Inauguração da pista de Paraí com grande público e duelos espetaculares e surpresas na 6ª etapa em São Valentim do Sul do Regional de MX

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 30 de outubro de 2015 - 23:15

A nova pista de Paraí foi inaugurada em setembro, após ter sido transferida uma vez devido às chuvas. A pista na linha São Caetano reuniu um grande público batendo na casa dos 4 mil espectadores na 5ª etapa. A pista com mais de 1200 metros teve o projeto e execução de Roberto “Zanela” Limberger e agradou a grande maioria dos pilotos incluindo o líder do brasileiro na MX3 Duda Parise que veio para a inauguração assim como os multi campeões do brasileiro de velocross, os Irmão Basso entre outras feras do circuito gaúcho do motocross. “Fizemos uma pista técnica com visibilidade de 100% do público e tratado com carinho, com todos os encaixes perfeitos, um tapete.” Comenta André Tramonttini da Costa, promotor do campeonato.

IMG_9585

Nícolas andou muito bem em Paraí e venceu a MX1 em São Valentim do Sul

Veja como foram os duelos nas categorias.

Na 50cc, Garmichel Giehl não deu mole para o azar e venceu a prova da categoria com Gabriel Bilhar chegando em 2º e Matheus Kappel em 3º lugar.

Já na 65cc, no duelo entra Pedro Moraes e Henrique Hênicka que se deu melhor foi Pedro que levou para Marau a vitória. O 3º lugar foi de Garmichel Giehl e Kauê Benatto chegou logo atrás.

Também de Marau veio a disputa pelo caneco da 85cc. Felipe Moraes e Felipe Migliorini largaram em grande estilo, seguidos de Diogo Zanco e Henrique Hênicka e Malon Lazzaretti que retornava às pistas após recuperação de contusão. Moraes abre vantagem mas cai no começo de prova e com isso Migliorini assume a ponta seguido de Zanco, Hênicka e Gustavo Feltrin.  Felipe Moraes busca recuperação chegando em 2º na vitória de Felipe Migliorini. Hênicka e Zanco logo em seguida.

A MX4 teve a garota Maiara Basso largando na ponta com Gustavo Visoto ao seu lado. Em 3º largou Guilherme Benatto e logo em seguida Carlos Gustavo Ketermann “O Nazysta”  e Djalma Salvador “O Free Style”. Ainda na volta inicial Kettermann vai ao ataque e busca a vice-liderança. Maiara erra, cai e abandona com isso kettermann assume a liderança e Djalma chegava em 3º na 3ª volta. Djalma ataca e mais tarde assume a liderança, posição que se manteve até o final. Gustavo Kettermann foi o 2º seguido,de Sérgio Fernandes que fez prova de recuperação e Guilherme “Mémi” Benatto.

IMG_9556

Pista de Paraí tem vista privivlegiada

A Nacional Força livre teve uma surpresa. Tiago Wiebeling que voltava às pistas e superou a fera Leandro Fole seguido de Bruno da Luz em 3º com Alisson dos Santos e Tiago Bilhar completando o pódio na 5ª posição.

Na Estreantes Importadas, o líder deixou escapar a chance  de abrir mais ainda sobre o vice, mas andou pelo campeonato chegando em 2º lugar, o vencedor da etapa foi um piloto que vinhas das motos nacionais. Leonardo Menegat. José Luis Brusco ficou em 3º seguido de Gabriel Poleto e Tomas Todeschini. Luis Dorigon o vice – líder não andou na etapa.

A intermediária MX1 Luis Henrique Zottis mostrou que está numa grande fase, venceu a etapa superando um garoto que tem muito gás e motocross no corpo, Nícolas Oliveira que a cada dia mostra um futuro promissor.  Em 3º lugar chegou Leonardo Limberger, seguido de Rodrigo Galiotto que retorna ás pistas após recuperação e o catarinense Alex Cavalca completando a premiação do pódio.

IMG_9451

Menegat

Pela MX3, Gustavo Visoto largou na ponta, segurou os ataques de Djalma Salvador na reta final da etapa e subiu no lugar mais alto do pódio rumo á liderança. Maiara Basso chegou em 3º seguido de Eduardo Treviso e Luciano Bosco em 5º lugar.

A categoria MX1 tinha o até então líder do brasileiro na MX3 Duda Parise entrando na pista. Duda largou em 4º, na ponta Mateus Basso seguido de Nícolas Oliveira em 2º com Gustavo Roratto na 3ª posição da volta inicial. Mais atrás em 5º lugar vinha Lucas Basso enrolando o cabo. Em 3 voltas, Duda se aproxima do líder após um duelo de gerações com Nícolas. Roratto erra e perde o foco, apesar de andar na mesma tocada até a 7ª volta. Duda usa da experiência, ultrapassa Mateus e vence a etapa. Mateus chegou em 2º com Nícolas em 3º, Lucas em 4º e Luis Henrique Zottis na 5ª colocação.

IMG_9573

Duda Parise venceu em Paraí

Uma grande surpresa tomou conta da categoria Intermediária MX2. Não foi a boa largada de Ândrio Seben seguido de José Luis Benetti e Ânderson Seben em 3º. Mas sim a grande tocada de Felipe Migliorini que largou no pelotão da frente e a cada volta buscava posição e com o apoio da torcida, chegou a liderança em cima de Ânderson que liderava a prova na reta final. Migliorini que andava com uma Kavasaki 105, venceu a prova para uma grande plateia. Ânderson chegou em 2º com Leonardo Tenedine em 3º após largar mal. O 4ª colocado foi Tomas Todeschini e Luis Benetti completando o pódio.

IMG_9656

Migliorini venceu em Paraí a 85cc e a intermediária MX2

O Duelo final foi na MX2 com Mateus Basso largando na ponta, seguido de perto por Gustavo Roratto. Um duelo de gigantes que durou toda a bateria com Roratto as vezes até colocando a moto a frente mas levando  “X”. Mateus venceu de forma incontestável seguido de Roratto, Henrique Araújo, Ândrio Seben e Leonardo Dambróss que subiram no pódio final da 5ª etapa.

IMG_9430

Gustavo Rorato

Já em Outubro, São Valentim do Sul recebeu a 6ª etapa do Centro Serra de Motocross e ao menos duas surpresas aconteceram na etapa como a vitória de Rafael Testa da categoria Estreantes e de Nícolas Oliveira na MX1 Força Livre.  Veja todos os pilotos vencedores de cada categoria.

Categoria 55cc: Garmichel Giehl

Categoria 65cc: Henrique Henicka

Categoria 85cc: Victor Gonçalves

Nacional Força Livre: Leandro Folé

Estreantes Importadas: Rafael Testa

Categoria Intermediária MX2: Ândrio Seben

IMG_9462

Henrique venceu a MX2 em São Valentim do Sul

Categoria Intermediária MX1: Leonardo Limberger

Categoria MX4: Gustavo Visoto

Categoria MX3: Gustavo Visoto

Categoria MX2: Henrique Araújo

Categoria MX1 Força Livre: Nícolas Oliveira

Domingo tem 7ª etapa em Caxias do Sul na pista da ASCAVE.

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly