disputa um show para o público que compareceu em grande número.

Com um traçado médio e com dois pontos muito rápidos, os tempos nas principais categorias giraram abaixo dos cinqüenta segundos. Mateus Basso (Gentil) gravou o seu nome como o dono da volta mais rápida da pista ao cravar 0:46.229 na disputa da categoria VX2.

“Temos que parabenizar muito a família Graepin e também aos municípios de Nicolau Vergueiro e Ibirapuitã que em conjunto proporcionaram a realização da etapa. Tivemos todo o suporte necessário para que o evento fosse um sucesso.” – comentou o presidente da FGM, Paulo Della Flora.

Confira o que rolou na pista:

Intermediária VX2
Diovane Anselmi (S. Lourenço do Sul) venceu de ponta a ponta a disputadíssima categoria Intermediária VX2. Willian Mioto (Tapejara) foi o segundo colocado e tentou de toda a forma superar Diovane, no entanto, no final da prova teve que se defender das investidas de Maurício Miorando (Água Santa). Fabrício Rosso (Rio Grande) foi o quarto colocado e Charles de Lima (Erechim) fechou o pódio na quarta colocação.

Diovane

Diovane Anselmi largou na frente e venceu a Intermediária VX2.

VX4
Com uma excelente largada, Fernando Sanches (Santa Maria), assumiu a liderança da prova para vencer de ponta a ponta. Júlio Balzan (Tupanciretã), Maiara Basso (Mato Castelhano), Lauthério Brauch (S. Lourenço do Sul) e Cézar Silva (Pelotas) formaram, repectivamento, o pelotão da zona de pódio. Cézar Silva forçou o ritmo e levou a  melhor sobre os concorrentes e fechou a prova na segunda colocação, Lauthério foi o segundo, Maiara a quarta e Balzan o quinto.

Fernando Sanches

Fernando Sanches liderou a VX4 de ponta a ponta.

50cc
A categoria 50cc, dividida em duas categorias A e B, alinhou no gate com uma grande participação de pilotos, o que deixou a prova ainda mais interessante ao ver a grande quantidade de pais correndo de um lado para o outro do lado de fora da pista. Felipe Abreu (Pelotas) largou na frente, mas teve a prova comprometida ao dividir a curva com um retardatário, os dois se chocaram e caíram, mesmo voltando na frente Felipe viu Santiago Leiria (Frederico Westphalem), que não fez uma boa largada, assumir a ponta e vencer a geral. A disputa da categoria A teve um grande pega entre Matheus Melo (Dom Pedrito) e Gabriel Bilhar (Guaporé), Matheus largou mal e conseguiu recuperar rapidamente, Bilhar não teve um bom começo de prova mas aos poucos ganhou ritmo e colou em Matheus, na penúltima volta os dois se chocaram ao dividir a curva junto com um retardatário e caíram. Bilhar conseguiu se levantar primeiro e venceu a categoria A, Matheus foi o segundo.

Santiago

Santiago Leiria fez uma corrida de recuperação e venceu a 50cc A.

Gabriel Bilhar

Em uma corrida de recuperação, Gabriel Bilhar caiu na penúltima volta e ainda venceu a 50cc B.

230cc Original
Gate lotado na disputa da categoria 230cc Original. Na largada Gustavo de Freitas (Barros Cassal) assumiu a ponta da prova e deixou para trás a disputa das outras quatro posições da zona de pódio. A prova foi recheada de ultrapassagens sensacionais, todos queriam um “lugar ao sol”. Douglas Carvalho (Vera Cruz) e Antônio Carlos Paula (Lajeado) assumiram o segundo e terceiro lugar respectivamente nas primeiras voltas, Leonardo Azambuja (Santa Maria) e Bruno Braga (Santa Maria) completaram o pódio de muitas disputas e ultrapassagens.

Gustavo de Freitas

Gustavo de Freitas largou na frente e deixou todos para trás pra vencer a 230cc Original.

VX4 Nacional
Com uma excelente largada Norton Souza (Pelotas) assumiu a ponta da prova. Poucos metros depois quase foi ao chão na metade de uma reta. Com o susto o piloto perdeu a concentração, com isso, Elder Pirolli (Tapejara) aproveitou para forçar o ritmo e assumir a liderança da prova para vencer a prova. Sandro Meirelles (Caçapava do Sul) que acompanhava o ritmo dos líderes sofreu uma queda espetacular no mesmo ponto em que Norton quase caiu e abandonou a prova. Everton Roesler (Saldanha Marinho), Hernani Bresolin (Piratini) e Priscila Rodrigues (Santa Maria) completaram o pódio.

Elder

Elder Pirolli assumiu a liderança da prova para vencer a VX4 Nacional.

VX3
Fernando Sanches (Santa Maria) conquistou a segunda vitória do domingo na categoria VX3, mas para isso teve que superar Maiara Basso (Mato Castelhano) e Rodrigo Volcan (Pelotas) que largaram na frente. Na segunda curva Volcan deixou a moto apagar e ficou na última posição deixando o caminho livre para os concorrentes. Em menos de uma volta Sanches já era o líder e deixou a disputa da segunda posição entre Maiara e Cleomenes Gomes (Camaquã). A briga entre os dois foi intensa, assim como a recuperação de Volcan que tentou várias vezes a ultrapassagem em cima do quarto colocado Lauthério Brauch (S. Lourenço do Sul). No final vitória de Fernando, com Cleomenes em segundo, Maiara em terceiro, Volcan em quarto e Lautherio em quinto.

Maiara, Sanches e Volcan foram protagonistas de uma das disputas mais bonitas do dia.

Maiara, Sanches e Volcan foram protagonistas de uma das disputas mais bonitas do dia.

65cc
O domingo foi de muita alegria para João Pedro Roncato (Nova Prata), depois de uma longa espera, enfim, a tão sonhada vitória aconteceu, e o melhor, de ponta a ponta. Roncato largou na frente, logo atrás Mikael Teixeira (Capão do Leão) tentava de todas as formas assumir a ponta para fazer a sua segunda vitória no campeonato. Mas não teve jeito, com um ritmo muito forte Roncato conquistou a vitória. Santiago Leiria (Frederico Westphalem) foi o terceiro, Felipe Gonçalves (Pelotas) o quarto e Léo Conte (Fagundes Varela) o quinto.

João Pedro Roncato

Dominando a 65cc, João Pedro Roncato conquistou a tão sonhada vitória.

VX3 Nacional
Luciano De Conto (Passo Fundo) venceu a categoria VX3 Nacional de ponta a ponta. Mas mesmo de ponta a ponta, a vitória foi suada, isso porque Márcio Alarcon (Montenegro) foi a sombra do líder de prova até o final, Jocemar Magni (Estrela) também rondou os líderes, mas ficou para trás depois que a suspensão dianteira de sua motocicleta quebrou. Norton Souza foi o terceiro colocado, Ademir Tempass (Lajeado) foi o quarto e Claiton Portela (Passo Fundo) o quinto.

Luciano De Conto

Luciano De Conto dominou a VX3 Nacional com uma vitória apertada.

VX2
Mais uma vez a disputa da categoria VX2 roubou as atenções, foi de tirar o fôlego. Os protagonistas da prova espetacular foram os irmãos Lucas e Mateus Basso (Gentil) e Jordan Martini (Santa Maria). Na largada Mateus assumiu a ponta, na segunda curva Lucas fez a ultrapassagem e assumiu a liderança da prova. Jordan largou em quarto e depois de duas voltas assumiu o terceiro lugar, à partir daí começou a caçada aos líderes. Depois de tanto tentar Jordan conseguiu a ultrapassagem em cima de Mateus no final da reta de chegada, em mais algumas voltas diminuiu e muito a vantagem do líder, quando estava para tentar a ultrapassagem em cima de Lucas Jordan deixou a moto apagar na entrada de curva e caiu para terceiro. No final vitória de Lucas e segundo lugar para Mateus, os irmão voltaram a fazer uma dobradinha na VX2 depois de um bom tempo. Jordan foi o terceiro, Eloi Jr. (Santa Maria), foi quarto e Mauricio Miorando (Água Santa) o quinto.

Lucas Basso

Lucas Basso deu um show de pilotagem e venceu a VX2.

VXF
Maiara Basso (Mato Castelhano) dominou a disputa da categoria VXF. Com uma largada perfeita a Gringa assumiu a ponta da prova e venceu de ponta a ponta. Kamila Rocha (Chui) largou em segundo e durante algumas voltas manteve o ritmo da líder, depois seguiu firme e forte para terminar a prova na segunda colocação. Priscila Rodrigues (Santa Maria) foi a terceira colocada, Mariana Daltoé (Gravataí) fechou a prova na quinta colocação e Maria Eduarda Dorneles (Caçapava do Sul) foi a quinta colocada.

Maiara Basso vence e lidera o campeonato.

Maiara Basso venceu mais uma e lidera o campeonato na VXF.

230cc Pró
Com trinta motos alinhadas no gate a disputa da categoria 230cc Pró foi um teste para cardíacos. Na largada Douglas Carvalho (Vera Cruz), Robson Lenz (Arroio do Meio) e Eduardo Leobet (Piratuba/SC) assumiram as três primeiras posições respctivamente. Com um ritmo de prova intenso os três primeiros colocados roubaram a atenção. Tudo poderia acontecer na disputa da liderança. Joel da Costa (Ciriaco), atual campeão da categoria, largou na quinta colocação e perdeu muito tempo até chegar ao quarto lugar, com isso os lideres abriram uma boa vantagem. Douglas Carvalho manteve a concentração e venceu a prova, que terminou com bandeira vermelha, de ponta a ponta. Lenz foi o segundo, Leobet o terceiro, Joel o quarto e Emerson da Silva (Gramado Xavier) o quinto.

Douglas Carvalho

Douglas Carvalho fez uma prova emocionante e venceu a 230cc Pró.

Intermediária VX1
Uma largada em família, assim foi o começo da categoria Intermediária VX1, Luis Henrique Zottis e Guilherme Zottis (Passo Fundo) assumiram as duas primeiras posições da provas assim que o gate caiu. Antônio Edu Brazaca (Vila Langaro),  Franck Trojhan (Santa Maria) e Willina Mioto (Tapejara) formaram o primeiro pelotão. Henrique abriu uma boa vantagem na ponta, Brazaca forçou o ritmo até assumir a segunda colocação, Eloi Jr. (Santa Maria), que não fez uma boa largada e saiu na última colocação, teve uma recuperação excelente, com um forte ritmo assumiu a terceira colocação na segunda metade da prova. Quando tudo parecia definido a ultima volta ganhou emoção quando Brazaca forçou o ritmo e colou no líder, Zottis conseguiu se denfender e venceu a prova por meia moto de vantagem sobre Brazaca, segundo colocado. Eloi Jr foi o teceiro, Mioto o quarto e Maurício Miorando o quinto.

Zottis

Luis Henrique Zottis venceu a Intermediária VX1

Nacional Força Livre
Felipe Deloss (Lajeado) voltou a vencer a categoria depois de ficar de fora do pódio na etapa de abertura, algo que há muito tempo não acontecia na trajetória do piloto. Deloss construiu a vitória na largada. Assim que o gate caiu o piloto assumiu a ponta, nas primeiras voltas Joel da Costa (Ciriaco) cravou a melhor volta da prova e foi a sombra do líder. No entanto, Deloss manteve um ritmo forte durante toda a prova e venceu de ponta a ponta. Eduardo Leobet (Piratuba/SC) foi o terceiro colocado, Márcio Alarcon (Montenegro) o quarto e Charles de Lima (Erechim) o quinto colocado.

Felipe Deloss

Felipe Deloss voltou a subir no pódio da Nacional Força Livre.

Júnior
Felippe Menuzzi (Dom Pedrito) venceu pela segunda vez no campeonato de ponta a ponta. Com uma largada perfeita e com um ritmo muito forte o piloto faturou a categoria Júnior e aumentou a vantagem na liderança da categoria no campeonato. Milkael Teixeira (Capão do Leão) foi o segundo, João Marcelo Dellinghauden (Formigueiro) foi o terceiro, Gabriel Costa (Dom Pedrito) o quarto colcado e Pedro Marchezan (São Borja) o quinto.

Menuzzi

Felippe Menuzzi permanece invicto na Júnior

VX Pró
A categoria VX Pró encerrou a programação da segunda etapa do campeonato com mais uma dobradinha dos irmãos Basso. Desta vez a vitória foi de Mateus. Na largada Antônio Edu Brazaca (Vila Langaro) saiu na frente com Mateus e Lucas Basso colados logo atrás. Nas primeiras voltas Mateus e Lucas ultrapassaram o líder de prova. Jordan Martini (Santa Maria) novamente não fez uma boa largada e teve que recuperar, após perder um bom tempo para superar os adversários chegou a terceira colocação, mesmo voando baixo e fazendo a volta mais rápida conseguiu chegar bem próximo dos líderes mas não o suficiente para tentar ultrapassagem. Mateus e Lucas abriram uma boa vantagem e administraram muito bem a vitória.

Mateus Basso

Em uma prova emocionante, Mateus Basso venceu a VX1 Pró.

Resultados da segunda etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross em Nicolau Vergueiro:

Intermediária VX2
1º – Diovane Anselmi (S. Lourenço do Sul)
2º – Willian Mioto (Tapejara)
3º – Maurício Miorando (Água Santa)
4º – Fabrício Rosso (Rio Grande)
5º – Charles de Lima (Erechim)

VX4
1º – Fernando Sanches (Santa Maria)
2º – Cézar Silva (Pelotas)
3º – Lauthério Brauch (S. Lourenço do Sul)
4º – Maiara Basso (Mato Catelhano)
5º – Júlio Balzan (Tupanciretã)

50cc A
1º – Gabriel Bilhar (Gauporé)
2º – Matheus Melo (Dom Pedrito)
3º – Matheus Kappel (Marau)
4º – Pietro Pirolli (Tapejara)
5º – Victor Weizenmann (Arroio do Meio)

50cc B
1º – Santiago Leiria (Frederico Westphalem)
2º – Felipe Gonçalves (Pelotas)
3º – Roberty Godinho (Nova Prata)
4º – Wagner Gandini (Passo Fundo)
5º – Gustavo Maldaner (Igrejinha)

230cc Original
1º – Gustavo de Freitas (Barros Cassal)
2º – Douglas Carvalho (Vera Cruz)
3º – Antônio Carlos Paula (Lajeado)
4º – Leonardo Aambuja (Santa Maria)
5º – Bruno Braga (Santa Maria)

VX4 Nacional
1º – Elder Pirolli (Tapejara)
2º – Norton Souza (Pelotas)
3º – Everton Roessler (Saldanha Marinho)
4º – Hernani Bresolin (Piratini)
5º – Priscila Rodrigues (Santa Maria)

VX3
1º – Fernando Sanches (Santa Maria)
2º – Cleomenes Gomes (Camaquã)
3º – Maiara Basso (Mato Catelhano)
4º – Rodrigo Volcan (Pelotas)
5º – Lauthério Brauch (S. Lourenço do Sul)

1º – João Pedro Roncato (Nova Prata)
2º – Mickael Teixeira (Capão do Leão)
3º – Santiago Leiria (Frederico Westphalem)
4º – Felipe Gonçalves (Pelotas)
5º – Léo Conte (Fagundes Varela)

VX3 Nacional
1º – Luciano De Conto (Passo Fundo)
2º – Márcio Alarcon (Montenegro)
3º – Norton Souza (Pelotas)
4º – Ademir Tem-Pass (Lajeado)
5º – Claiton Portela (Passo Fundo)

VX2
1º – Lucas Basso (Gentil)
2º – Mateus Basso (Gentil)
3º – Jordan Martini (Santa Maria)
4º – Eloi Cavalheiro Jr. (Santa Maria)
5º – Maurício Miorando (Água Santa)

VXF
1º – Maiara Basso (Mato Catelhano)
2º – Kamila Rocha (Chui)
3º – Priscila Rodrigues (Santa Maria)
4º – Mariana Daltoé (Gravatai)
5º – Maria Eduarda Dorneles (Caçapava do Sul)

230cc Pró
1º – Douglas Carvalho (Vera Cruz)
2º – Robson Lenz (Arroio do Meio)
3º – Eduardo Leobet (Piratuba/SC)
4º – Joel da Costa (Ciriaco)
5º – Emerson da Silva (Gramado Xavier)

Intermediária VX1
1º – Luis Henrique Zottis (Passo Fundo)
2º – Antônio Edu Brazaca (Vila Langaro)
3º – Eloi Cavalheiro Jr. (Santa Maria)
4º – Willian Mioto (Tapejara)
5º – Maurício Miorando (Água Santa)

Nacional Força Livre
1º – Felipe Deloss (Lajeado)
2º – Joel da Costa (Ciriaco)
3º – Eduardo Leobet (Piratuba/SC)
4º – Márcio Alarcon (Montenegro)
5º – Charles de Lima (Erechim)

Júnior
1º – Felippe Menuzzi (Dom Pedrito)
2º – Mickael Teixeira (Capão do Leão)
3º – João Marcelo Dellinghausenn (Formigueiro)
4º – Gabriel Costa (Dom Pedrito)
5º – Pedro Marchezan (São Borja)

VX Pró
1º – Mateus Basso (Gentil)
2º – Lucas Basso (Gentil)
3º – Jordan Martini (Santa Maria)
4º – Luis Henrique Zottis (Passo Fundo)
5º – Rodrigo Volcan (Pelotas)

O campeonato está apenas na segunda etapa e muitas emoções ainda estão por vir. O próximo encontro dos pilotos com a competição será na espetacular pista da cidade de Cacequi, nos dias 30 e 31 de maio, onde acontecerá também a terceira etapa do Brasileiro de Velocross.

O campeonato Gaúcho de Velocross 2015 tem o patrocínio máster da RINALDI, IMS e apoio da MCR, Racing, Farover, Mormaii Knee Breace, Artemoto, Works Suspensões, M3 Parts Racing, Líder MX, Moto Style, CTLS – Centro de Treinamento Leandro Silva, Rádio Cross, MundoCross e Jornal O Podium.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly