Mundial de Motocross – 14ª etapa – Bélgica

Por Mariah Morgado | Fotos por MXGP | 04 de agosto de 2015 - 20:47

A pista da 14ª etapa do Mundial de Motocross em Lommel estava extremamente cheia de canaletas. Possivelmente tinha mais canaletas do que durante os últimos vinte anos desde que recebeu uma etapa do campeonato em 1990. Embora todos os pilotos tenham tido suas dificuldades, para Shaun Simpson e Max Anstie parecia muito mais fácil com os dois vencendo as duas baterias da MXGP e MX2 para vencer o GP da Bélgica.

Largada da MX2

Largada da MX2

Categoria MXGP

Todo mundo adora um azarão e é por isso que não tinha uma alma que tenha assistido o GP da Bélgica que não ficou feliz por Shaun Simpson. O britânico não só dominou a corrida mais difícil da temporada, mas ainda o fez como um piloto privado.

Roubar alguns pontos do compatriota Romain Febvre era essencial para Gautier Paulin neste final de semana para permanecer na briga pelo título e embora não tenha sido tão fácil quanto a maioria imaginava, já que Paulin é um dos melhores pilotos de areia na categoria, ele conseguiu faturar a dobradinha na segunda posição das baterias e conquistou a segunda no geral, se aproximando do líder Febvre por quatro pontos.

Gautier Paulin

Gautier Paulin

A pista foi difícil para os pilotos mais experientes, imagina para o novato do ano, Romain Febvre, que teve dificuldade nas duas baterias. E apesar das dificuldades, o líder do campeonato se recuperou e ficou em terceiro nas duas baterias, faturando a terceira posição no geral e abriu sua nona garrafa consecutiva de espumante.

Romain Febvre

Romain Febvre

Como a maioria dos pilotos, Evgeny Bobryshev teve um domingo difícil lutando contra a pista, mas conseguiu terminar as duas corridas dentro do top 5 e ficou em quarto no geral, enquanto os belgas Kevin Strijbos e Jeremy Van Horebeek empataram nos pontos da quinta posição.

Evgeny Bobryshev

Evgeny Bobryshev

Overall da MXGP em Lommel

1. Shaun Simpson

2. Gautier Paulin

3. Romain Febvre

4. Evgeny Bobryshev

5. Kevin Strijbos

6. Jeremy Van Horebeek

7. Todd Waters

8. Glenn Coldenhoff

9. Tyla Rattray

10. Gert Krestinov

Classificação do campeonato MXGP após 14 etapas

1. Romain Febvre – 547 pontos

2. Gautier Paulin – 463

3. Evgeny Bobryshev – 423

4. Antonio Cairoli – 416

5. Maximilian Nagl – 360

6. Shaun Simpson – 356

7. Clement Desalle – 331

8. Jeremy Van Horebeek – 324

9. Glenn Coldenhoff – 290

10. Kevin Strijbos – 287 pontos

Classificação do campeonato de fabricantes da MXGP após 14 etapas

1. Yamaha – 555 pontos

2. KTM – 547

3. Suzuki – 545

4. Honda – 529

5. Husqvarna – 517

6. Kawasaki – 334

7. TM – 93 pontos

Pódio da MXGP em Lommel

Pódio da MXGP em Lommel

Categoria MX2

Como o esperado, foi um final de semana inesquecível para Max Anstie que parecia completamente impossível de ser parado enquanto buscava seu segundo Grand Prix perfeito na temporada 2015.

O plate vermelho continua com a família laranja da Red Bull KTM Factory Racing já que o jovem lituano, Pauls Jonass, mostrou uma maturidade de pilotagem bem superior a sua idade conquistando dois segundos lugares incontestáveis e a segunda posição no geral e também a liderança do campeonato.

Pauls Jonass

Pauls Jonass

Outro piloto que atingiu um marco em sua carreira foi Petar Petrov que finalmente conseguiu levantas a bandeira búlgara no pódio do Mundial de Motocross com performance fantástica que lhe rendeu o terceiro lugar no geral.

Petar Petrov

Petar Petrov

Enquanto isso, Julien Lieber fez uma rápida recuperação após voar pelas dunas para terminar a segunda bateria em terceiro, conquistando o quarto lugar no geral do GP dentro de casa enquanto Harri Kullas teve outra performance respeitável para ocupar a quinta posição no geral.

Julien Lieber

Julien Lieber

Os candidatos ao título da temporada, Tim Gajser terminou em sexto no geral e Valentin Guillod não terminou a segunda bateria depois de saltar em cima de Brent Van Doninck que caiu no ponto cego de um salto.

Tim Gajser

Tim Gajser

Overall da MX2 em Lommel

1. Max Anstie

2. Pauls Jonass

3. Petar Petrov

4. Julien Lieber

5. Harri Kullas

6. Tim Gajser

7. Jeremy Seewer

8. Benoit Paturel

9. Jordi Tixier

10. Brian Bogers

Classificação do campeonato MX2 após 14 etapas

1. Pauls Jonass – 433 pontos

2. Tim Gajser – 429

3. Jeffrey Herlings – 423

4. Valentin Guillod – 408

5. Jeremy Seewer – 395

6. Jordi Tixier – 393

7. Max Anstie – 387

8. Julien Lieber – 340

9. Petar Petrov – 262

10. Benoit Paturel – 259 pontos

Classificação do campeonato de fabricantes da MX2 após 14 etapas

1.KTM – 613 pontos

2.Kawasaki – 583

3.Yamaha – 495

4.Honda – 470

5.Suzuki – 395

6.Husqvarna – 348

7.TM – 67 pontos

Pódio da MX2 em Lommel

Pódio da MX2 em Lommel

Calendário do Mundial de Motocross 2015:

Décima Quinta Etapa – 16 de Agosto – Trindade / Brasil
Décima Sexta Etapa – 30 de Agosto – Assen / Holanda
Décima Sétima Etapa – 13 de Setembro – Leon / México
Décima Oitava Etapa – 20 de Setembro – Glen Helen / Estados Unidos

27 de Setembro – Motocross das Nações – Ernée / França

fonte: MXGP

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly