Resultados das classificatórias da 2a etapa do Mundial de Motocross 2016

Por Mariah Morgado | Fotos por MXGP | 05 de março de 2016 - 15:47

As largadas das classificatórias da 2a etapa do Campeonato Mundial de Motocross 2016 pareciam mais com as das baterias oficiais que acontecem no segundo dia das etapas. Jeffrey Herlings viajou para a Tailândia inspirado por seu desempenho  e entrou com tudo na bateria classificatória da MX2 deste sábado em Suphan Buri, vencendo na região úmida tailandesa. Na MXGP, o veterano e recém saído de sua aposentadoria, Ben Townley, superou Antonio Cairoli e Romain Febvre e dominou a bateria.

Categoria MXGP

Os campeões estavam pegando fogo quando o gate caiu e Antonio Cairoli, Ben Townleu e Romain Febvre brigaram para ver quem chegaria primeiro na primeira curva. Não levou muito tempo para Townley ultrapassar Cairoli e assumir a liderança.

Depois dos treinos, Townley declarou que para ele o calor não é tão ruim quando está correndo e a declaração pareceu legítima conforme ele conseguiu administrar com calma os ataques de Cairoli e Febvre.

Enquanto isso, no começo da corrida, Jeremy Van Horebeek tentou segurar seu companheiro de equipe, Febvre, enquanto era atacado pelo líder do campeonato, Tim Gajser. O novato da categoria, que estava altamente rápido no Qatar, mantinha um ritmo bom até que errou e acabou saindo da pista em uma sessão dupla de costelas. Depois disso, Gajser se afastou e deixou Van Horebeek seguir.

Lá na frente, a briga estava se tornando explosiva com três campeões mundiais disputando a liderança. De forma incomum, o italiano foi o primeiro a ceder quando perdeu tração nas costelas, permitindo que o atual campeão, Febvre, passasse. O francês partiu em perseguição do neozelandês, mas acabou lhe dando espaço para respirar quando saiu pelo lado da mesa de chegada restando apenas duas voltas para terminar.

Ben Townley fez o trabalho que tinha para fazer e pegou a pole pela segunda vez em sua carreira na categoria principal. A primeira e última vez que ele conseguiu o feito foi em 2005 em Matchams Park na Grã Bretanha. Febvre e Cairoli optaram por economizar energia no final da bateria e completaram o top 3 com Van Horebeek e Gajser completando os cinco primeiros colocados.

Resultados das classificatórias da MXGP na Tailândia: 

1. Ben Townley

2. Romain Febvre

3. Antonio Cairoli

4. Jeremy Van Horebeek

5. Tim Gajser

6. Kevin Strijbos

7. Maximilian Nagl

8. Gautier Paulin

9. Shaun Simpson

10. Glenn Coldenhoff

TownleySat_MXGP_2_THAI_2016

Ben Townley

Categoria MX2

Jeffrey Herlings voltou para a Europa depois do Qatar e só chegou na Tailândia ontem, sexta feira. Depois de treinar a semana toda em temperaturas abaixo de 5ºC, foi um pouco de choque para o sistema do holandês quando ele desceu do avião. “Entrar no avião e descer em 38º com 80 ou 90% de umidade foi um pouco chocante, mas essa foi a minha decisão e eu não acredito que você possa se adaptar ao clima em menos de uma semana, então eu acho que é melhor aproveitar ao máximo a semana e voltar para casa e o frio. E também com a diferença de horário, talvez eu tenha dormido umas 2 ou 3 horas na noite passada, mas com sorte depois do dia de hoje, eu devo dormir muito bem hoje a noite.” Se ele estava cansado ou sofrendo com o calor, foi imperceptível com seus reflexos de felinos quando o gate caiu e ele conquistou seu primeiro holeshot da temporada seguido por Samuele Bernardini e Pauls Jonass.

Foi uma primeira parte impressionante para Bernardini que não parecia nada fora do eixo enquanto lutava para se defender do atual vice campeão. Enquanto isso, Benoit Paturel demonstrava seu amor pelo barro duro da Tailândia enquanto avançava na quarta posição.

 A pista começava a mudar com o clima quente quando Jonass ultrapassou Bernaridini que acabou deixando Paturel passar também. Aproveitando a vantagem de Bernardini enquanto ele se reagrupava, Paturel passou por um aperto quando bateu em uma das propagandas da Ipone e acabou saindo da pista, mas ele conseguiu se recuperar e não ficou muito mexido.

Na metade da corrida, Jonass e Bernardini começaram a cansar. Paturel foi o primeiro a se aproveitar do cansaço de Jonass seguido por Max Anstie que tinha um traçado limpo pelas costelas que o deixou com o traçado de dentro na curva seguinte onde ele ultrapassou.

Com as luzes das velas, Herlings dominou a classificatória pela segunda vez consecutiva na temporada enquanto Paturel teve o melhor resultado da carreira, terminando na segunda posição. Anstie terminou em terceiro com Aleksandr Tonkov e Jeremy Seweer (que teve o desempenho mais impressionante do dia após se recuperar de uma queda na segunda volta) completando os cinco primeiros colocados. Samuele Bernardini teve o melhor resultado da carreira terminando em oitavo.

O dia não foi bom para Dylan Ferrandis. Seu ombro saiu sozinho do lugar e o francês expressou seu desapontamento pelo facebook “Eu desloquei meu ombro direito nas costelas, sem cair. Eu vou voltar para a França amanhã para visitar o meu médico o mais rápido possível e espero voltar em Valkenswaard.” 

Resultados das classificatórias da MX2 na Tailândia: 

1. Jeffrey Herlings

2. Benoit Paturel

3. Max Anstie

4. Aleksandr Tonkov

5. Jeremy Seewer

6. Pauls Jonass

7. Petar Petrov

8. Samuele Bernardini

9. Vsevolod Brylyakov

10. Thomas Covington

Jeffrey Herlings

Jeffrey Herlings

Devido ao fuso horário, as baterias oficiais da 2a etapa do Mundial de Motocross 2016 acontecem amanhã, 06 de Março, a partir das 02:00 horas da manhã.

Para assistir ao vivo as etapas do Mundial de Motocross, vocês podem assinar o site oficial que transmite o campeonato www.mxgp-tv.com sendo que para assistir é cobrada uma taxa de 7,99 euros (por volta de R$35,00), com pagamento em cartão de crédito.

No Brasil, a Bandports transmite as etapas e de acordo com sua programação, irá transmitir a 1a etapa no domingo, 05/03 as 12:00. Para se organizar, verifique a programação do canal: http://bandsports.band.uol.com.br/programacao.asp

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly