Raul Guilherme volta ao Motocross com 3 pódios

Por Divulgação | Fotos por VictordjMpc | 01 de junho de 2017 - 8:00

O piloto carioca Raul Guilherme da equipe Top Motos (Dafra, Race-Tech, Motorex, DecalArt, BorilliPneus, EliteAcademia, ASW e Edgers) disputou neste último final de semana uma das provas de Motocross mais tradicionais do estado do Rio de Janeiro.


A corrida de Conceição de Macabu é realizada há mais de 20 anos, sempre recebendo um excelente numero de participantes e publico que lotam os morros ao redor da pista.
Raul Guilherme, assim como os outros pilotos do estado do Rio, vem sofrendo com a falta de competições estaduais, devido à falência da Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro. O estado esta a mais de dois anos sem ter um campeonato, com isto o piloto petropolitano tem realizado poucos treinos e praticamente sem competir.
“A crise que o motociclismo carioca esta sofrendo não é só financeira, mas também de má gestão que a anos vem se arrastando. Hoje não temos a federação (Femerj) que seria o órgão responsável por supervisionar o esporte no estado e com isto as corridas se esgotaram e uma ou outra cidade com a paixão de alguns pilotos e organizadores vem tentando realizar algumas provas”.


Como foi o caso de Conceição de Macabu que realizou um belíssimo evento, junto a Exposição da cidade. Raul Guilherme competiu em três categorias e conseguiu ficar entre os três primeiros em todas ela.
Pela categoria MX3, destinada a pilotos com idade superior aos 30 anos. Raul largou mal e veio da 6º posição para finalizar em 2º lugar, a poucos metros do líder.

“Fiz uma prova de recuperação, creio que mais uma volta conseguiria assumir a ponta, mas fiquei feliz com o resultado”.
Pela categoria MX1 para moto de 450cc, o petropolitano largou pela 5º posição e conseguiu realizar duas ultrapassagens para finalizar na terceira colocação.


Na última e mais forte bateria do dia, a categoria Força-Livre teve logo na largada uma grande confusão com alguns pilotos ao chão. Raul Guilherme se envolveu, mas deu sorte de não ter caído e vindo das últimas posições conseguiu fazer a melhor prova do dia para finalizar na 3º colocação.

“Estou feliz pelos resultados, não é fácil andar entre os três primeiros do Motocross estando destreinado e sem ritmo de prova. Estou levando o Motocross mais como hobby e só tenho a agradecer por ter saúde ainda em andar com estes pilotos num nível que só aumenta”.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly