Quinta etapa do Gaúcho de Motocross poderá definir futuros campeões

Por FGM | Foto por Divulgação | 30 de junho de 2016 - 10:21

Com previsão de tempo bom e temperatura de verão neste rigoroso inverno gaúcho, podendo chegar a 25 graus, Tapejara, cidade distante 300 km da capital Gaúcha, Porto Alegre, recebe neste fim de semana, dias 2 e 3 de julho, a quinta etapa do Gaúcho de Motocross temporada 2016.

216_2691917093

O evento acontecerá no centro de Treinamento Borilli Racyng, pista que já sediou o brasileiro de Motocross em 2015 e que para esta etapa do gaúcho está sendo remodelada com várias intervenções e uma delas foi a instalação do sistema de irrigação para dar mais agilidade na manutenção da pista.

Com a chegada da quinta etapa, começam a se definir os prováveis nomes ao posto de campeão de suas categorias e pilotos como Felipe Mombach, piloto destaque e sensação é o atual líder da MXPró e MX2 deste ano, e junto a ele, somam-se os pilotos Mateus Basso, segundo colocado das duas categorias citadas, Leonardo Tenedini, líder da Intermediária MX2 e Walter Tardim, líder da MX3 que brigam nesta quinta etapa para se manter entre os primeiros e levar para a sexta etapa em Ijuí um pouco mais de tranquilidade rumo ao título de 2016.

Serão 13 categorias disputando as melhores posições neste fim de semana. Os treinos livres começam a partir do meio dia de sábado e no mesmo dia, três provas abrem a quinta etapa.

Confira abaixo a classificação geral dos três primeiros colocados de cada categoria.

50cc A
1º – Matheus Andriotti Kappel – 94 pontos
2º – Pietro Dalla Nora Piroli – 72 pontos
3º – Eduardo Camargo – 20 pontos

50cc B
1º – Rafael Becker – 100 pontos
2º – Gustavo Nogueira – 44 pontos

65cc
1º – Henrique Henicka – 95 pontos
2º – Garmichel Rodrigues Giehl – 84 pontos
3º – Kauê Calza Benatto – 75 pontos

Intermediária MX1
1º – Fabiano Nestor dos Santos – 97 pontos
2º – Rodrigo Galiotto – 70 pontos
3º – Nicolas Eduardo de Oliveira – 66 pontos

Intermediária MX2
1º – Leonardo Tenedini – 81 pontos
2º – Joaquin Tornielli – 78 pontos
3º – Franco Oliveira – 70 pontos

Júnior
1º – Bruno Fensterseifer Schmitz – 100 pontos
2º – Pedro Biasoli Magero – 86 pontos
3º – Gabriel Bohrer Andrigo – 62 pontos

MX Pró
1º – Jose Felipe Mombach – 67 pontos
2º – Mateus Basso – 61 pontos
3º – Leonardo Lizott – 58 pontos

MX2
1º – Jose Felipe Mombach – 90 pontos
2º – Mateus Basso – 87 pontos
3º – Leonardo Lizott – 87 pontos

MX3
1º – Walter Tardim – 84 pontos
2º – Marcos Cordeiro – 75 pontos
3º – Leandro Schwindt – 70 pontos

MX4
1º – Walter Tardim – 79 pontos
2º – Leandro Schwindt – 67 pontos
3º – Gustavo Visoto – 59 pontos

MX5
1º – Marco Muller – 50 pontos
2º – Eduardo Timm Bergmann – 40 pontos
3º – José Paulo Bregolin – 36 pontos

Nacional
1º – Cassio Anacleto Espindola – 100 pontos
2º – Jailo Fernando Boesing – 79 pontos
3º – Ricardo Melo de Oliveira – 68 pontos

Novatos Importada
1º – Douglas Baesso Colett – 72 pontos
2º – Leandro Fole – 70 pontos
3º – Franco Nahuel Oliveira Rodrigues – 63 pontos

Ingressos a partir de R$ 10,00 e crianças até 10 anos acompanhadas de seus pais não pagam. Vale a pena conferir.

Segue lista de hotéis na cidade de Tapejara

Hotel Fontana
Rua 20 de Setembro, 55
(54) 3344-2298

Gaúcho Hotel
Rodovia RS 467, s/n
(54) 3344-1551

Sol Ville Hotel
Rua XV de Novembro, 265 – Centro
(54) 3344-0100

O campeonato Gaúcho de Motocross tem os seguintes apoiadores: Biker, Líder MX, Works Suspension, Mx Moto Graphics, GDez, Zuun Motorcycles, Potência Máxima, Mundocross e Jornal O Podium.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly