Final do Gaúcho de Motocross promete muitas emoções

Por Anisteu Faggion - Zuun Motorcycles | Foto por Anisteu Faggion - Zuun Motorcycles | 19 de outubro de 2016 - 12:25

Neste próximo final de semana, dias 22 e 23 de outubro, a cidade de Montauri/RS, localizada na serra gaúcha distante 233 kilometros da capital Porto Alegre estará recebendo a sétima e última etapa do Gaúcho de Motocross no Parque Municipal de Eventos Pedro Osvaldo Caletti e nove das 13 categorias ainda estão totalmente indefinidas, e muitos pilotos ainda tem chances de conquistar títulos na temporada 2016.

Na cinquentinha A, Pietro Pirolli de Tapejara que já faturou o Campeonato Gaúcho de Velocross quer mais. Pirolli pode até chegar na terceira posição que mesmo assim fatura o título da categoria. Matheus Kappel de Marau vem oito pontos atrás e precisa vencer e torcer por um tropeço de Pirolli para conquistar a taça deste ano. Tudo aberto.

Henrique Henicka de Lajeado e Rafael Becker de Itapiranga, Santa Catarina ainda brigam pelo campeonato 2016, categoria 65cc. Henicka por sua vez vem dez pontos a frente e entrará na pista podendo chegar até em quarto que fatura o título.  Um pouco mais difícil, mas não impossível, o arrojado Rafael Becker que deu prioridade para o brasileiro de MotoCross e ainda, tornou-se o campeão brasileiro nesta temporada, vem na busca do gaúcho. Na cola dos dois, Garmichel Gihel de Dois Irmãos promete incomodar e buscar sim uma posição melhor na final. Garmichel está apenas a dois pontos do segundo e a doze do primeiro. Independente da conquista de títulos desta categoria será uma prova para curtir mesmo, pois este três pilotos vão dar um show na pista de Montauri.

Faísca, este é o adjetivo que será usado para a disputa da Intermediária MX1. Os protagonistas Fabiano dos Santos de Venâncio Aires e Nicolas de Oliveira de Portão estão separados apenas de três pontos um do outro. Usando os critérios de desempate e podendo chegar em segundo, Fabiano fica com o título de 2016 por ter melhores posições na tabela de classificação. Nicolas que vem muito forte nesta reta final precisa vencer e torcer para que Fabiano chegue em terceiro. Esta prova terá sim um momento eletrizante e não faltará emoção até a bandeirada final.

Empatados, Douglas Collet de Casca e Leonardo Tenedini de Porto Alegre chegam a final ambos com 107 pontos e tudo pode acontecer na Intermediaria MX2. Collet chega a Montauri buscando seu segundo título da temporada no MX, já que conquistou de forma antecipada a categoria Novatos importadas. Para Tenedini, é vencer e vencer. Não tem outra opção. Quem vem logo atrás e promete estragar a festa é Joaquim Tornielli de Cardona, Uruguai, quatro pontos atrás do lider e vice. Outra prova de tirar o fôlego.

Na MX3 e MX4, os pilotos Leandro Schwindt de Novo Hamburgo e Matias Wisniewski de Frederico Westphalen estão literalmente atrás de Walter Tardim, piloto que vem do Rio de Janeiro e é líder nas duas categorias. Walter por sua vez corre confortavelmente por vitórias ou segundos lugares já que tem uma pontuação segura para os demais pilotos. Mas nada está definido e estas duas categorias ainda tem muita história pra contar.

Na categoria MX5, os veteranos estão literalmente “se puxando” e fazendo bonito em 2016. A briga está aberta e três pilotos disputam o título da temporada. Marcio Molz de Panambi e Eduardo Timm Bergmann de São Lourenço do Sul chegam a final empatados em segundo com 64 pontos e buscam o líder Marcos Muller, o “Milão” de Nova Hartz que vai a Montauri com 11 pontos de vantagem e só precisa de um terceiro lugar para levar para casa mais um título no Motocross.

Mas o domingo promete marcar na história do Motocross gaúcho uma grande disputa nas categorias MX2 e MX Pró. Os protagonistas desta história são Felipe Mombach de Montenegro, piloto revelação de 2016 e Leonardo Lizott de Sertão. A briga pelo título destas duas categorias está aberta, mas Mombach está indo para a final com certa vantagem na Pro e pode chegar até em quarto que assegura a taça de 2016. Na MX2 cinco pontos separam Mombach de Lizott e um segundo lugar já assegura as duas competições para Mombach nesta temporada. Para Lizott não tem outra conversa senão vencer as duas categorias e torcer para que Mombach tropece na competição. Não menos importante, Mateus Basso de Gentil vem em terceiro nas duas categorias e busca posição melhor no fim do campeonato.

Será com certeza um final de semana intenso e cheio de adrenalina, arrojo, competição e muita diversão. Vale a pena conferir o melhor do Motocross Gaúcho e a cidade de Montauri estará pronta para receber a todos, Até Lá!

Ingressos a R$ 15,00 reais, com direito a uma rifa com varios prêmios em dinheiro, e ingresso normal R$10,00, e crianças até 10 anos acompanhadas de seus pais não pagam. Proibida a entrada de bebidas no parque.

O campeonato Gaúcho de Motocross tem os seguintes apoiadores: Borilli Racing, Biker, Líder MX, Works Suspension, Mx Moto Graphics, GDez, Zuun Motorcycles, Potência Máxima, Mundocross e Jornal O Podium.

Hoteis e Pousadas:

Hotel Via Gênova – Serafina Corrêa/RS – (54) 3444-1664 – Distante 17km

Hotel Cá Dei monti – Serafina Corrêa/RS  – (54) 3444-1226 – Distante 17km

Hotel Trevo – Casca/RS – (54) 3347-1304 – Distante 24km

Hotel Conforto – Marau/RS – (54) 3342-4779 – Distante 47km

Hotel de Conto – Marau/RS – (54) 3342-1896 – Distante 47km

244_3382237963

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly