Duelos eletrizantes esquentaram a 3ª etapa do BSX de mtocross em Nova Prata

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 17 de junho de 2016 - 7:51

O ronco dos motores ajudaram a esquentar o frio que fez em Nova Prata na 3ª etapa do BSX regional de motocross ocorrida em 5 de junho passado.  O publico começo a chegar timidamente pela manhã, mas com o sol pela parte da tarde, tudo melhorou. Os duelos seguiram a cada categoria como se fosse a etapa final da competição. Siga os melhores pegas.

IMG_3589

Dambros #43 venceu a MX1 de ponta a ponta

Estreantes Importada

O piloto de Caxias do Sul, Michel de Lima segue a passos largos em direção ao título, venceu a 3ª etapa consecutiv, se manteve na liderança e ainda abriu mais pontos do 2º colocado Rafael Escobar que chegou em 4º na etapa. Na corrida, Luan Dalmas surpreendeu chegando em 2º, com Sérgio Zarbielli em 3º. Amir Tenedine completou o pódio em 5º.

IMG_3422

Podium da Estreantes

Categorias de base, 65 e 85cc

A categoria de base, teve Garmichel Giehl saindo-se melhor na 65cc e venceu o duelo contra Gabriel Berlatto. Já a categoria 85cc, em que os motores roncam mais forte, Pedro Magero fez uma largada perfeita, fez a curva um em 1º sendo seguido de Diego Zanco e Gustavo Feltrin. Mais atrás aparecia Fábio Troian, Felipe Tenedine e Arthur Oliveira que errou na largada fechando o segundo bloco. Magero abre grande vantagem para vencer de ponta a ponta, Zanco administrou e chegou em 2º, já Feltrin errou o que lhe custou a 3ª colocação que ficou com Troian. Arthur em recuperação chegou em 5º.

IMG_3497

Magero 1º na 85cc

Nacional Força Livre

A única categoria disputada em duas baterias teve Leandro Fole largando na ponta seguido de, Bruno da Luz e Lucas Peuhs em um grande duelo nas voltas iniciais. Qualquer um poderia vencer a bateria. A pressão era intensa e Folé erra a curva para Bruno assumir a liderança. A corrida parecia estar definida quando na volta final, Lucas mira a 2ª colocação, dá o bote fatal e ultrapassa Leandro Fole. Na 2ª bateria, Leandro tratou logo de assumir a ponta, manter a concentração fechando a porta para Bruno. Leandro venceu de ponta a ponta com Bruno em 2º. A soma geral tivemos Bruno em 1º, Leandro em 2º, Lucas em 3º, Arthur Stroher e Ismael Borsi completando o pódio.

IMG_3347

Bruno #239 venceu a Nacional

MX3

Júlio Flasch fez a largada perfeita, assumiu a ponta com Gustavo Visoto e Glaureci Lemos em grande disputa. Mais atrás Angelo Matos, Alexandre Lima e Roberto Rui faziam parte do 2º pelotão. Júlio não erra para vencer de ponta a ponta, já Visoto levou carga de Glaureci que assumiu e chegou em 2º lugar. Visoto chegou em 3º e continua líder do campeonato. Ederson Moraes em recuperação foi o 4º colocado com Lima em 5º.

IMG_3386

Júlio venceu a MX3 de ponta a ponta

Intermediária MX2

A 3ª etapa na intermediária MX2. Um “largadão” de Leonardo Tenedine que chegou na curva um em 1º, mas perdeu a dianteira caindo ao solo. Com isso, Anderson Seben assume a ponta seguido de, Douglas Colet e Tomás Todeschini e Guilherme D´Allacqua no pelotão principal. Um duelo de gigantes com Colet por várias voltas. Colet pressiona assumindo a liderança na metade final da prova. Mas Seben não desistia e andava na mesma tocada. Em prova de recuperação, Tenedine junta-se ao pelotão da frente. Com a reta final e a decisão próxima, Seben reassume a liderança para vencer a 3ª etapa. Tenedine buscou a 3ª colocação saindo de último na volta inicial. Leonardo Menegath foi 4º e Rafael Testa o 5º.

IMG_3616

Seben levou a Intermediária MX2

MX1

Leonardo Dambross veio com tudo para a etapa. Colocou literalmente a “faca entre os dentes” e fez uma largada espetacular pulando na frente e fazendo o hole shote. Colado nele veio o piloto de Sananduva Guilherme Zaparolli, “o retorno”,  com Ândrio Seben em 3º, Charles da Silva em 4º e o primeiro bloco sendo completo por Kevin da Silva na 5ª posição. Era intenso os duelos pelo pódio, até que na 1ª metade da prova, Ândrio assume a 2ª posição e mais tarde Nícolas Oliveira, que vinha em prova de recuperação. Esse era o duelo da tarde, e também o do campeonato. Ninguém abria mão a cada curva e a cada reta. Dambros confirmou vitória de ponta a ponta seguido de Ândrio, Nícolas, Guilherme e Leonardo Limberger que com o 5º lugar ainda se mantém líder empatado em 50 pontos com Dambross.

IMG_3430

Publico veio em peso e vibrou em todas as baterias

MX4

Visoto larga na frente na MX4 sendo seguido por Glaureci que rasgam reta da largada lado a lado. A primeira curva pertence a Lemos que fica assim na volta inicial tendo Visoto, Adecir de Lima e Alexandre Lima. Amir Tenedine vem no bloco da frente em 5º lugar e o pilot da casa Roberto Rui em 6º. Amir aos poucos vai chegando e na volta final, ultrapassa Adecir e fica com a 3ª posição. A vitória foi de Lemos que recebeu a quadriculada por meia moto num dos maiores pegas do ano. Visoto foi 2º. Ainda no pódio subiram Adecir em 4º e Alexandre em 5º.

IMG_3544

Lemos #88 venceu o duelo com Visoto#27

MX2

A MX2 começo com o duelo e trocas de posições entre Michel  de Lima e Ândrio Seben. Largando mal, Leonardo Tenedine vai aos poucos buscando posições e na reta final estava encostado em Michel que ocupava o 2º lugar. Na ponta Ândrio confirma a boa fase para vencer a etapa e Tenedine assume a 2º olocação no “apagar das luzes”. Michel veio em 3º seguido de Luan Dalmas e Leonardo Menegath que também subiram no pódio.

IMG_3446

Mesmo largando mal Tenedine foca na vitória, mas chega em 2º.

Intermediária MX1

Juliano Mercali surpreendeu e venceu a etapa na Intermediária mX1  seguido de Charles da Silva, Júlio Flasch, Kevin da Silva e Ederson Moraes. O líder agora é Glaureci Lemos  que chegou na 6ª colocação da etapa e agora está com 55 pontos contra 50 de Rodrigo Galiotto que recupera-se de uma contusão.

IMG_3622

Mercalli venceu a Intermediária MX1

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly