Julien Lieber na Kawasaki em 2018

Por Mariah Morgado | Foto por MXGP | 09 de agosto de 2017 - 17:45

Julien Lieber será companheiro de Clement Desalle na Monster Energy Kawasaki Racing em 2018 quando ele subirá para a categoria principal do Campeonato Mundial de Motocross.

Lieber teve um ótimo final de semana em casa, em Lommel, no último final de semana conquistando seu quinto pódio da temporada na MX2, sendo convocado para a equipe belga no Nações 2017 e ainda assinando contrato com a equipe de fábrica para a próxima temporada! Foi o destaque do que tem sido uma temporada maravilhosa para o piloto que voltou as competições este ano como privado depois de um ano fora de ação. Já considerado uma das maiores promessas do motocross belga depois de terminar a temporada 2015 na sexta posição e de subir no pódio do Nações com o team da Bélgica naquele ano, Lieber passou o último ano em diversos hospitais e centros de reabilitação depois de operar os quadris. De volta a moto nesta temporada, ele surpreendeu a muitos ao assumir o plate de líder da MX2 na Indonésia e depois confirmou estar em sua melhor forma com cinco pódios até agora.

Correndo com uma estrutura privada este ano, Julian fez 23 anos em Junho e já tem um pouco de experiência com as 450cc ao disputar o campeonato do litoral francês há cinco anos atrás. A partir de 2018, ele vai alinhar ao lado de Desalle e começa a trabalhar com a equipe imediatamente após o Motocross das Nações em Outubro.

“Voltar as corridas nesta temporada, um dos meus objetivos era conseguir uma boa moto para a categoria MXGP e estou muito feliz por ter conquistado isso. Entrar na categoria principal com uma equipe tão profissional é como um sonho e com certeza farei o meu melhor para ter ótimos resultados. Existem muitos pilotos ótimos na MXGP, mas eu já treinei e corri com uma 450cc há alguns anos e acho que essa categoria vai encaixar com meu estilo de pilotagem. Já venho pilotando uma 250cc por sete anos e realmente esse é o momento certo para subir e você não pode fazer isso com uma equipe mais profissional do que a Monster Energy Kawasaki Racing. Também estou feliz em ser colega de equipe com Clement, nós já temos um relacionamento bom e tenho certeza que vamos trabalhar bem próximos.” 

 

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Desenvolvido por GetFly