Mundial de Motocross 2015 – 7ª etapa – Grã Bretanha

Por Mariah Morgado | Fotos por MXGP | 27 de maio de 2015 - 12:00

A cada etapa que se passa do Mundial de Motocross fica mais difícil de se apostar sobre quem serão os campeões da temporada 2015. E o GP da Grã Bretanha, que aconteceu no último final de semana em Matterley Basin, foi o epítome perfeito disso. A pista cheia de canaletas e macia típica de Matterley Basins estava mais dura, mais rápida e mais escorregadia do que nos anos anteriores, sendo o cenário perfeito para o desempenho de Antonio Cairoli e Valentin Guillod que venceram pela segunda vez consecutiva neste ano.

Pit1_MXGP_7_GB_2015

Categoria MXGP

Vencer em Mattery Basin no final de semana significou que Antonio Cairoli se tornou o piloto do mundiaç melhor sucedido em solo britânico. Oito vezes campeão mundial, Cairoli agora venceu seis Grand Prix britânicos, ficando na frente das lendas belgas, Stefan Everts e Joel Robert, que venceram cinco vezes. Muito contente com a vitória e conquista, TC222 afirmou que a Inglaterra é palco de muitas boas lembranças de sua carreira e não deixou de elogiar os rivais e suas performances.

Como o piloto mais consistente no campeonato, com sete de seis resultados de pódio possíveis, foi por  mais uma perda frustrante para Clement Desalle, que por pouco não venceu o GP. O belga fez uma dobradinha na segunda posição e mais uma vez levou o troféu de segundo colocado. Frustrado e ansioso, Desalle voltou a falar que quer vencer e voltar a sentir o gostinho de subir no degrau mais alto do pódio novamente, e fez uma autocrítica sobre suas escolhas de traçados.

Talvez o rosto mais alegre no paddock em Matterley Basin tenha sido do Novato do Ano, Romain Febvre, que conquistou sua primeira vitória de bateria e seu segundo pódio consecutivo. Todos sabiam que seria apenas uma questão de tempo para que o piloto da Yamaha Factory Racing Yamalube começar a subir no pódio e no domingo, ele mostrou que havia ninguém que merecesse mais a vitória da segunda bateria. “Estou realmente feliz em vencer. Mesmo quando venci. Eu estava pensando que não iria para o podio. Então quando eu sai da pista, fiquei realmente surpreso e provavelmente foi a melhor sensação de todas.”

Romain Fevbre

Romain Fevbre #251

Quem mais uma vez mostrou uma velocidade impressionante foi Evgeny Bobryshev. O russo claramente está voltando a sua ascensão e provou isso com suas voltas rápidas durante o final de semana. Apesar de não ter tido as melhores largadas, o piloto da HRC ainda conseguiu fazer duas ótimas baterias para conquistar a quarta posição no geral.

Não foi o melhor final de semana para Max Nagl; O além]ao parecia ter dificuldades para encontrar seu ritmo na superfície escorregadia e traiçoeira de Matterley Bassin e apesar de duas boas largadas, o líder do campeonato fez o seu melhor para pontuar o máximo possível e conseguiu a quinta posição no geral.

O público britânico animou a etapa torcendo para o piloto da casa, Shaun Simpson que fez o holeshot e liderou a corrida por uma boa parte da segunda bateria. As pessoas contornavam a cerca e mostraram apoio incondicional para o britânico que conquistou a sexta posição no GP em seu quintal de casa.

Shaun Simpson #

Shaun Simpson #24

Overall da MXGP em Matterley Basin

1- Antonio Cairoli

2- Clement Desalle

3- Romain Febvre

4- Evgeny Bobryshev

5- Max Nagl

6-Shaun Simpson

7- Gautier Paulin

8- Ken de Dycker

9- Jeremy Van Horebeek

10- Tyla Rattray

Classificação do campeonato da MXGP após 7 etapas

1- Max Nagl – 295 pontos

2- Clement Desalle – 291

3- Antonio Cairoli – 274

4- Gautier Paulin – 237

5- Romain Febvre – 235

6- Evgeny Bobryshev – 207

7- Shaun Simpson – 145

8- Ryan Villopoto – 124

9- Todd Waters – 121

10- Tyla Rattray – 118 pontos

Classificação do campeonato de fabricantes na MXGP após 7 etapas

1. Husqvarna – 299 pontos

2. KTM – 291

3. Suzuki – 291

4. Honda – 249
5. Yamaha – 240
6. Kawasaki – 207
7. TM – 70 pontos

Pódio MXGP em Matterley Basin

Pódio MXGP em Matterley Basin

Categoria MX2

Pelo segundo final de semana consecutivo, Valentin Guillod teve uma performance extremamente impressionante para conquistar sua segunda vitória de GP. O suíço humilde e alegre não poupou sorrisos e contou que ele e a equipe se divertiram muito em Matterley Basin, agradeceu e elogiou o público e elogiou o trabalho da equipe. A próxima etapa que acontece neste final de semana na França, é fronteira com a Suíça e Guillod considera o GP de seu quintal de casa. “Os fãs aqui são demais. Ok, eles não estavam torcendo por mim, estavam torcendo pelo Anstie. Mas mesmo assim foi incrível. Eu espero que no próximo final de semana, todos os fãs suíços levem suas bandeiras e torçam muito por mim.”

Valentin Guillod #

Valentin Guillod #92

Não é muito comum ver Jeffrey Herlings na segunda posição do pódio, mas isso tem se tornado mais frequente esses dias. O Holandês Voador teve uma performance ótima, mas confessou que não treinou direito no intervalo entre Talavera de la Reina e Matterley Basin pois ainda sente dores de seu acidente na etapa passada e por isso estava se sentindo meio travado. “Não é legal ser derrotado, mas ele (Guillod) foi melhor hoje e eu só quero vencer de novo.”

Jordi Tixier está rapidamente se tornando uma presença fixa no pódio da categoria MX2, com seu quarto pódio consecutivo na temporada. O francês admitiu que ficou um pouco desapontado no domingo porque ele se sentiu ótimo dentro da pista no sábado, mas ele continua confiante que ainda pode melhorar conforme o desenrolar da temporada.

Jordi Tixier #1

Jordi Tixier #1

Enquanto isso, Pauls Jonass está se estabelecendo como um mestre das largadas. O jovem letão está sempre na ponta do grupo na primeira curva o que já é o primeiro desafio para alguém tão jovem quanto ele. Foi outra performance que rendeu a quarta posição no geral para Jonass.

Instigado maciçamente pelo incrível público britânico, Max Anstie eletrizou a atmosfera no GP da Grã Bretanha com sua quase vitória na primeira bateria. Infelizmente, uma largada ruim na segunda prejudicou o que poderia ter sido um resultado melhor, mesmo assim, um resultado entre os cinco primeiros colocados dentro de casa não é nada mal.

Max Anstie #99

Max Anstie #99

Overall da MX2 em Matterley Basin

1- Valentin Guillod

2- Jeffrey Herlings

3- Jordi Tixier

4- Pauls Jonass

5- Max Anstie

6- Jeremy Seewer

7- Aleksandr Tonkov

8- Benoit Paturel

9- Thomas Covington

10- Petar Petrov

Classificação do campeonato da MX2 após 7 etapas

1- Jeffrey Herlings – 308 pontos

2- Valentin Guillod – 216

3- Pauls Jonass – 213

4- Dylan Ferrandis – 205

5- Aleksandr Tonkov – 189

6- Jordi Tixier – 189

7- Jeremy Seewer – 182

8- Tim Gajser – 169

9- Julien Lieber – 167

10- Max Anstie – 158 pontos

Classificação do campeonato de fabricantes na MX2 após 7 etapas

1. KTM – 330 pontos

2. Kawasaki – 289

3. Yamaha – 248

4. Honda – 202

5. Husqvarna – 192

6. Suzuki – 182 pontos

Pódio MX2 em Matterley Basin

Pódio MX2 em Matterley Basin

Calendário do Mundial de Motocross 2015:

Oitava Etapa – 31 de Maio – Villars sous Ecot / França
Nona Etapa – 14 de Junho – Maggiora / Itália
Décima Etapa – 21 de Junho – Teutschenthal / Alemanha
Décima Primeira Etapa – 05 de Julho – Uddevalla / Suécia
Décima Segunda Etapa – 12 de Julho – Kegums / Letônia
Décima Terceira Etapa – 26 de Julho – Loket / República Tcheca
Décima Quarta Etapa – 02 de Agosto – Lommel / Bélgica
Décima Quinta Etapa – 16 de Agosto – Trindade / Brasil
Décima Sexta Etapa – 30 de Agosto – Assen / Holanda
Décima Sétima Etapa – 13 de Setembro – Leon / México
Décima Oitava Etapa – 20 de Setembro – Glen Helen / Estados Unidos

27 de Setembro – Motocross das Nações – Ernée / França

fonte: MXGP

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly