AMA Motocross 2015 – 5ª etapa – High Point

Por Mariah Morgado | Fotos por GuyB | 16 de junho de 2015 - 14:11

Uma caixinha de surpresa. Essa expressão pode definir o AMA Motocross, ou talvez não seja tanta surpresa assim. A quinta etapa da temporada 2015 do campeonato trouxe novidades e mudou mais uma vez a configuração da classificação foi alterada quando dois ex campeões mundiais e ex companheiros de equipe quebraram o regime de dominância de Ryan Dungey e Jeremy Martin. Na categoria principal, Ken Roczen venceu desde sua lesão na coluna e se aproximou na pontuação da classificação. Enquanto Isso, Marvin Musquin tirou o plate vermelho da categoria 250MX das mãos de Jeremy Martin.

s1200_061415hpblast011

Largada da primeira bateria das 450cc.

Moto 1 da categoria 450MX

Essa bateria impressionou a todos e foi considerada pelos experts a melhor de Ryan Dungey como um professional. David Vuillemin tweetou que “Dungey pilotando como Bubba é seu dia A… (algo que nunca pensei que escreveria) Impressionante. Supreendente. Maravilhoso de assistir.” Realmente quem assistiu pode dizer que foi supreendente.

Dungey #5 foi espetacular na primeira bateria.

Dungey #5 foi espetacular na primeira bateria.

Dungey deu uma aula na primeira bateria, rapidamente saindo de sexto na largada para assumir a liderança logo no início. Ele, que tipicamente é muito mais paciente, não perdeu tempo em ultrapassar os líderes, Christophe Pourcel e Justin Barcia. Quando Ken Roczen tinha passado Pourcel pela segunda posição, o líder do campeonato já tinha uma vantagem de 10,2 segundos na frente. Uma liderança incontestável. Justin Barcia disputou o holeshot com Pourcel e segurou a segunda posição no começo da corrida antes de errar um triplo de uma descida e cair, terminando a prova na quinta posição.

Pourcel e Barcia brigando pelo holeshot da primeira bateria.

Pourcel e Barcia brigando pelo holeshot da primeira bateria.

Pourcel, ex-vencedor da categoria 250MX em High Point e o piloto mais rápido na classificatória do dia, foi bem agressivo no começo com Barcia antes de perder a posição para Dungey e Roczen. Ele encontrou seu ritmo no final da corrida e ficou com apenas alguns segundos atrás de Roczen, mas não chegou a colocar pressão. Ele assegurou a terceira posição, conquistando seu primeiro pódio na categoria principal.

Pourcel  sendo perseguido por Roczen.

Pourcel sendo perseguido por Roczen.

Jason Anderson, Justin Barcia, Broc Tickle, Cole Seely, Fredrik Noren, Justin Brayton e Wil Hahn completaram os dez primeiros colocados.

Resultados da Moto 1 da 450MX em High Point

1- Ryan Dungey

2- Ken Roczen

3- Christophe Pourcel

4- Jason Anderson

5- Justin Barcia

6- Broc Tickle

7- Cole Seely

8- Fredrik Noren

9- Justin Brayton

10- Wil Hahn

Moto 2 da categoria 450MX

Ryan Dungey não perdeu a liderança de vista, mas também não chegou perto. A diferença não chegou atingir mais do que três segundos na última volta, mas o controle também não foi perdido. Ken Roczen manteve sua distância, em alguns momentos marcando tempos de voltas insanos, nunca deixando o ex companheiro de equipe lançar um ataque durante a segunda bateria das 450cc, para vencer com segurança pela primeira vez na temporada. Dungey terminou em segundo no geral, empatando na pontuação do geral da etapa, levando a decisão para o critério de desempate (quem teve o melhor resultado na segunda bateria, venceu a etapa) e agora 37 pontos separam os dois na classificação do campeonato.

Roczen e Dungey

Roczen e Dungey

Christophe Pourcel mais uma vez largou na frente, superando Justin Barcia no holeshot. Porém, um erro no começo da corrida o fez perder sua posição para Dungey, Barcia e Jason Anderson.

s1200_061415hpblast030

Pourcel fez o holeshot.

O novato do ano, Jason Anderson, passou Barcia e assumiu a terceira posição, conquidtando seu terceiro pódio em sua temporada de estreia. Diferente da primeira bateria, Barcia não caiu fora da pista e manteve seu ótimo ritmo, terminando em quarto na bateria, seguido por Pourcel.

O pelotão d largada

O pelotão d largada

Weston Peick, Phil Nicoletti, Broc Tickle, Wil Hahn e Cole Seely completaram os dez primeiros colocados.

Roczen comemora sua vitória.

Roczen comemora sua vitória.

Resultados da Moto 2 da 450MX em High Point

1- Ken Roczen

2- Ryan Dungey

3- Jason Anderson

4- Justin Barcia

5- Christophe Pourcel

6- Weston Peick

7- Phil Nicoletti

8- Broc Tickle

9- Wil Hahn

10- Cole Seely

Resultados do Overall da 450MX em High Point

1- Ken Roczen

2- Ryan Dungey

3- Jason Anderson

4- Christophe Pourcel

5- Justin Barcia

6- Broc Tickle

7- Weston Peick

8- Cole Seely

9- Wil Hahn

10- Fredrik Noren

Classificação da 450MX do AMA Motocross 2015 após 5 etapas

1- Ryan Dungey – 222 pontos

2- Ken Roczen – 185

3- Jason Anderson – 150

4- Justin Barcia – 148

5- Blake Baggett – 145

6- Broc Tickle – 131

7- Weston Peick – 129

8- Eli Tomac – 125

9- Christophe Pourcel – 115

10- Phil Nicoletti – 106 pontos

Pódio das 450MX em High Point

Pódio das 450MX em High Point

Moto 1 da categoria 250MX

High Point apontou um novo líder para o campeonato nas 250MX. Marvin Musquin, que chegou na Pennsylvannia com seis pontos atrás de Jeremy Martin, agora tem uma liderança de apenas um ponto depois que Martin perdeu a terceira posição para seu irmão, Alex Martin.

Musquin largou na frente e fez o holeshot.

Musquin largou na frente e fez o holeshot.

Musquin largou na frente e faturou o holeshot, liderando um grupo de pilotos da GEICO Honda. Adam Cianciarulo rapidamente assumiu a terceira posição atrás de RJ Hampshire e parecia preparado para desafiar o francês pela liderança. Enquanto isso, Hampshire tinha outras idéias. O novato segurou a pressão nas primeiras voltas, permitindo que Musquin abrisse uma vantagem enquanto ele e Cianciarulo brigavam pela segunda posição. Cianciarulo conseguiu passar, mas não conseguiu alcançar o ligeirinho Musquin, terminando com quase seis segundos atrás dele.

Hampshire e Cianciarulo

Hampshire e Cianciarulo

Jeremy Martin avançou até a quarta posição depois de terminar a primeira volta em décimo, mas cruzou a linha de chegada com menos de um segundo atrás de uma posição no pódio, já que seu irmão, Alex Martin, garantiu o último lugar de pódio. Zach Osborne veio logo atrás do líder, na quinta posição.

Jeremy Martin

Jeremy Martin

RJ Hampshire, Christian Craig, Aaron Plessinger e Jessy Nelson completaram os dez primeiros colocados da bateria.

Resultados da Moto 1 da 250MX em High Point

1- Marvin Musquin

2- Adam Cianciarulo

3- Alex Martin

4- Jeremy Martin

5- Zach Osborne

6- Joey Savatgy

7- RJ Hampshire

8- Christian Craig

9- Aaron Plessinger

10- Jessy Nelson

Moto 2 da categoria 250MX

Marvin Musquin disparou na frente mais uma vez para faturar uma dobradinha na primeira posição e conquistar a vitória incontestável no geral, sua primeira vitória em High Point desde 2013 e deixou a Pennsylvannia com o plate vermelho. O francês parecia brincar e fez de High Point o seu parque de diversões.

Musquin é o novo líder do campeonato.

Musquin é o novo líder do campeonato.

Jeremy Martin não saiu satisfeito. Embora ele tenha ficado em terceiro no geral, com uma dobradinha na quarta posição, seu resultado poderia ter sido muito melhor. Pela segunda bateria consecutiva, a largada foi o fracasso do ex líder do campeonato. Ele completou a primeira volta em 19º colocado e não conseguiu relaxar enquanto abria o caminho até a quarta posição.

Jeremy Martin teve problemas com as largadas no final de semana.

Jeremy Martin teve problemas com as largadas no final de semana.

No começo da corrida, Zach Osborne até chegou a dificultar a vida do francês que acabou ampliando sua vantagem para seis segundos no final da corrida. Osborne se assegurou na terceira posição enquanto Joey Savatgy precisou acelerar o ritmo para segurar os últimos ataques de Jeremy Martin.

Zach Osborne

Zach Osborne

Alex Martin perdeu o pódio ao cruzar a linha de chegada na quinta posição, empatando na pontuação com o irmão e perdendo no critério de desempate.

Alex Martin quase subiu no pódio pela primeira vez na carreira.

Alex Martin quase subiu no pódio pela primeira vez na carreira.

Jordon Smith, Christian Craig, Jesse Nelson, Shane McElrath e Aaron Plessinger completaram os dez primeiros colocados da bateria.

O pelotão de largada

O pelotão de largada

Resultados da Moto 2 da 250MX em High Point

1- Marvin Musquin

2- Zach Osborne

3- Joey Savatgy

4- Jeremy Martin

5- Alex Martin

6- Jordon Smith

7- Christian Craig

8- Jesse Nelson

9- Shane McElrath

10- Aaron Plessinger

Resultados da Overall da 250MX em High Point

1- Marvin Musquin

2- Zach Osborne

3- Jeremy Martin

4- Alex Martin

5- Joey Savatgy

6- Adam Cianciarulo

7- Christian Craig

8- Jessy Nelson

9- Aaron Plessinger

10- Shane McElrath

Classificação da 250MX do AMA Motocross 2015 após 5 etapas

1- Marvin Musquin – 219 pontos

2- Jeremy Martin – 211

3- Jessy Nelson – 146

4- Adam Cianciarulo – 143

5- Joey Savatgy – 135

6- Zach Osborne – 129

7- Alex Martin – 115

8- Shane McElrath – 109

9- Aaron Plessinger – 108

10- Matt Bisceglia – 106 pontos

Pódio das 250MX em High Point

Pódio das 250MX em High Point

Calendário do AMA Motocross 2015

27 de Junho de 2015 – 6a etapa – Budds Creek – Mechanicsville, Maryland

04 de Julho de 2015 – 7a etapa – RedBurd – Buchanan, Michigan

18 de Julho de 2015 – 8a etapa – Spring Creek – Millville, Minnesota

25 de Julho de 2015 – 9a etapa – Washougal – Washougal, Washington

08 de Agosto de 2015 – 10a etapa – Unadilla –  New Berlin, Nova Iorque

15 de Agosto de 2015 – 11a etapa – Utah – Tooele, Utah

22 de Agosto de 2015 – 12a etapa –  Indiana – Crawfordsville, Indiana

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly