Gaúcho de Motocross abre no CT Borilli Racing em Tapejara

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 10 de maio de 2017 - 23:43

O Campeonato Gaúcho de Motocross temporada 2017 começou no final de semana 6 e 7 de maio. O local escolhido pela FGM e pela ATP (Associação Tapejara de Pilotos) não poderia ter sido melhor, o Centro de Treinamentos Borilli Racing. O Box começou a receber os pilotos ainda na sexta feira e praticamente lotou até o meio dia do sábado. O dia de pista começou com treinos livre, logo após os cronometrados e ao final da tarde as categorias MX5 e 55cc já disputaram as baterias valendo pontos.

Veja o resultado dos treinos cronometrados.

MX2: Leonardo Lizott – 1:30.476

Intermediária MX2: Bruno Schimitz – 1:37.064

MX3: Alex Cavalca – 1:39.390

MX4: Everton Leandro – 1:43.232

MX5: Heliar Schuch – 1:44.826

65cc: Henrique Henicka – 1:46.696

Nacional 230: Cássio Anacleto – 1:37.383

55cc: Pietro Pirolli – 1:17.952

Júnior: Bruno Schimitz – 1:37.696

MX Pró: Leonardo Lizott – 1:31.407

Autoridades e patrocinadores na abertura oficial da temporada 2017 e as devidas homenagens

O Box em Tapejara

Kiko volta e vence a MX5

Na MX5 Ademir Dallacqua e Eduardo Timm dividem a curva um com vantagem para Ademir, mas Heliar Schuch, O Kiko completa a primeira volta na frente. Ademir, Timm e Léo no pelotão principal. Na metade da prova, Ademir erra, cai na curva perdendo posições e Kiko respira. Léo tira diferença na pista mas conclui em 3º. Kiko vence, Timm foi 2º Ademir o 4º colocado na abertura do Gaúcho 2017.

Kiko venceu a MX5. Agora é esperar essa lenda continuar na temporada 2017.

Camargo e Pietro se deram bem na 55cc.

 Na largada, teve quedas e Pietro largou na frente com Ângelo Gabriel e Eduardo Camargo na mesma tocada. Pietro vence de ponta a ponta na geral, sendo vencedor na classe B, com Ângelo em 2º. Já Camargo foi melhor e venceu a classe A, com Mateus Mattes e Kauã Pimentel subiram no pódio.

Camargo venceu a classe A

Na premiação do pódio, também foram entregues os troféus da temporada 2016. Na MX5 para Eduardo Timm na 55cc para Pietro e Rafael Becker.

Pietro venceu em casa

Bruno começou bem o Gaúcho de MX 2017 na categoria Júnior

No domingo após Warm UP a programação seguiu com a categoria Júnior, em que Pedro Magero largou na frente, mas Bruno Schmitz assumiu a liderança na primeira volta para vencer a etapa de abertura. Pedro apesar do tombo na reta final terminou em 2º após recuperação com Henrique Henicka em 3º, Rafael Becker em 4º e Lucca Botolli, que andou bem no começo da etapa terminando em 5º. Após o pódio, Bruno recebeu o troféu de campeão da temporada 2016.

Bruno saltou a frente no campeonato 2017

Franco leva para o Chuí o 1º da Intermediária MX2

A Intermediária MX2 teve Maiara Basso largando na frente, mas Franco Rodriguez assume a liderança para vencer no CT Borilli. Maurício Cambon (UY) pressionou e assumiu a 2º colocação na metade da prova. Franco foi 1º com Maurício em 2º, Maiara em 3º, Bruno Schmitz em 4º após largar bem atrás, o pódio foi completo com Matheus Gasso em 5º ele que sempre figurou no primeiro pelotão inclusive tendo ficado em 3º por bom tempo.

Franco leva para o Chuí o troféu da Intermediária MX2

Ribeiro venceu a MX4

Fabiano Ribeiro, que no Box se dizia fora de forma e contundido, assumiu a liderança na volta inicial após ultrapassar Everton Grilo da Silva. Fabiano controlou a corrida e venceu a MX4 seguido de Everton da Silva o 2º que largou e ficou sempre no primeiro pelotão. Walter Tardin, Ademir Dallacqua e Léo Lopes também subiram no pódio.

Fabiano Ribeiro venceu MX4

Henicka venceu a 65cc de ponta a ponta

O piloto de Lajeado largou no pelotão da frente e não deu chances a ninguém e levantou o troféu mais alto. Garmichel que fez o helo shote foi 2º seguido de Rafael Becker em prova de recuperação, Kauê Benatto e Guilherme Bresolin.

Duelo entre Henicka #202 (que venceu) e Garmichel durarão todo o ano

Lizott larga na frente no campeonato

Logo na 2ª volta Leonardo Lizott assumiu a liderança de prova, abriu vantagem e assim ficou até a quadriculada. Lucas Basso chegou em 2º com Henrique Araújo em seguida. Já Mateus Basso que errou na volta inicial, se recuperação e ficou em 4º lugar e Rodrigo Galiotto na 5ª colocação.

Lizott venceu na pista de treinos

MX3: Cavalca soma 25 pontos na categoria.

 Alex Cavalca (SC) largou em 3º, lutou e chegou a liderança na metade da prova. Walter Tardin que largou no pelotão da frente ficou em 2º seguido de Fabiano Ribeiro, que liderou várias voltas. Maiara Basso, dona do hole shote ficou em 4º lugar e Everton Grilo da Silva em 5º.

Alex Cavalca leva para SC um dos troféus mais disputados

230cc: Vitória foi para Cássio Anacleto

Foi um duelo do começo ao fim, com trocas de posições na liderança nas voltas finais. Mas Cássio que recuperou a liderança venceu a etapa de abertura em Tapejara. Fabiano dos Santos chegou em 2º lugar após o grande duelo. Danny Oliveira, Vanderson Graepin e Abimael Rodrigues também subiram no pódio.

De São João do Sul veio o vencedor da 230 Nacional

Enzo fatura a abertura da MX Pró

Após largar em 4º e assumir logo no começo de prova a liderança, o lajeadense Enzo Lopes venceu a MX Pró com uma considerável vantagem em pista. O 2º foi Leonardo Lizott que também fez uma boa largada. Mateus Basso, que fez a largada em 1º chegou em 3º, Leonardo Limberger, o Poty em 4º e Henrique Araújo na última peça do pódio.

Na MX Pró Enzo mostrou o favoritismo

VENCEDORES DA ABERTURA DO GAÚCHO MX 2017

MX5

Heliar Schuch – Palmeira das Missões

Eduardo Tim Bergmann – São Lourenço

Léo Lopes – Lajeado

Ademir Dallacqua – Porto Alegre

Roberto Todeschini- Paraí

55cc A

Eduardo Camargo – Frederico Westfalem

Mateus Mattes – Estrela

Kauã Pimentel- Concórdia (SC)

55 B

Pietro Pirolli – Tapejara

Ângelo Gabriel – Concórdia (SC)

Júnior

Bruno Schmitz – Três Passos

Pedro Magero – Caxias do Sul

Henrique Henicka – Lajeado

Rafael Becker – Itapiranga (SC)

Lucas Botoli – Getúlio Vargas

As Borilletes na apresentação dos penus de cross

Intermediária MX2

Franco Rodriguez – Chuí

Maurício Combom – Montevidéo (Uruguai)

Maiara Basso – Mato Castelhano

Bruno Schimitz – Três Passos

Matheus G. Hernandes – Rio Grande

MX4

Fabiano Ribeiro – Passo Fundo

Everton da Silva – Palmeira das Missões

Walter Tardin – Nova Friburgo (RJ)

Ademir Dallacqua – Porto Alegre

Léo Lopes – Lajeado

65cc

Henrique Henicka – Lajeado

Garmichel Giehl – Dois Irmãos

Rafael Becker – Itapiranga (SC)

Kauê Benatto – Veranópolis

Guilherme Bresolin – Parobé

MX2

Leonardo Lizott – Sertão

Lucas Basso – Gentil

Henrique Araújo – Passo Fundo

Mateus Basso – Gentil

Rodrigo Galiotto – Flores da Cunha

Jair: Presidente da FGM entregou aos pilotos os troféus do campeonato 2016

MX3

Alex Cavalca – Pinheiro Preto (SC)

Walter Tardin – Nova Friburgo (RJ)

Fabiano Ribeiro – Passo Fundo

Maiara Basso – Mato Castelhano

Everton da Silva – Palmeira das Missões

Nacional 230cc

Cássio Anacleto – São João do Sul (SC)

Fabiano dos Santos – Venâncio Aires

Danny de Oliveira – Panambi

Vanderson Graepin – Nicolau Vergueiro

Abimael Rodrigues – Parobé

MX Pró

Enzo Lopes – Lajeado

Leonardo Lizzot – Sertão

Mateus Basso – Gentil

Leonardo Limberger – Santa Cruz do Sul

Henrique Araújo – Passo Fundo

O gaúcho de MX tem os seguintes apoiadores: Borilli Racing Pneus Off Road, Byker Acessórios, Foco Racing, IMS e o apoio: Works Suspensão, MX Moto Grafics, Mundocross.com.br, Jornal o Podium, GDEZ Gráfica, Agência Passos e Steins Malhas.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly