Mateus Basso, Pretto Refatti e Felippe Menuzzi foram destaques em Alegrete

Por André Charão | Fotos por André Charão | 18 de novembro de 2015 - 11:00

Com três vitórias em três categorias disputadas Luiz Volnei “Pretto” Refatti, juntamente com Felippe Menuzzi, vencedor de duas categorias e Mateus Basso, vencedor da VX2 e VXPró, as principais categorias da competição, foram os principais nomes da quinta etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross em Alegrete.

156_2262721993

Mateus Basso

Dezenove anos depois a cidade de Alegrete voltou a sediar uma etapa do principal campeonato de velocross do estado, o Rinaldi Gaúcho de Velocross. A quinta e penúltima etapa da competição teve disputas acirradas pelas vitórias.

156_617665136

A etapa foi cheia de pegas eletrizantes, ainda mais porque muitas delas poderiam definir antecipadamente o campeão de algumas categorias.

156_7011552713

Felippe Menuzzi (Dom Pedrito) venceu mais uma na categoria Júnior, manteve os 100% de aproveitamento e de quebra faturou antecipadamente o título da categoria Júnior. Menuzzi ainda conquistou a vitória na Intermediária VX2. Santiago Leiria (Frederico Westphalem), também manteve a invencibilidade na categoria 50cc e colocou as duas mãos no título da temporada. Eloi Cavalhero Júnior (Santa Maria) venceu a categoria Intermediária VX1 de ponta a ponta e garantiu o título da temporada antecipadamente.

156_2432687142

Na categoria VX3 Rodrigo Volcan (Pelotas) suou muito nas últimas volta para vencer e garantir o título da categoria. Fernando Sanches (Santa Maria) venceu a categoria VX4 e também garantiu o título.

156_1604202748

Rodrigo Volcan

O uruguaio Facundo Llambias voou baixo na disputa da categoria 65cc, ninguém foi mais rápido que ele. O segundo colocado foi Mickael Teixeira (Capão do Leão) e também conquistou o título da categoria antecipado. Maiara Basso (Mato Castelhano) venceu novamente a categoria VXF e colocou uma das mãos do título da categoria. Na última etapa Maiara nem precisa chegar na frente para sagrar-se campeã.

Maiara Basso

Maiara Basso

Com duas vitórias incontestáveis, Mateus Basso (Gentil) encaminhou os títulos das principais categorias para a família Basso. Lucas Basso (Gentil) formou novamente a dobradinha da família em Alegrete. Com os resultados Lucas garante o título na VX2. Na VX Pró a certeza é que o título fique em “casa”, quem chegar na frente será o campeão.

Lucas Basso

Lucas Basso

A emoção na última etapa do campeonato ficará por conta das categorias nacionais. Tudo está indefinido nas categorias VX3 Nacional, 230cc Original, 230cc Pró e Nacional Força Livre. A categoria VX4 Nacional é a única entre as categorias nacionais que já tem o campeão definido para Elder Pirolli (Tapejara), terceiro colocado na prova de Alegrete, prova vencida por Luiz Volnei Reffati (Alegrete). Guto Freitas (Barros Cassal) venceu a categoria 230cc Original e leva uma boa vantagem para a última etapa. Na categoria 230cc Pró a vitória ficou com o piloto da casa Luiz Volnei Refatti (Alegrete), Joel da Costa (Ciríaco) foi o segundo colocado e diminuiu a vantagem do líder do campeonato Douglas Carvalho (Vera Cruz), quinto colocado na prova. A categoria VX3 Nacional é uma das mais equilibradas da competição, a briga pelo título está entre cinco pilotos. Na prova de Alegrete quem levou a melhor foi o piloto da casa Luiz Volnei Refatti, que venceu a terceira categoria disputada. Luciano De Conto (Passo Fundo) foi o segundo, Jocemar Magni (Estrela) foi o terceiro colocado e assumiu a liderança na classificação, Márcio Alarcon (Montenegro), que liderava o campeonato e ficou na vice-liderança foi o quarto, e Elder Pirolli (Tapejara) o quinto colocado. Todos eles, com exceção de Refatti, chegam à última etapa com chances de conquistar o título da temporada. Felipe Deloss (Lajeado) emplacou a quarta vitória consecutiva na Nacional Força Livre e assumiu a liderança do campeonato com apenas um ponto de vantagem para Joel da Costa, segundo colocado na prova em Alegrete e  agora vice-líder da categoria.

156_6072022276

Os últimos campeões da temporada serão conhecidos nos dias 05 e 06 de dezembro na cidade de Santo Ângelo, onde serão premiados com o troféu Diovane Anselmi, concedido aos campeões da temporada 2015 do Rinaldi Gaúcho de Velocross.

Confira os cinco primeiros de cada categoria:

230cc Original
1º – Gustavo de Freitas (Barros Cassal)
2º – Douglas Carvalho (Vera Cruz)
3º – Matheus da Costa (Ciriaco)
4º – Jordan Martini (Santa Maria)
5º – Willian Lenz (Arroio do Meio)

230cc Pró
1º – Luiz Volnei Refatti (Alegrete)
2º – Joel da Costa (Ciriaco)
3º – Matheus da Costa (Ciriaco)
4º – Gustavo de Freitas (Barros Cassal)
5º – Douglas Carvalho (Vera Cruz)

50cc A
1º – Gabriel Bilhar (Guaporé)
2º – Pietro Pirolli (Tapejara)
3º – Eduardo Braga (Santa Maria)
4º – Victor Weizenmann (Arroio do Meio)

156_7831631884

50cc B
1º – Santiago Leiria (Frederico Westphalem)
2º – Felipe Gonçalves (Pelotas)
3º – Gustavo Maldamer (Igrejinha)

156_5555302239

65cc
1º – Facundo Llambias (Paisandú/Uruguai)
2º – Micakel Teixiera (Capão do Leão)
3º – Santiago Leiria (Frederico Westphalem)

4º – Felipe Gonçalves (Pelotas)
5º – Gabriel Bilhar (Guaporé)

156_883384319

Intermediária VX1
1º – Eloi Cavalheiro Júnior (Santa Maria)
2º – Felipe Pick (Vera Cruz)
3º – Emerson Bergmann (Pelotas)
4º – Ezequiel Refatti (Faxinal do Soturno)
5º – Fagner Almeida (Uruguaiana)

156_6354074045

Intermediária VX2
1º – Felippe Menuzzi (Dom Pedrito)
2º – Felipe Pick (Vera Cruz)
3º – Gabriel Costa (Dom Pedrito)
4º – Michel Andrade (Dom Pedrito)
5º – Diego de Godoy (São Gabriel)

156_1080102846

Júnior
1º – Felippe Menuzzi (Dom Pedrito)
2º – Gabriel Costa (Dom Pedrito)
3º – João Marcelo Silveira (Formigueiro)
4º – Jader Martini (Santa Maria)
5º – Facundo Llambias (Paisandú/Uruguai)

156_798508021

Nacional Força Livre
1º – Felipe Deloss (Lajeado)
2º – Joel da Costa (Ciriaco)
3º – Márcio Alarcon (Montengro)
4º – Douglas Carvalho (Vera Cruz)
5º – Diego Klimeck (Santa Maria)

156_3715391857

VX4 Nacional
1º – Luiz Volnei Refatti (Alegrete)
2º – Danny de Oliveira (Panambi)
3º – Elder Pirolli (Tapejara)
4º – Sandro Meireles (Caçapava do Sul)
5º – Luiz Carlos Berger (Montenegro)

156_5440486161

VX3 Nacional
1º – Luiz Volnei Refatti (Alegrete)
2º – Luciano De Conto (Passo Fundo)
3º – Jocemar Magni (Estrela)
4º – Márcio Alarcon (Montengro)
5º – Elder Pirolli (Tapejara)

156_1880498477

VX4
1º – Fernando Sanches (Santa Maria)
2º – Maiara Basso (Mato Castelhano)
3º – Elder Pirolli (Tapejara)
4º – Régis Deprá (São Vicente do Sul)
5º – Robson Gonçalves (Alegrete)

156_8572194790

VX3
1º – Rodrigo Volcan (Pelotas)
2º – Fernando Sanches (Santa Maria)
3º – Maiara Basso (Mato Castelhano)
4º – Emerson Bergmann (Pelotas)
5º – Diego de Godoy (São Gabriel)

156_8119330676

VXF
1º – Maiara Basso (Mato Castelhano)
2º – Maria Eduarda Dorneles (Caçapava do Sul)
3º – Priscila Forner (Santa Maria)

156_383650143

VX2
1º – Mateus Basso (Gentil)
2º – Lucas Basso (Gentil)
3º – Jordan Martini (Santa Maria)
4º – Eloi Cavalhero Júnior (Santa Maria)
5º – Felipe Pick (Vera Cruz)

156_4606391387

VXPró
1º – Mateus Basso (Gentil)
2º – Lucas Basso (Gentil)
3º – Jordan Martini (Santa Maria)
4º – Rodrigo Volcan (Pelotas)
5º – Felipe Pick (Vera Cruz)

156_7370174862

O campeonato Gaúcho de Velocross 2015 tem o patrocínio máster da RINALDI, IMS e apoio da MCR, Racing, Farover, Mormaii Knee Breace, Artemoto, Works Suspensões, M3 Parts Racing, Líder MX, Moto Style, CTLS – Centro de Treinamento Leandro Silva, Rádio Cross, MundoCross e Jornal O Podium.

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly