Mundial de Motocross 2015 – 16ª etapa – Holanda

Por Mariah Morgado | Fotos por MXGP | 31 de agosto de 2015 - 8:00

A décima sexta etapa do Mundial de Motocross 2015 ficará guardada na história. Antes da corrida começar havia muita especulação em como as areias brancas da pista iam aguentar e também em como o público iria responder ao GP da Holanda acontecendo em um circuito feito pelas mãos do homem ao invés de uma de suas amadas e histórias pistas de areia. Mas no final, o evento superou todas as expectativas com cerca de 37.000 fãs mais que entusiásticos indo para a pista prestigiar a novíssima e espetacular pista pegar forma como todo circuito de areia pega. Foi um dia memorável para Shaun Simpson e Tim Gajser que venceram suas respectivas categorias, mas ainda mais memorável para Romain Febvre que conquistou o título da MXGP em sua temporada de novato restando duas etapas para terminar o campeonato.

MX2start_MXGP_16_NL_2015_0

Categoria MXGP

Tem sido sua melhor temporada até agora e está apenas começando a melhorar para Shaun Simpson que acabou de subir para a quarta posição na classificação do campeonato depois de vencer a etapa em Assen.

Shaun Simpson

Shaun Simpson

Foi um final de semana de arrepiar a espinha para Romain Febvre que acabou pegando gosto pela areia praiana de Assen para vencer a segunda bateria e ser coroado Campeão Mundial de Motocross 2015.

O público bem animado estava apoiando a sua estrela holandesa, Glenn Coldenhoff, que terminou em terceiro lugar no geral no seu Grand Prix em casa.

Glenn Coldenhoff

Glenn Coldenhoff

Evgeny Bobryshev teve uma boa velocidade durante todo o final de semana, mas perdeu o ritmo nas baterias enquanto seu colega de equipe, Gautier Paulin, cometeu muitos erros. A dupla da Honda terminou na quarta e quinta posições, respectivamente.

Evgeny Bobryshev

Evgeny Bobryshev

Overall da MXGP em Assen

1. Shaun Simpson

2. Romain Febvre

3. Glenn Coldenhoff

4. Gautier Paulin

5. Evgeny Bobryshev

6. Maximilian Nagl

7. Jeremy Van Horebeek

8. Todd Waters

9. Dean Ferris

10. Jose Butron

Classificação do campeonato MXGP após 16 etapas

1. Romain Febvre – 638 pontos

2. Gautier Paulin – 536

3. Evgeny Bobryshev – 499

4. Shaun Simpson – 437

5. Antonio Cairoli – 416

6. Maximilian Nagl – 414

7. Jeremy Van Horebeek – 394

8. Glenn Coldenhoff – 361

9. Clement Desalle – 331

10. Todd Waters – 324 pontos

Campeonato de fabricantes da MXGP após 16 etapas 

1. Yamaha – 646 pontos

2. KTM – 628

3. Suzuki – 616

4. Honda – 609

5. Husqvarna – 574

6. Kawasaki – 369

7. TM – 126 pontos

Pódio da MXGP em Assen

Pódio da MXGP em Assen

Categoria MX2

A pergunta pertinente de se Tim Gajser pode melhorar seu ritmo na areia e manter a cabeça calma o suficiente para levar o plate vermelho foi respondida neste final de semana com o esloveno ficando em primeiro e segundo lugares para subir no topo do pódio e assumir o plate de líder do campeonato agora liderando com 13 pontos de vantagem sobre Pauls Jonass.

Tim Gajser

Tim Gajser

Max Anstie declarou que foi um dia difícil para ele. O britânico terminou a primeira bateria na nona posição depois que a moto apagou e ele teve problemas para religa-la. Mas superou o acontecido e venceu a segunda bateria, ficando em segundo no geral.

Max Anstie

Max Anstie

Foi um dia emocionante e memorável para o belga Brent Van Doninck que estourou sua primeira garrafa de espumante da carreira ficando com a terceira posição do Grand Prix.

Brent Van Doninck

Brent Van Doninck

Julien Lieber parecia em casa nas areias de Assen e só perdeu o pódio por apenas um ponto enquanto Jeremy Seewer terminou na quinta posição.

Julien Lieber

Julien Lieber

Foi mais uma etapa difícil para a Red Bull KTM Factory Racing com Pauls Jonass caindo na segunda bateria e amassando o freio dianteiro. Jonass foi para o pitlane para reparos e voltou para a corrida com quase uma volta de desvantagem. De forma impressionante, o jovem letono conseguiu se recuperar até a 13ª posição enquanto seu colega de equipe, Davy Pootjes, saiu da corrida devido a dor em uma lesão tendínea no punho.

Pauls Jonass

Pauls Jonass

Brian Bogers terminou em décimo no geral.

Brian Bogers

Brian Bogers

Overall da MX2 em Assen

1. Tim Gajser

2. Max Anstie

3. Brent Van doninck

4. Julien Lieber

5. Jeremy Seewer

6. Pauls Jonass

7. Harri Kullas

8. Benoit Paturel

9. Thomas Covington

10. Brian Bogers

11. Ben Watson

Classificação do campeonato MX2 após 16 etapas

1. Tim Gajser – 518 pontos

2. Pauls Jonass – 505

3. Max Anstie – 474

4. Valentin Guillod – 446

5. Jeremy Seewer – 440

6. Jeffrey Herlings – 423

7. Jordi Tixier – 393

8. Julien Lieber – 391

9. Benoit Paturel – 320

10. Petar Petrov – 301 pontos

Campeonato de fabricantes da MX2 após 16 etapas

1. KTM – 689 pontos

2. Kawasaki – 673

3. Yamaha – 569

4. Honda – 559

5. Suzuki – 441

6. Husqvarna – 388

7. TM – 85 pontos

Pódio da MX2 em Assen

Pódio da MX2 em Assen

Calendário do Mundial de Motocross 2015:

Décima Sétima Etapa – 13 de Setembro – Leon / México
Décima Oitava Etapa – 20 de Setembro – Glen Helen / Estados Unidos

27 de Setembro – Motocross das Nações – Ernée / França

fonte: MXGP

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly