Jean Azevedo, único brasileiro nas motos no Rally Dakar, cai na etapa e tem dia desafiador na Argentina

Por Mariah Morgado | Foto por Magnus Torquato/Fotop/Vipcomm | 04 de janeiro de 2016 - 20:04

A segunda-feira (4) foi um dia desafiador para Jean Azevedo, da HSA Rally Team. Único brasileiro nas motos do Rally Dakar 2016, o piloto que acumula títulos nos maiores campeonatos off-road do país sofreu uma queda nos primeiros 30 quilômetros da especial entre Villa Carlos Paz e Termas de Río Hondo, na Argentina. Com lesões leves, o paulista de São José dos Campos não desistiu e completou a prova da segunda etapa do maior rali do mundo.

026_dk16_magnustorquato_002457

Rally Team, de 26 anos, participa pela primeira vez do maior rali do mundo, e surpreendeu ao conquistar a oitava colocação entre 136 pilotos de todo o planeta. “Hoje foi uma etapa muito boa. Enfrentei montanhas, pedras, areia e partes com muito barro. Adquiri um bom ritmo durante a prova e me senti bem com a moto. Minha equipe, que é incrível, e eu trabalhamos todos os dias por isso e estou muito contente com esse começo”, comemora o piloto que corre com a CRF 450 Rally.

Paulo Gonçalves, da Team HRC, fez uma prova de recuperação nesta segunda-feira. O piloto português, que teve problemas técnicos no prólogo do último sábado (2), garantiu o sexto lugar na segunda etapa, após largar em 50º.

Devido às chuvas que atingiram a região da prova desta segunda, o percurso da especial foi alterado e o espanhol Joan Barreda, um dos favoritos ao título de campeão em 2016, acabou se perdendo. Mesmo assim, o piloto da Team HRC acelerou forte e levou o sétimo lugar da segunda etapa.

Também pela Team HRC, o francês Michael Metge garantiu o 17º lugar, o norte-americano Rick Brabec o 21º, e o italiano Paolo Ceci o 22º. Na HSA Rally Team, o argentino Javier Pizzolito ficou em 24º e Adrien Metge em 28º. As duas equipes correm com a CRF 450 Rally.

Terceira etapa

Nesta terça-feira (5), os pilotos disputam a terceira etapa do Rally Dakar 2016, que terá largada em Termas de Río Hondo e chegada em Jujuy, na Argentina. O percurso tem 663 quilômetros, com 341 de trechos cronometrados.

Resultados da segunda etapa do Dakar 2016 (cinco primeiros) – Extraoficial
Villa Carlos Paz – Termas de Río Hondo | Terça-feira – 04/01

1º – Toby Price (KTM) | 3h46min24s
2º – Ruben Faria (Husqvarna) | +20s
3º – Stefan Svitko (KTM) | +1min28s
4º – Alain Duclos (Sherco) | +1min51s
5º – Matthias Walkner (KTM) | +2min

6º – Paulo Gonçalves (Team HRC) | +2min38s
7º – Joan Barreda (Team HRC) | +3min22s
8º – Kevin Benavides (HSA Rally Team) | +3min36s
17º – Michael Metge (Team HRC) | +7min52s
21º – Ricky Brabec (Team HRC) | +10min50s
22º – Paolo Ceci (Team HRC) | +11min07s
24º – Javier Pizzolito (HSA Rally Team) | + 12min
28º – Adrien Metge (HSA Rally Team) | +13min45s
132º – Jean Azevedo (HSA Rally Team) | +2h27min09s

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly