Sessão estaleiro AMA Motocross 2017 – Glen Helen

Por Mariah Morgado | Foto por Jeff Kardas | 26 de Maio de 2017 - 21:36

Vamos dar uma olhada nos pilotos que estão lesionados ou retornando de lesões para a 2a etapa do AMA Motocross 2017, que acontece neste sábado em Glen Helen.

Categoria 450MX

Cole Seely – Perna e quadril

Seely voltou a correr na semana passada depois de sofrer um estiramento muscular nos adutores da coxa no SX e caiu forte nos treinos de Hangtown e machucou o quadril direito. Ele correu as baterias oficiais, mas estava sentindo muita dor depois. Sua situação para Glen Helen ainda é incerta.

Benny Bloss – Ombro e úmero

Bloss vai perder as 4 primeiras etapas depois de fraturar o úmero e deslocar o ombro em Minneapolis.

Trey Canard – Clavícula

Canard lesionou a clavícula enquanto treinava e vai perder as 3 primeiras etapas do AMA Motocross.

Adam e Tyler Enticknap – Lesões múltiplas

Os irmãos Enticknap estão se recuperando de lesões sofridas na final do AMA Supercross. Adam quebrou algumas costelas, as duas clavículas e sofreu um colapso parcial do pulmão depois de cair na sessão de costelas e ser atingido por Jake Weimer no main event. Não há previsão ainda para seu retorno. Tyler quebrou a tíbia e a fíbula na semi em Vega depois de errar em uma sessão de ritmo. De acordo com suas redes sociais, ele passou por uma cirurgia no dia 10 de Maio e colocou duas placas para reparar as fraturas e dentro de 3 a 4 meses estará completamente recuperado.

Davi Millsaps – Punhos

Millsaps vêm correndo com suas lesões diferentes nos punhos e optou por operar para corrigir os problemas. Ele espera voltar as corridas ainda durante o verão, mas ainda não sabe quando será.

Phil Nicoletti – Tornozelo, calcanhar e fíbula

Nicoletti não voltará a correr até as últimas etapas do AMA Motocross. Ele ainda está se recuperando de um tornozelo deslocado, um calcanhar quebrado e uma fratura na porção distal da fíbula. Mas já voltou a pedalar.

Ken Roczen – Punho, cotovelo e antebraço

Roczen sofreu um acidente grave em A2 e ainda está se recuperando das lesões no punho, cotovelo e rádio (osso do antebraço) e está sendo substituido por Christian Craig.

Categoria 250MX

Dylan Ferrandis – Concussão

Ferrandis caiu durante a 1a bateria em Hangtown e sofreu uma concussão. Ele não correu na 2a bateria, mas vai correr em Glen Helen.

Chris Alldredge – Várias lesões

Alldredge sofreu diversas lesões em Seattle, incluindo um colapso parcial de um pulmão, uma laceração no fígado, uma costela fraturada, pelve fraturada e fraturou a L1,L2,L3 e L4. Ele disse nas redes sociais que vai tentar voltar para algumas etapas do AMA Motocross.

Matt Bisceglia – Pé e perna

A equipe de Bisceglia espera que ele volte em High Point depois de quebrar a perna treinando em Glen Helen.

RJ Hampshire – Tíbia e fíbula

Hampshire quebrou a tíbia e a fíbula em Toronto. Ele esperava estar pronto para Hangtown, mas não pode voltar ainda. Uma data para seu retorno ainda será definida.

Chase Sexton – Fêmur

Sexton quebrou o fêmur treinando em Atlanta e perdeu o restante da temporada do AMA Supercross. Ele ainda não volta para o AMA Motocross.

Jordon Smith – Coluna

Devido a uma lesão na coluna sofrida na final do SX, Smith vai ficar de fora da abertura em Hangtown.

Bradley Taft – Concussão

Taft já voltou a treinar, mas ainda não está pronto para competir depois de sofrer uma concussão antes de A2.

Dylan Ferrandis

Fonte: Racerx

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly