ENTREVISTA MUNDOCROSS COM PEDRO NETO – O QUE ESPERAMOS PARA 2017?

Por Mariah Morgado | Fotos por Dinotrilha e Barão | 24 de janeiro de 2017 - 22:26

Dando continuidade em nossa série de entrevistas de começo de ano, hoje Mariah Morgado sentou para entrevistar o alagoano e estrela do MX do Nordeste, Pedro Neto.

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundocross – Piloto, vamos largar com uma retrospectiva da temporada 2016. Como foram as suas competições no ano passado?

Neto – Foram ótimas, tive bons resultados, mesmo não me dedicando tanto, conquistei os principais títulos do Nordeste, sendo campeão do Arena Nordeste de Motocross na MX2  e campeão Pernambucano na MX1.

Mundocross – Ainda sobre 2016, o que você achou dos campeonatos no Brasil e no exterior? E os pilotos?

Neto – Tivemos uma grande queda de pilotos no Brasil, como também dos campeonatos, a falta de apoio justificou tais decaídas. Fora do país sempre tem novidades, o nível cresce cada vez mais e isso só tende a evoluir.

Mundocross – Como você vê o futuro do esporte no Brasil e lá fora?

Neto – Estamos em um grande processo de mudança no país, e está afetando muito em nosso esporte, talvez isso continue nessa temporada, podendo voltar a evoluir apenas em 2018 e 2019. Fora do país, como citei acima, tudo só tende a crescer cada vez mais, venho acompanhando pouco as corridas nos Estados Unidos e Europa, mas já vejo que temos mais ‘’Rookies’’ aparecendo e dando trabalho pra galera mais velha.

Mundocross – Vamos falar agora de 2017. Quais os seus planos para esta temporada?

Neto – Quanto aos planos para temporada 2017 estamos em ‘’OFF’’, mas em breve teremos muitas informações legais para todos que nos acompanham.

Mundocross – Como será sua pré temporada?

Neto – Irei poupar o equipamento e o corpo, como os campeonatos que irei participar começam próximo ao segundo semestre do ano, iremos fazer treinos distribuídos durante os primeiros 6 meses.

Mundocross – Quais suas expectativas para os campeonatos brasileiros e estaduais em 2017?

Neto – Até o momento não estou confirmado em nenhuma etapa do campeonato brasileiro, porém, no Nordeste, estarei mais uma vez defendendo os títulos na MX1 e MX2 no Arena Nordeste e Pernambucano de Motocross.

Mundocross – E suas expectativas para os campeonatos estrangeiros como o AMA SX, AMA MX e MXGP? Apostas?

Neto – Minha aposta no AMA vai para o Roczen, mesmo com sua lesão, ele irá voltar muito mais rápido no Motocross, pois é um piloto incrível, totalmente diferenciado dos outros nessa temporada. Quanto ao MXGP, Jeffrey Herlings e Jorge Prado são os pilotos que acredito que levarão novamente a KTM ao topo.

Mundocross – Para você, quais serão os desafios esperados para 2017?

Neto – Estou me dedicando aos estudos, trabalhos, etc. Motocross será um lazer, mesmo assim irei me dedicar o máximo que puder para honrar meus patrocinadores.

Mundocross – Quais as suas aspirações e metas no esporte?

Neto – Tudo o que conquistei durante esses 7 anos de carreira foram o suficiente para me sentir um piloto muito realizado, todos os 17 títulos que conquistei foram minhas metas enquanto estive 100% dedicado ao Motocross. Pretendo continuar a conquistar muitos outros.

Mundocross – Em 2017, teremos a volta do Campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha?

Neto – Achei algo super bacana para o Brasil, pistas de alto nível, o que não temos a muito tempo, mas, se não tivermos pistas que realmente seja bem cuidadas, poderá ser totalmente diferente para nós, pilotos.

Mundocross – Na sua opinião, o que precisa ser feito para melhor a situação do esporte no Brasil? Sugestões?

Neto – Precisamos de mais incentivo de empresas, marcas que possam investir e principalmente do Governo Federal, nosso esporte tem muito a crescer, porém, sem incentivo isso não acontece.

Mundocross – E os patrocínios e apoios para 2017?

Neto – Estamos renovando nossos contratos, buscando novos patrocinadores, onde apresentaremos em breve.

Mundocross – Muito obrigada por bater esse papo com a gente. Feliz 2017 e desejamos boa sorte e boas corridas. Agora o espaço e a palavra são todos seus.

Neto – Obrigado ao Mundocross, em especial à Mariah Morgado, pelo espaço, agradeço a todos que me acompanham em minhas redes sócias, patrocinadores, enfim, à todos que estão caminhando junto á mim nessa história. Grande abraço á todos vocês.

Perfil do piloto Pedro Neto

Nome completo: Pedro Samuel de Melo Neto

Data de nascimento: 02/06/99

Cidade onde nasceu: Maceió-AL

Cidade onde mora: Maravilha-AL / Maceió-AL

Apelido: Pedro Neto

Quando ingressou no esporte: 2010

Motos atuais: MXF250cc

Moto favorita: MXF250CC

Principais títulos: 6x Campeão Arena Nordeste de Motocross

Ídolo no Motocross Nacional: Pedro Melo JR.

Ídolo no Motocross Internacional: Chad Reed

Pista de Motocross favorita em seu estado: Arapiraca-AL

Pista de Motocross favorita no Brasil: Três Lagoas-MS

Pista de MX favorita no exterior: Pala e Glen Helen

Estilo de filme preferido: Comédia

Lazer preferido: Cinema

Esporte preferido fora o Motocross: Motovelocidade

Facebook:  @pedroneto119

Instagram: @pedroneto119

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly