Queda tira Paulo Gonçalves da liderança do Dakar

Por Vipcomm | Foto por Team HRC/Vipcomm | 11 de Janeiro de 2016 - 19:47

O Rally Dakar chegou à segunda semana e após o dia de descanso em Salta, na Argentina, a disputa foi retomada de forma equilibrada. O português Paulo Gonçalves, da Team HRC, alcançou a segunda colocação na oitava etapa da competição, realizada nesta segunda-feira (11), que contou com 766 quilômetros até Belén (ARG), sendo 393 de trechos cronometrados. Ele perdeu da liderança depois de sofrer uma queda, mas segue em segundo com mais de 14 minutos de vantagem em relação ao terceiro colocado. Os competidores encararam os primeiros trechos de dunas da 38ª edição. Amanhã a prova será marcada por uma etapa maratona, quando não é possível ter o apoio da equipe técnica.

565f37cc3852e2.68621045

“Tem sido uma jornada difícil. Em um momento em que eu estava bem rápido, inclinei um pouco para o lado e caí. Estou bem fisicamente e danifiquei a torre de navegação da moto. Precisei terminar a prova pilotando com uma mão para garantir que todos os cabos não se soltassem. Foi a primeira etapa com um grau de exigência tão alto esse ano, mas estou feliz pela etapa maratona ser amanhã. Sou um cara de sorte”, comentou o piloto português.

O argentino Kevin Benavides, da Honda South America Rally Team (HSA), é novato no maior rali do mundo e conquistou o quinto lugar (mesmo na geral). Adrien Metge, da mesma equipe, também é estreante no Dakar e faturou a 16ª colocação. Com este resultado, ele foi para 17º na classificação geral.

Pela Team HRC, o norte-americano Rick Brabec ficou com a 14º posição do dia (13º na geral), Paolo Ceci, da Itália, busca recuperar posições e conseguiu o 25º lugar, que lhe garantiu a 44ª colocação no acumulado. O francês Michael Metge precisou parar três vezes durante a prova.

Nona etapa
Nesta terça-feira (12), os pilotos disputam a nona etapa do Rally Dakar 2016, que terá largada e chegada em Belén, na Argentina. Eles correrão 436 quilômetros, sendo 385 de trechos cronometrados. Boa parte da disputa será fora da estrada, entre dunas com vegetação dispersa, terrenos mais duros e, por vezes, leitos de rios. Fisicamente, o dia deve ser desafiador conforme as temperaturas da região forem aumentando. O dia será marcado por uma etapa maratona, quando os competidores não podem ter o auxílio da equipe de apoio.

EXTRAOFICIAL – Resultados da oitava etapa do Rally Dakar 2016 | cinco primeiros
Salta – Belén (ARG) – 11/01

1º – Toby Price (KTM) | 4h33min14s
2º – Paulo Gonçalves (Team HRC) | +5min17s
3º – Pablo Quintanilla (Husqvarna) | +6min32s
4º – Stefan Svitko (KTM) | +8min02s
5º – Kevin Benavides (HSA Rally Team) | +8min06s

14º – Ricky Brabec (Team HRC) | +19min59s
19º – Adrien Metge (HSA Rally Team) | +22min37s
16º – Michael Metge (Team HRC) | +50min26s
25º – Paolo Ceci (Team HRC) | +37min54s

EXTRAOFICIAL – Classificação geral Rally Dakar 2016

1º – Toby Price (KTM) | 27h28min56s
2º – Paulo Gonçalves (Team HRC) | +2min05s
3º – Pablo Quintanilla (Husqvarna) | +14min14s
4º – Stefan Svitko (KTM) | +21min26s
5º – Kevin Benavides (HSA Rally Team) | +25min55s

13º – Ricky Brabec (Team HRC) | +54min54s
44º – Paolo Ceci (Team HRC) | +5h36min46s

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly