Sessão estaleiro AMA Motocross 2016 – Washougal

Por Mariah Morgado | Fotos por Promotocross e GuyB | 22 de julho de 2016 - 20:27

Vamos dar uma olhada nos pilotos que estão lesionados ou retornando de lesões para a 9a etapa do AMA Motocross 2016, que acontece neste sábado em Washougal.

Categoria 450MX

Trey Canard – Concussão

Canard voltou a correr em Spring Creek depois de seu acidente em Thuder Valley, mas sofreu um acidente enquanto treinava na terça feira e sofreu uma concussão. Ele e a equipe determinaram que o melhor plano a seguir é que ele não dispute a etapa de Washougal. As expectativas são que ele esteja pronto para a etapa de Unadilla, sua condição será avaliada mais próxima a etapa.

Broc Tickle – Pelve
Tickle está fora do restante da temporada devido a pelve fraturada que sofreu no acidente em Spring Creek.

Adam Enticknap – Fêmur
Enticknap quebrou o fêmur no começo do ano e já voltou a treinar. Ele já voltou a treinar e deve voltar em Washougal neste final de semana.

Justin Bogle – Dolorido
Bogle caiu durante a 2a bateria em Southwick enquanto tentava se recuperar depois de ter sido derrubado por Christophe Pourcel na primeira volta e talvez volte a correr em Washougal.

Cole Seely – Dedo da mão
Seely recebeu uma pedrada no dedo mínimo da mão enquanto treinava e as radiografias mostraram uma fratura que precisou ser reparada com cirurgia e não se sabe se ele vai correr em Washougal.

Blake Baggett – Ombro
Baggett caiu forte nos treinos em Southwick e deslocou o mesmo ombro que machucou em Hangtown. Ele está fora do restante da temporada.

Matt Bisceglia – Pulmão e costelas
Bisceglia caiu na semana passada enquanto liderava a consolation race (LCQ) e fraturou algumas costelas e uma perfuração pulmonar parcial. Ele deve voltar em Unadilla.

Jason Anderson – Clavícula 

Anderson quebrou a clavícula em três lugares e sofreu uma luxação leve no ombro treinando há duas semanas. Espera-se que ele perca de 6 a 8 semanas de competição.

Wil Hahn – Clavícula, labrum e escápula
Hahn sofreu um acidente grave em Atlanta e sofreu diversas lesões. Ele espera voltar para as duas últimas etapas da temporada.

Josh Grant – Tornozelo

Grant operou os dois tornozelos e está fora do restante do campeonato. 

Ryan Dungey – Pescoço
Dungey fraturou uma vértebra cervical em Thunder Valley e está fora do restante da temporada.

Tommy Hahn – Tornozelo
O irmão Hahn mais velho lesionou o tornozelo durante o supercross e está fora da temporada e  está sendo substituído por Cole Martinez.

Justin Bogle

Justin Bogle

Categoria 250MX

Justin Hill – Coluna
Hill lesionou a coluna há algumas semanas, mas já voltou a treinar. Ele volta neste final de semana em Washougal.

Jordon Smith – Ombro
Smith não correu em Southwick depois de machucar o ombro. A equipe GEICO Honda disse que a lesão não é grave e não correu nas duas últimas etapas, mas ainda não há confirmação se irá correr em Washougal.

Shane McElrath – Concussão, ombro, pulmão e costelas
McElrath está se recuperando de uma concussão, um deslocamento acromioclavicular grau 3, uma contusão pulmonar e sete costelas quebradas (de acordo com seu instagram). O acidente aconteceu na última volta da 2a bateria em Southwick quando McElrath disputava a 3a posição com Alex Martin. Ainda não há um prazo para seu retorno.

Christian Craig – Perna
Craig quebrou a tíbia e fíbula em Glen Helen. Ele passou por cirurgia e vai correr no dia 22 de Julho para avaliar se poderá ou não voltar antes do final da temporada.

Jessy Nelson – LCM e contusão óssea
Nelson caiu em Thunder Valley e sofreu um entorse grau 2 no LCM e uma contusão no fêmur. Ele volta em Unadilla.

Chris Alldredge – Pelve
Alldredge fraturou a pelve em Las Vegas e espera-se que ele volte antes do final da temporada para disputar as últimas etapas.

Zach Bell – Clavícula e infecção
Bell precisou passar por duas cirurgias para reparar uma clavícula quebrada e uma infecção secundária. A infecção está completamente curada, mas o osso ainda não está 100% curado. Ele está fora da temporada do AMA Motocross 2016.

Alex Frye – Joelho
Frye passou por uma cirurgia depois de romper o LCA e ficará de fora do restante da temporada.

Michael Leib – Pé e tornozelo
Leib descobriu em meados da temporada do supercross que tinha quebrado o talus e o navicular (ossos do pé) em Janeiro. Ele passou por uma cirurgia na semana passada e declarou em seu Instagram: Eu tenho um longo caminho pela frente, mas mal posso esperar para poder andar normal, ser normal e não sentir dor 24 horas por dia.” 

Justin Hill volta a competir em Washougal

Justin Hill volta a competir em Washougal

fonte: Racerx

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly