Gaúcho de Motocross encerra com etapa maiúscula em Montauri

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar/Anisteu Faggion | 27 de outubro de 2016 - 22:07

A história do Gaúcho de Motocross é escrita por passagens em cidades pequenas, mas com um povo acolhedor. É esse carinho que pilotos e equipes procuram ao levar seus shows às cidades que recebem uma etapa do gaúcho de MX. E foi nesse clima que tivemos no final de semana 22 e 23 de outubro em Montauri na grande final do campeonato. A recepção contou com um delicioso churrasco a pilotos, equipes e convidados além de show musical no parque municipal de eventos. Para retribuir a hospitalidade, pilotos começaram no sábado a definir os campeões da temporada que teve como grande destaque Mombach e Tardim ao vencerem em duas categorias cada.  Veja como foi.

podium-mont

Timm é campeão na MX5

Com vantagem na tabela de classificação, Eduardo Timm largou no pelotão da frente, seguindo o líder Marco Müller, O Milão e Timm até chegou a beliscar a liderança, mas levou o “Xis”. Milão manteve a liderança do começo ao fim, seguido de Márcio Molz que na 3ª volta chegou a vice – liderança. Timm usou o regulamento, administrou a 3ª colocação para alcançar o título, Milão foi vice-campeão. Na etapa ainda tivemos Genésio Ferreira e Mario Araújo, O Bicho de Pé.

img_1225

Timm levou o título da MX5

Título da Novatos confirmado para Douglas Colett

Douglas Colett, largou na ponta da prova da Novatos Importadas, o título já estava em sua bagagem, mas ele queria fechar com chave de ouro. Largou na ponta segurou o ímpeto do piloto da casa, Leandro Fole e venceu de ponta a ponta. Colett venceu seguido de Rangel Cardoso, que assumiu a vice-liderança após o tombo de Folé na 3ª volta. Ainda tivemos Augusto Pompermaier em 3º, Tiago Barbizan em 4º, eles que fizeram o duelo da bateria e Fole em 5º na etapa, mas o vice-campeão 2016.

img_1250

Colett é campeão da Novatos importada 2016

Provas de domingo

Deu Pirolli e Becker na 50cc A e B

As categorias de base entraram na pista pois a chuva estava por chegar. Na categoria 50cc, Matheus Kappel fez o hole shote, mas erra e Rafael Becker assume a ponta e assim ficou até a quadriculada. Em 2º, Pietro Piroli com Matheus e Gabriel Freitas na geral.  Rafael é Campeão na Classe B com Gustavo Nogueira o vice. Pietro é campeão na Classe A com o vice -campeonato para Matheus Kappel.

img_2669

Pietro levou o caneco da 50cc A

becker-7

Becker foi campeão na 50cc B

Bruno é campeão da Júnior

Uma largada alucinante na categoria Júnior.Em uma volta, 3 pilotos se revezaram na liderança. Pedro Magero, Gabriel Andrigo e Bruno Schmitz. No começo da 2ª volta, Bruno se fortalece na ponta enquanto que Gabriel ocupa a 2º colocação, Pedro após a queda perde posições mas em grande recuperação chega em Gabriel e ainda tenta a vitória. O piloto de Caxias chegou a ultrapassar o piloto de Marau, chega a ultrapassa-lo, mas leva o troco. Bruno venceu a etapa final seguido de Gabriel, Henrique Henicka, Pedr e Gustavo Feltrin.  Bruno Schmitz é o  campeão gaúcho da temporada.

bruno-40

Bruno levou o caneco na Júnior

Henicka é campeão gaúcho da 65 após conquistar o brasileiro

O piloto de Lajeado, Henrique Henicka mostrou que está em grande fase. Largou em 2º atrás de Garmichel Giehl e logo assumiu a liderança para vencer a etapa e selar de vez o título que já era seu de forma antecipada. Garmichel se manteve em 2º com Kauê Benatto em 3º. Na 4ª colocação aparece Guilherme Bresolin que bateu o recorde da pista na categoria e Rafael Becker fechou o pódio.

henr-2012

Henrique venceu o gaúcho e o Brasileiro de MX na 65cc

Tardim: Carioca venceu o campeonato de MX4

O carioca, radicado no RS Walter Tardim, largou na ponta da MX4, mas logo foi ultrapassado por Fabiano Ribeiro e logo atrás em seu encalço aparecia Amir Tenedini. Leandro Schwindt largou mal assim como Gustavo Visoto. Com a pista totalmente embarreada, as posições não mudaram e Walter administrou o 2º posto, para sagrar-se oficialmente campeão da MX4.

img_0979

Ribeiro o vencedor da etapa da MX4

Walter Tardim confirma título da MX3

O título da MX3 estava entre Matias Wisniewski e Walter Tardim. Matias teria que vencer e torcer por tropeço de Tardim chegando de 5º em diante. Walter largou na ponta, mas Matias aproveitou-se da queda do líder para assumir a liderança. Walter cai para 5º. Matias era líder mas  Maiara Basso, que largou m 3º acelerou, forçou e com o apoio da torcida, assumiu a liderança. Com pista pesada, Matias não teve forças para buscar a liderança. Maiara venceu, Matias foi 2º com Walter em 3º após buscar recuperação. Eduardo Treviso ficou em 4º lugar na etapa.  Leandro abandonou.

img_1365

Walter Tardim, O carioca foi campeão na MX3 e MX4

Tenedini é campeão da Intermediária MX2

O piloto de Porto Alegre Leonardo Tenedini e Douglas Colett empatados, disputavam o título. O camepão era quem chegasse à frente. Na largada, Gabriel Andrigo fez o hole shote com Colett em 2º e Tenedini em 3º. Os três na mesma tocada e superando o barro. Na 4ª volta, as coisas melhoram para Colett ao assumir a liderança. Tenedini vinha em 2º. Entre erros e acertos, tombos e  superações, tenedini ultrapassou Colett no último terço de corrida. Tenedini vence e sagra-se campeão gaúcho 2016. Colett é vice – campeão. Na prova ainda tivemos Gabriel em 3º,Leandro Fole em 4º e Joaquim Tornielli, O Paqui em 5º.

img_1350

Leonardo Tenedini comemora na pista o título com a família e com amigo

Mombach é campeão gaúcho 2016 da MX2

A categoria que chegou a Montauri com todas as atenções voltadas a ela, em se tratando das categorias Pró, foi a MX2. Cinco pontos separavam José Felipe Mombach e Leonardo Lizott que já havia sido campeão em 2014 e contava com cartel de experiências.  Mombach que fez todo campeonato co apenas 17 anos completou 18 dia 10 de outubro, veio com o intuito de buscar de forma inédita os títulos da temporada 2016 nas duas maiores categorias.

img_1437

Mombach é o piloto revelação de 2016 ao vencer a MX2 e MX Pró na temporada

Uma largada nervosa, com Mateus Basso em 1º, Leonardo Lizott em 2º Lucas Basso em 3º Joaquim Tornielli em 4º. Mombach largou em 6º. Um duelo de gigantes na frente sendo que Lucas assume a 2ª posição logo na 3ª volta. Mombach em recuperação buscava posições chegando ao 4º posto ainda na 1ª metade da prova. As voltas finais foram de tirar o fôlego, quando Lizott  assumiu a 2ª colocação numa manobra espetacular na curva da sonorização. Mombach dava a resposta e chegava ao 3º lugar ao deixar Lucas para trás logo em seguida. Mateus venceu a etapa, Leonardo Lizott foi 2º e focou com o vice-campeonato. José Felipe Mombach finalizou em 3º, com o regulamento na má tornando-se o grande campeão da MX2. Na etapa Lucas em 4º e Cale Florin na 5ª posição.

img_1445

Tatu venceu a prova da MX2

Fabianinho é campeão na Intermediária MX1

Um já foi duplamente campeão gaúcho em outros tempos, e também já foi campeão brasileiro com motos nacionais, Fabiano dos Santos, O Fabianinho. O Outro vem numa crescente nos últimos tempos somando pontos e vitórias tanto no Gaúcho coo no regional de motocross. Uma pequena vantagem na classificação deixava Fabiano confortável. Mas na corrida não tem nada de aliviar, Fabiano largou na frente com Nícolas em seu encalço. O duelo era bom na volta inicial, mas Nícolas cai,custa a reanimar a máquina voltando em último. A diferença de 37 segundos não o assustou e ele começou sua prova de recuperação. Em 4 voltas buscou 6 posições, diminuiu a diferença para 12 segundos na volta final. O duelo entre Marcelo Pedot, Kevin da Silva, o Polentinha e Diego Muliterno pelas colocações intermediárias também deu o que falar.  Nícolas chega em 2º, Diego em 3º,Marcelo em 4º e Polentinha em 5º na etapa vencida pelo experiente Fabiano e que lhe deu o título.

img_1551

Premiação da Intermediária MX1. Fabiano ao alto é campeã, Nícolas a esquerda é Vice.

 Cássio foi campeão antecipado na Nacional

O piloto de São João/SC, radicado no RS já havia garantido o título por antecipação, mesmo assim foi a Montauri para participar da etapa, contudo o tempo pesado, também pesou em sua decisão de poupar o equipamento para outras disputas ainda esse ano.

img_1932

Cássio venceu o campeonato da Nacional antecipadamente

Com isso a etapa teve Vanderlei Graepin largando na frente, seguido de Leandro Fole e Bruno da Luz. A liderança mudou de mão entre os três e também chegou a ficar com Jailo Boesing   nas voltas inicias até cair para Bruno que tratou logo de abrir boa vantagem. Fole reage e chega a voltar para a liderança na 5ª volta, mas cai deixando tudo para Bruno resolver. Bruno venceu a etapa, seguido de Leandro Fole, Jailo, Vanderlei e Arthur Giuriatto. Fole é o vice – campeão da categoria.

img_1509

Bruno da luz, O Mokinha de Porto Alegre venceu a etapa final em Montauri

MX Pró colocou José Felipe Mombach na história do Motocross Gaúcho

Mombach entrou para a disputa da MX pró um pouco mais tranquilo, primeiro por que já havia conquistado o título da MX2 e também por sua vantagem nessa categoria ser um pouco maior. Na corrida, Mateus Basso, o tatu largou na ponta seguido de Leonardo Limberger  que vendeu caro a ultrapassagem de Leonardo Lizott, o 3º. Apenas na 6ª volta, o piloto de Sertão aparece em 2º. Limberger era o 3º, Mombach o 4º e Lucas Basso o 5º. Os duelo eram espetaculares e com muita dificuldade na pista, moto e equipamento estavam com o dobro do peso, mesmo assim Lizott negociou melhor, pressionou e assumiu a liderança. Ele fez sua parte que era vencer a etapa, mas José Mombach queria duplo título e chegou em 3º conquistando de forma inteligente  e brilhante ao usar o regulamento  ser campeão da MX Pró. Ele que veio recentemente das categorias de base e ainda não havia sequer um título gaúcho de motocross, agora tem dois. Na etapa ainda tivemos Leonardo Limberger, O Poti em 4º e Leonardo Dambros em recuperação chegando em 5º.“Isso parece u sonho, mas é realidade, sou campeão Gaúcho da MX2 e da MX Pró. Mais uma vez agradeço a Deus pela proteção e a todos que acreditaram em mim”. Valeu todo o esforço e treinamento que tive”. Comemorou Mombach.

img_1419

Lizott venceu a etapa final da MX Pró

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly