ENTREVISTA MUNDOCROSS COM GABRIEL ANDRIGO – O QUE ESPERAMOS PARA 2017?

Por Mariah Morgado | Foto por Rinaldi | Fotos por Rinaldi e Facebook | 12 de Janeiro de 2017 - 19:30

Vamos começar o Ano Novo batendo um papo com as estrelas de nosso esporte. Hoje, Mariah Morgado sentou para conversar com Gabriel Andrigo.
Placa de 5 segundos no ar, largou……

Mundocross – Gabriel, vamos largar com uma retrospectiva da temporada 2016. Como foram as suas competições no ano passado?

Gabriel – Foram boas, fiz as classificatórias do Loretta Lynn’s, com bons resultados(um terceiro e um segundo lugar). Peguei podium na abertura do Arena Cross com a terceira colocação. Bons resultados no Brasileiro, pois estava com apenas 11 anos. Mesmo perdendo algumas etapas do Campeonato Gaúcho, consegui ficar Vice-Campeão.

Mundocross – Ainda sobre 2016, o que você achou dos campeonatos no Brasil e no exterior? E os pilotos?

Gabriel – Aqui no Brasil os campeonatos são bons, mas no exterior é mais competitivo. Lá fora os pilotos são mais valorizados do que aqui no Brasil.

Mundocross – Como você vê o futuro do esporte no Brasil e lá fora?

Gabriel – No Brasill, não vejo muito futuro, já lá fora, você tendo bons resultados é mais fácil de arrumar bons patroocionadores.

Mundocross – Vamos falar agora de 2017. Quais os seus planos para esta temporada?

Gabriel – Fazer uma pré-temporada nos Estados Unidos.

Mundocross – Como será sua pré temporada?

Gabriel – Treinar bastante.

Mundocross – Quais suas expectativas para os campeonatos brasileiros e estaduais em 2017?

Gabriel – Ter bons resultados.

Mundocross – E suas expectativas para os campeonatos estrangeiros como o AMA SX, AMA MX e MXGP? Apostas?

Gabriel – AMA SX = Ken Roczen; AMA MX = Ken Roczen; MXGP = Tim Gasjer. Serão campeonatos muito competitivos.

Mundocross – Para você, quais serão os desafios esperados para 2017?

Gabriel – Brigar pelo título no Arena Cross e do Brasileiro.

Mundocross – Quais as suas aspirações e metas no esporte?

Gabriel – Ser campeão do AMA SX e MX.

Mundocross – Em 2017, teremos a volta do Campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha?

Gabriel – Bom, mas temos que ser mais valorizados pelas federações e patrocinadores.

Mundocross – Na sua opinião, o que precisa ser feito para melhor a situação do esporte no Brasil? Sugestões?

Gabriel – Dando mais valores aos pilotos e equipes, como a infraestrutura (banheiros, pistas em perfeitas condições) e até mesmo o financeiro.

Mundocross – E os patrocínios e apoios para 2017?

Gabriel – IMS, Rinaldi, Art Cross, Es Cpas, M3 Suspensões

Mundocross – Muito obrigada por bater esse papo com a gente. Feliz 2017 e desejamos boa sorte e boas corridas. Agora o espaço e a palavra são todos seus.

Gabriel – Agradeço ao Mundocross pelo espaço e aos meus patrocinadores por todo o apoio.

Perfil do piloto Gabriel Andrigo

Nome completo: Gabriel Bohrer Andrigo
Data de nascimento: 28-10-2004
Cidade onde nasceu: Passo Fundo – RS
Cidade onde mora: Marau – RS
Apelido: Gabi
Quando ingressou no esporte: 2007
Motos atuais: KTM 105 e KTM 125
Moto favorita: KTM 125
Principais títulos: Campeão Brasileiro e Campeão Arena Cross
Ídolo no Motocross Nacional: Gustavo Pessoa
Ídolo no Motocross Internacional: Ken Roczen
Pista de Motocross favorita em seu estado: No meu CT
Pista de Motocross favorita no Brasil: Trindade
Pista de MX favorita no exterior: Hangtown
Comida favorita: Frango na mostarda
Bebida favorita: Suco
Estilo de filme preferido: Ação
Comida nos dias de corridas: Massa
Bebida nas corridas: Água
Lazer preferido: Praia
Esporte preferido fora o Motocross: Futebol
Facebook: Gabi Andrigo
Instagram: Gabi Andrigo

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly