William Guimarães vence na MX4 e Chumbinho na MX5 na 3ª Etapa do BR de MX

Por Comunicação Ativa | Fotos por Tiago Lopes/CBM | 06 de agosto de 2017 - 17:48

A primeira prova deste domingo (6) durante a 3ª Etapa do Brasileiro de Motocross, em Extrema (MG) foi das categorias MX4 e MX5 que correram juntas. Os pilotos aceleraram bem desde o início já que esta foi a penúltima etapa destas categorias.

Milton Becker, o Chumbinho saiu na frente seguido de Willian Guimarães, Walter Tardin e Dario de Oliveira Junior. Erivelto Nicoladelli que vinha logo atrás ultrapassou Dário e conquistou a quarta posição.

Ao longo da prova as primeiras posições não tiveram mudanças. Faltando cinco minutos para o fim William acelerou e foi para cima de Chumbinho. A disputa entre os dois ficou emocionante, até que William conseguiu fazer a ultrapassagem na sessão de costela, e manteve o ritmo acelerado até cruzar o arco de  chegada em primeiro.

“Consegui repetir o resultado de ontem, na MX3. A pista mudou bastante de ontem pra hoje, o sol está forte, mas aproveitei um erro do Chumbinho e consegui terminar em primeiro”, destacou o campeão da MX4, William Guimarães, que segue em primeiro na classificação geral da categoria.

“Fiz um bom início de corrida, mas  o William veio num ritmo forte e acabou me passando. Agora é focar para a última etapa”, destacou Chumbinho que com o resultado ficou em segundo na MX4 e em primeiro na MX5.

Resultado prova MX4

1º Willian Guimarães
2º Milton Becker
3º Walter Sergio Tardin
4º Erivelto Nicoladelli
5º Geraldo Antonio Gonçalves
Classificação MX4 no Campeonato
1º Willian Guimarães – 72 pontos
2º Milton Becker – 69 pontos
3º Erivelton Nicoladelli – 56 pontos
4º Rene de Albuquerque – 42 pontos
5º Valdecir Francisco – 37 pontos

Resultado prova MX5

1º Milton Becker
2º Dario Júnior
3º Oscar Herbert Kleiber
4º Junior Feitosa
5º Claudiney José Guasti
Classificação MX5 no Campeonato
1º Milton Becker – 75 pontos
2º Dario Júnior – 62 pontos
3º Claudiney JOsé Guasti – 60 pontos
4º Junior Feitosa  – 52 pontos
5º Luis Marcos Rosa – 44 pontos
O Campeonato Brasileiro de Motocross terá patrocínio de Honda, Yamaha, Rinaldi e IMS. A temporada ainda terá o apoio da Mobil.A etapa conta com patrocínio local de Blade Energy e Grupo Geração.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly