Desalle se lesiona e está fora da abertura do Mundial de Motocross 2016

Por Mariah Morgado | Foto por Ray Archer | 15 de fevereiro de 2016 - 22:36

Clement Desalle passou por uma cirurgia na tarde de hoje após fraturar o rádio esquerdo (um dos ossos do antebraço) em um acidente durante o Valence International Motocross que aconteceu no último final de semana na França e provavelmente não irá disputar a abertura da temporada 2016 do Mundial de Motocross.

O piloto da Monster Energy Kawasaki Racing estava a caminho de sua quinta vitória consecutiva no evento francês quando caiu durante a Superfinal. Ele já tinha vencido as duas baterias da MX1, liderando da largada até a chegada depois de garantir o holeshot e marcar a volta mais rápida do dia. Mais uma vez, ele estava brigando pela vitória na Superfinal quando caiu no final da quinta volta. Ele sentiu a dor no antebraço esquerdo de imediato e os exames médicos revelaram que o rádio estava quebrado. Desalle voltou a Bélgica na noite de domingo, onde foi examinado pelo renomado Dr. Claes pela manhã desta segunda e a cirurgia foi realizada logo durante a tarde.

“É claro que neste momento estou devastado. É um grande choque para mim e para a equipe. Tudo estava perfeito. Eu venci ambas as baterias da MX1 e nós fizemos alguns bons ajustes na moto já que a moto estava molhada, escorregadia e enlameada depois da chuva durante o final de semana. Eu não corri nenhum risco, mas quando vi que tinha uma oportunidade de passar Simpson pela liderança, eu peguei outro traçado na curva antes do salto de chegada para passá-lo. Eu percebi imediatamente quando levantei que meu braço estava quebrado.” Desalle declarou.

“Tudo estava correndo perfeitamente até a última corrida. Foi bom ver Clement pilotando a moto perfeitamente em uma pista tão difícil. Nós trabalhamos o final de semana inteiro com a equipe técnica para ajustar os arranjos e Clement se sentia confortável na moto. É claro que nós desejamos a nossos pilotos uma recuperação rápida. Mais uma vez vimos que o motocross é um esporte difícil. No momento, uma participação na abertura do Mundial no Qatar é incerta.” O chefe de equipe da KRT, François Lemariey, completou a declaração da equipe.

DeSalle_Monster_Energy_Glamis_2016_RX_1142cl

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly