CBM esclarece sobre homologação dos UTVs

Por CBM | Foto por Foto: Divulgação Rally da Ilha 2015 | 06 de Maio de 2017 - 12:49

A CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) vem a público esclarecer que as competições dos veículos UTVs em todo o território nacional são homologadas e regulamentadas e continuarão sendo organizadas pela entidade maior do motociclismo brasileiro, a CBM.

Desde a chegada dos UTVs ao Brasil, o departamento desportivo e técnico  da CBM vem desenvolvendo e regulamentando os veículos que é originário dos quadriciclos  e junto as fábricas pilotos e equipes e organizadores, tem um grande trabalho na elaboração e desenvolvimento de campeonatos nacionais e regionais específicos para o veículo.

Todas as categorias existentes para UTV nas provas de motociclismo serão mantidas e homologadas pela CBM normalmente.

“A CBM foi a grande responsável pelo desenvolvimento da categoria UTV, organizando e formatando as questões técnicas para que a categoria existisse. Por meio da diretoria de Rally, a CBM fomentou a prática dessa modalidade, atraindo novos competidores.  A categoria já está consolidada no motociclismo nacional e ainda tem muito potencial. A CBM continuará trabalhando pelo crescimento da categoria e buscará proporcionar ainda mais o desenvolvimento da modalidade “, declara o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves.

O UTV, que em português significa Veículo Multitarefa, é uma evolução do quadriciclo. Essas pequenas máquinas podem alcançar 130km/h. O veículo começou a fazer parte das competições de motociclismo brasileira no dia três de dezembro de 2011, durante o Rally dos Amigos, válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally, em uma prova de apresentação.

No ano seguinte (2012), a categoria dos UTV’s já estava presente em grande parte do calendário para participar do campeonato de forma experimental e em 2013 entrou para valer nas disputas das provas nacionais de motociclismo.

Hoje, a categoria está presente no Campeonato Brasileiro de Rally Baja e no Brasileiro de Rally Cross Country, subdividida em várias categorias, conforme especificação da máquina.

“O UTV desde que chegou no Brasil é sob chancela da CBM, desde a criação e desenvolvimento da modalidade.Este é um fruto do  trabalho desta comissão, que trabalhou duro com o apoio dos pilotos equipes e fábricas e  o sucesso foi o resultado”, lembra o diretor de Rally da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Adilson Kilca.

Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly