Sucesso e casa cheia na 13ª edição do Campeonato Brasileiro Mundial Prime de Arena Velocross

Por Speedcom | Fotos por Idário Café | 29 de novembro de 2016 - 23:54

O sábado (26) foi de sol e calor em Campina Grande do Sul, região da Grande Curitiba (PR), que sediou o Campeonato Brasileiro Mundial Prime de Arena Velocross, idealizado por Cale Neto e sua equipe.

O público, de cerca de 4 mil pessoas,  prestigiou o evento desde as primeiras horas do dia e, à noite, fez um espetáculo a parte vibrando durante a disputa das 15 categorias do velocross na maior arena coberta da América Latina.

Largada VX4

Largada VX4

O número de pilotos inscritos bateu a marca de 270 e a estrutura do evento e dinâmica das provas, mais uma vez, receberam muitos elogios.

O show de freestyle motocross da equipe Bergamini FMX com os irmãos Paô e Gian Bergamini e o parceiro Kiko Louco levou a galera ao delírio para encerrar a sabatina em grande estilo.

As lendas do esporte se reuniram em uma noite de muita adrenalina e diversão para a alegria dos visitantes e amantes do motociclismo: Jorge Negretti, Eduardo Saçaki, Marlon Olsen, Nielsen Bueno e Nasri Sarkiss protagonizaram belíssimas performances e emocionaram o público cruzando juntos a linha de chegada na categoria das estrelas.

As lendas do esporte durante a emocionante chegada da categoria das estrelas

As lendas do esporte durante a emocionante chegada da categoria das estrelas

“É uma enorme honra participar de um campeonato tão bem estruturado e divertido. Indo na contramão do que vem acontecendo no Brasil, o Arena Velocross surge a cada edição mais aprimorado, com investimento em estrutura, atrações de alto nível, novidades para o público. Trazer o freestyle motocross com os Bergamini foi uma ótima sacada para o evento, o público vibrou”, revelou Eduardo Saçaki, o japonês voador.

Sob a narração de Valério Neto, na VX1 nomes de peso travaram bons pegas, mas quem se deu bem foi o experiente Rafael Faria que chegou a frente de Carlos Badiali e Leonardo Souza sagrando-se bicampeão brasileiro de Arena Velocross.

Rafael Faria, bicampeão brasileiro da VX1

Rafael Faria, bicampeão brasileiro da VX1

A VX2 teve vitória consistente de Leonardo Souza, que mostrou ótima tocada no travado circuito de Campina Grande do Sul (PR) depois de largar na segunda posição e iniciar uma forte perseguição pela liderança. Leo Nunes não deu chance aos adversários e faturou a 85cc de ponta a ponta confirmando seu favoritismo na categoria.

Leonardo Souza em ação na VX2

Leonardo Souza em ação na VX2

E não parou por aí: as mulheres ditaram o ritmo na categoria Batom e Maiara Basso, a “gringa” sagrou-se campeã brasileira deixando Tainá Aguiar na segunda colocação. Os pequenos também mostraram muita garra na pista travada de 333 metros de extensão  e encantaram com vitória de Vitor Hugo na 50cc e Anthonny José na 65cc.

Nielsen Bueno comandou o ritmo na VX4 e recebeu a bandeira quadriculada com mais de 10 segundos de vantagem para o segundo colocado. Na VX3 Importada o ídolo Paulinho Stédile chamou a atenção, mas quem se deu bem foi Leandro Matos. A VX3 Nacional terminou de forma emocionante: na última volta Fabio de Lucena ultrapassou Rodil Ferrugem – o campeão mundial de skate e ouro nos X Games – e faturou a vitória.

A classe Estreante Especial contou com 40 inscritos, sendo que 16 largaram para a bateria final, que teve vitória de Tiago Winiarski de ponta a ponta. Já na Estreante Nacional Sandro Luiz levou a melhor e faturou o título nacional.

A 230cc teve vitória de Mauro Brazaca. Já a Força Livre Nacional foi vencida por Edinilson Batista. Nas categorias TR50 e TR100 os títulos brasileiros ficaram com Pedro Henrique Rodrigues e Mateus Bonetti.

Ao fim da noite Paô e Gian Bergamini e Kiko Louco voaram com suas motos na estrutura montada para receber a apresentação de freestyle motocross, que contou com os comentários de Jorge Negretti. Manobras de alto nível técnico foram executadas para a alegria do público que permaneceu nas arquibancadas até o último minuto do evento. Os pilotos distribuíram brindes para a platéia.

“Foi incrível participar deste evento. Ficamos admirados com a organização e a participação de tantos atletas. O público foi um espetáculo a parte, curtindo cada momento. Parabéns ao Cale Neto e toda equipe envolvida. Queremos voltar em 2017. Foi demais”, comemorou Paô Bergamini.

Em 2017 tem mais!

Resultados
Campeonato Brasileiro Mundial Prime de Arena Velocross

VX1 – prova e classificação final
1º Rafael Faria
2º Carlos Badiali
3º Leonardo de Souza
4º Humberto Martins
5º Diego Henig

VX2 – prova e classificação final
1º Leonardo de Souza
2º Rodrigo Taborda
3º Lucas Favero
4º Julio Cesar Wessling
5º Sebastião da Silva

VX3 Importada – prova e classificação final
1º Leandro Matos
2º Paulo Stédile
3º Fabiano Ribeiro
4º Fabio de Lucena
5º Nasri Sarkiss

VX3 Nacional – prova e classificação final
1º Fabio de Lucena
2º Rodil Araújo “Ferrugem”
3º Rodrigo dos Santos
4º Gean Carlos da Silva
5º Luis Gustavo Gueno

VX4 – prova e classificação final
1º Nielsen Bueno
2º Erivelto Nicoladelli
3º Fabiano Ribeiro
4º Alencar Krefta
5º Marcelo Silverio

85cc – prova e classificação final
1º Leonardo Nunes
2º João Victor Silva
3º Anthonny José
4º Bernardo Zappellini
5º Cauê Kepler

65cc – prova e classificação final
1º Anthonny José
2º Raul Miranda
3º Emanuel Vitor
4º Vitor Hugo
5º Erik Mateus

50cc – prova e classificação final
1º Vitor Hugo
2º Kauã Kannenbelg
3º Francisco Emilio
4º Gabriel de Mello
5º Enzo Martinenghi

Batom – prova e classificação final
1º Maiara Basso
2º Tainá Aguiar
3º Mozzara Bittencourt
4º Thaynara Seidel
5º paola Menegusso

Estreante Nacional – prova e classificação final
1º Sandro Luiz de Sena
2º Luis Otávio Pavinati
3º Leandro Simões de Oliveira
4º Felipe de Oliveira Mello
5º Christian Wildner

Estreante Especial – prova e classificação final
1º Thiago Winiarski
2º Bruno Felipe Hodecker
3º Alexandre Marcos Holtman
4º Gabriel Arnoldo Menestrina
5º Maurício Cesar Correa

230cc – prova e classificação final
1º Mauro Brazaca Jr.
2º Edinilson Batista
3º João Antônio Vergutz
4º Antonio Roque Mocelim
5º Jonilson Sebastião

Força Livre Nacional – prova e classificação final
1º Edinilson Batista
2º Daniel Rossini
3º Alex Júnior Assman
4º Antonio Edu Brazaca
5º Mauro Brazaca Júnior

TR100 – prova e classificação final
1º Mateus Bonetti
2º Vitor Schubert
3º Maria Fernanda Pereira
4º Mario Salles Neto

TR50 – prova e classificação final
1º Pedro Henrique Rodrigues
2º Kauã Eduardo Fernandes
3º Leandro Aparecido Stival
4º Bruno Pedro da Silva
5º João Carlos Netzel Neto
Fotos: Idário Café/IC Fotos
Organização: Cale Neto Mx Park
Produção: Pivô Brands
Texto e Assessoria de Imprensa: Speedcom
Supervisão: CBM

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly