Jake Moss sofre afastamento de quatro anos do esporte por doping

Por Mariah Morgado | Foto por Alex Gobert | 06 de dezembro de 2016 - 8:55

Ex campeão australiano de Motocross e com títulos internacionais, Jake Moss recebeu uma punição de quatro anos que o impede de competir até 14 de Julho de 2020 depois de violar a política Anti-Doping da Federação Australiana de Motociclismo, a Motorcycling Australia (MA).

De acordo com a declaração liberada pela MA, o piloto de 28 anos violou os Artigos 2.1 e 2.2 da política ‘para a presença de substâncias proibidas em amostras de um atleta e o uso de uma substância proibida’.

Amostras coletadas de Moss deram positivo para Ostarine (Categoria S.1.2 Outros Agentes Anabólicos) no dia 22 de Maio em Murray Bridge no Sul da Austrália durante a quarta etapa do Campeonato Australiano de Motocross. Os testes foram conduzidos pela Agência Anti-Doping Australiana, a ASADA (Australian Sports Anti-Doping Authority). O Mundocross fez uma matéria sobre o acontecimento na época (clique aqui).

Ostarine, ou MK-2866, é um modulador seletivo de receptores androgênicos que estimula o aumento da massa muscular e da força, sendo uma excelente opção para praticantes de musculação e atletas de fisiculturismo, sendo considerado o mais forte de todos os anabolizantes desta classificação.

A declaração de hoje confirmou que Moss ‘não solicitou uma audiência no Tribunal de Arbitragem do Desporto e consequentemente, a penalidade obrigatória de quatro anos foi imposta’. A suspensão provisória pela MA foi imposta no dia 15 de Julho e sua pena foi retroativa para incluir esse período.

A declaração da MA disse que Moss agora está inelegível para participar, como atleta ou pessoal de apoio (incluindo posições de treinador ou cargo oficial), até que tenha completado sua punição de quatro anos e o banimento inclui usar instalações associadas a MA. Moss resignou de seu contrato com a Kawasaki oficial em Agosto e se aposentou do Motocross.

Ainda não há novidades oficiais em relação ao irmão gêmeo de Jake, Matt Moss, diversas vezes campeão australiano que também foi suspenso provisoriamente das competições devido a uma suposta violação da regra anti-doping na mesma data que o irmão.

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly