Sessão estaleiro AMA Supercross 2017 – Daytona

Por Mariah Morgado | Fotos por GuyB | 10 de Março de 2017 - 19:45

Vamos dar uma olhada nos pilotos que estão lesionados ou retornando de lesões para a 10a etapa do AMA Supercross 2017, que acontece neste sábado em Daytona.

Categoria 450SX

Cooper Webb – Ombro

Webb caiu feio na heat em Minneapolis e lesionou o ombro. Ele esteja com hematomas profundos e desde então não correu. Ele também não vai correr em Daytona.

Trey Canard – Cabeça

Canard caiu nos treinos em Toronto e não participou das classificatórias e main event. A equipe ainda não se pronunciou sobre a participação dele em Daytona.

Colton Aeck – Coluna, costelas e ombro

Aeck está fora de ação por tempo indeterminado após o acidente em Arlington que resultou em duas costelas fraturadas, algumas costelas quebradas e um ombro quebrado. Ele passou por cirurgia, já voltou pra casa na Califórnia e está fazendo fisioterapia.

Tommy Hahn – Ombro

Hahn tentou correr em Atlanta, mas a lesão no ombro o incomodou muito. Hahn tem lutado contra lesões há um tempo e depois de não conseguir correr em Atlanta, ele tomou a decisão de se aposentar das corridas profissionais. Alex Ray irá substituí-lo a partir de Daytona.

Ken Roczen – Punho, antebraço e cotovelo

Roczen sofreu um acidente grave em A2 e sofreu lesões no punho, cotovelo e no rádio (osso do antebraço). Ainda não há uma data para seu retorno.

Weston Peick – Rim e punho

Peick sofreu uma laceração no rim e deslocou o punho durante um treino em Glendale. Ele passou por cirurgia no punho e uma data de retorno ainda não foi divulgada, mas a equipe está pretendo que ele volte para as etapas finais do SX e esteja pronto para o MX.

Trey Canard

Categoria 250SX

RJ Hampshire – Tíbia/Fíbula

Hampshire vai perder o restante da temporada do SX depois de fraturar a tíbia e a fíbula em Toronto. A lesão não precisa de cirurgia e Hampshire deve voltar para a abertura do AMA Motocross.

Matt Bisceglia – Pé/Perna

Bisceglia quebrou a perna treinando em Glen Helen. Não há uma data para seu retorno e até lá será substituído por Kyle Cunningham.

Chase Sexton – Fêmur

Atlanta deveria ser a primeira corrida profissional de Sexton depois de quebrar os dois punhos antes da temporada, mas ele vai precisar esperar até o ano que vem. O piloto da GEICO queimou o fêmur durante os treinos em Atlanta e está fora do restante da temporada.

Benny Bloss – Ombro e braço

Bloss caiu em Minneapolis, deslocando o ombro e fraturando a porção superior do úmero e voltará para o AMA Motocross.

Nick Gaines – Clavícula

Gaines fraturou a clavícula em Minneapolis, passou por cirurgia para a implantação de uma placa e espera voltar em Daytona, mas ainda não há uma confirmação sobre sua participação neste final de semana.

Tyler Bowers – Fêmur

Bowers fraturou o fêmur direito treinando em Glendale e pretende voltar em Seattle.

Mitchell Oldenburg – Clavícula

Oldenburg quebrou a clavícula durante os treinos em San Diego e deve voltar em Seattle.

Phil Nicoletti – Tornozelo/Calcanhar/Fíbula

Nicoletti passou por uma cirurgia essa semana depois de deslocar o tornozelo e fraturando o calcanhar e a fíbula durante o press day em Arlington. Ainda não existe uma previsão para seu retorno.

Trevor Reis – Joelho e pé

Reis caiu em Milestone antes do começo da temporada e sofreu uma ruptura nos LCA e LCM do joelho esquerdo e quebrou o calcanhar esquerdo. Ele está fora da temporada.

Bradley Taft – Concussão

Taft sofreu uma concussão antes de A2 e ficará de fora das competições até a abertura do AMA Motocross.

Matt Bisceglia

fonte: Racerx

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly