6ª etapa Campeonato Catarinense Motocross 2017 – Rancho Queimado

Por Sílvio Bilhar/Tiago Wolf | Fotos por Tiago Wolf | 06 de dezembro de 2017 - 0:27

A cidade de Rancho Queimado, encerrou a temporada 2017 com uma bela prova e  a inauguração de um novo e importante Motódromo.  O Motódromo Pedro Coelho tem fácil acesso pelo Br282 e mesmo recém inaugurado já pode ser considerada uma das mais belas do pais. O traçado conta com mais de 2 mil metros de extensão usando a inclinação natural do terreno vislumbrando a natureza local e desafiando os pilotos. São saltos variados mesclando trechos de alta e terreno sinuoso, com vista para toda a região.

Jetro venceu as duas da MX1

O local conta com excelente estrutura de box, com banheiros e chuveiros fixo, área de lavação para motos e vários pontos de energia e água para atender as equipes.
Na pista, Jetro Salazar venceu as duas baterias da Mx1 e confirmou o título estadual na principal categoria. Lucas Dunka companheiro de equipe de Jetro, andou bem próximo nas duas baterias e finalizou com a segunda posição.

Lucas Dunka 2º na MX1

Na Mx2, o Paulista Fabio dos Santos dominou a prova e venceu de ponta a ponta, enquanto a disputa foi intensa pela 3ª e 4ª posição.

Fabinho levou a MX2

As categorias de base, tiveram disputas intensas e alguns tombos que definiram os campeões.

Ângelo da 55cc

Entre os veteranos, Chumbinho Becker dominou a prova da Mx3 e Mx4, confirmando o titulo nas duas categorias.

Pela intermediaria Mx2, Gabriel Andrigo ficou com a vitória e Vanderlei de Souza confirmou o título. Na intermediaria Mx1, Maicon Frena suportou a pressão imposta por Markolf Berchold para vencer e confirmar o titulo.

Andrigo vencedor da prova da Intermediária MX2

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly