Entrevista: Gabriel Della Flora, em ritmo intenso de treinos e provas nos USA

Por Sílvio Bilhar | Foto por Gabriel Della Flora/Arquivo Pessoal | 17 de junho de 2015 - 14:21

O piloto Gaúcho que embarcou para os Estados Unidos no mês de maio (21) e que foi notícia aqui no Mundocross,  já esta em plena atividade nos Estados Unidos.

Morando em Seatlle WA, onde reside seu treinador e apoiador Marcelo Ogorodnik  ”Mutley”, Gabriel mostra bastante entusiasmo com sua estada na terra do Tio San. Ele que tem apoio de empresas gaúchas, e amigos particulares como o Eduardo Appel já começa a mostrar serviço menos de 30 dias de sua chegada. Vamos trocar umas palavras com o amigo “Jabutizinho”.

GAB EUA 1

Gabriel com Marcelo Mutley e sua CRF 250cc

Mundocross – Gabriel passou o susto inicial. Conte como foi os primeiros dias ai em Seatlle?

Gabriel Della Flora – Nos meus primeiros 05 (cinco) dias aqui aproveitei para conhecer um pouco a cidade e como as coisas funcionam por aqui. Montamos um percurso onde corro a pé e conheci a academia que estou treinando, quero muito agradecer o Lemos da Up Fitness, meu personal no Brasil, que vem me passando a distancia toda a orientação para eu poder continuar me condicionando “um personal aqui custa muto caro rsrsrs”.

Mundocross – Você levou feijão, arroz que a Dona Jussara fazia aqui e o churrasco que o papai Paulo te preparava? Como está a tua alimentação?

 Gabriel Della Flora – A comida daqui (dos restaurantes) não da para comparar com a da minha mãe (rsrssrs ) sendo que eu mesmo cuido da minha alimentação procurando uma alimentação bem saudável.  Mas a família do Mutley também cuida de mim. Bebo como sempre muita água que é sempre muito saudável.

Mundocross – O que tens a colocar assim de início sobre as pistas que tens treinado?

 Gabriel Della Flora – As pistas aqui são realmente muito legais e da para notar de longe a diferença com o Brasil, para todos os treinos as pistas estão sempre preparadas e irrigadas. Já tive a oportunidade de treinar em varias, sem duvida a pista de Washougal (pista que recebe o AMA motocross) me deixou de queixo caído, pois tudo é muito espetacular.

Mundocross – O Marcelo Mutley e você como estão se adaptando a essa nova fase em suas vidas?

Gabriel Della Flora – O Mutley  nosso chefe de equipe esta sendo um grande parceiro além de ajudar no MX tem me dado todo o suporte fora da pista, realmente um amigão. Amigo de infância de meu pai e a cada dia mais meu amigo. Uma pessoas sem igual, “É o meu  Jabuti aqui nos EUA, guardadas as proporções.KKK”

Mundocross – Como vai a rotina de treinos?

Gabriel Della Flora – Tenho uma rotina bem intensa aqui, temos ido para a pista as 6 da manha e ficamos 4 dias morando na pista onde tenho feito cerca de 5 treinos por dia, nos outro dias da semana cuido da preparação física e ajudo na manutenção da equipe”

Mundocross – Você já participou de corridas (pra valer) nesses dias iniciais?

Gabriel Della Flora -Sim. Toda quinta feira, corremos o Thursday Night MX em Portland, onde ando com a minha CRF 250 nas categorias 250cc e 450cc Intermediate. Na minha primeira participação fiz 3º na overal da 250cc(3 e 4) e 7º na 450cc (8 e 6). Já na quinta passada pude me soltar mais, venci a primeira bateria da 250cc e fiz 3º na segunda ficando em 3º na overal. Na 450cc fiz 4º e 3º com o 3º na overal. No ultimo final de semana (13,14) participei do North West  National Motocross Series em Albany, é um dos campeonatos mais forte desta região. Uma prova com muitos participantes e um nível bem elevado. Corro na school boy (16 anos) e na 250cc B ,no sábado fiz 3º na overal da school boy (3 e 5) na 250cc B fiz 7º na overal (8 e 6). No domingo já mais adaptado com a pista consegui melhorar os meus resultados. Na school boy fiz 2º na overal (3 e 3) e na 250cc B 2º na overal ( 3 e 4).

GAB EUA 2

Gabriel com os troféus, os primeiros de muitos que virão em sua jornada na terra do Tio san

Mundocross – Quando entrarás na pista novamente?

Gabriel Della Flora –  Na próxima semana vamos para Portland na quinta à noite e no fim de semana corro em Raymond no WA State Mx Championships com 4 baterias no sábado e 4 no domingo. As baterias não são longas, mas o ritmo é forte e acho que já estou sentindo a melhora na minha velocidade.

Mundocross – Quando estava no Brasil Gabriel fazia planos para disputar as classificatórias do Loretta Linn’s, mas devido ao seu embarque um pouco tardio e o fato de em Seatlle as pistas estarem fechadas (frio intenso no estado de Washington) você não chegou a tempo de disputar a primeira fase eliminatória. Quais são teus planos para a continuidade da temporada?

 Gabriel Della Flora – Não vou para o Loretta Linn’s, mas tenho um calendário bem puxado com provas de campeonatos de alto nível até o final do ano e isto sem duvida vai me ajudar muita na minha evolução técnica.

Mundocross – Tuas considerações finais e agradecimentos.

Gabriel Della Flora – Quero agradecer a todos que estão me apoiando e torcendo por mim principalmente a Rinaldi, ao Eduardo Appel -Troy Lee, ao Mutley -MME Racing e a minha família.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly